Governo da Bahia Embasa

NOTÍCIAS

Nelson Leal apresenta moção de pesar pela morte de Moraes Moreira, “a primeira voz do trio elétrico”

Segunda-feira, 13 de Abril de 2020 / Bahia

PRESIDENTE DIZ QUE O FILHO DE ITUAÇU É UM “DIVISOR DE ÁGUAS DO CARNAVAL DA BAHIA”

“Moraes Moreira, da minha vizinha Ituaçu, na Chapada Diamantina, foi a primeira voz do trio elétrico, o cantor das multidões que rompeu com a feição instrumental da invenção de Dodô & Osmar. Se a guitarra baiana era a alma do trio, Moraes foi o corpo, se tornando o grande divisor de águas do Carnaval da Bahia. A partir de Moraes, surgem inúmeros cantores e cantoras do trio, como Bel Marques, Ricardo Chaves, Sarajane, Tatau, Daniela Mercury e Ivete Sangalo, só para citar alguns. Pessoalmente, Moraes Moreira é responsável, com as sua músicas, por alguns dos momentos mais felizes e alegres de minha juventude”, destaca o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal, em moção de pesar pelo passamento do artista baiano, morto nesta madrugada (13.04), aos 72 anos.  

Na Moção de Pesar, o chefe do Legislativo estadual estende seu abraço solidário à família – especialmente ao filho, Davi Moraes - e aos amigos de Moraes Moreira, lembrando que a trajetória musical do baiano está ligada ao melhor da MPB. “Moraes, além do sucesso carnavalesco com o Trio de Armandinho, Dodô & Osmar, participou dos Novos Baianos, em estreita ligação com João Gilberto. Teve uma carreira solo destacada, com músicas belas e inspiradíssimas, como ‘Acabou Chorare’, ‘Pombo Correio’, ‘Vassourinha Elétrica’ e ‘Bloco do Prazer’. São obras-primas e que já se tornaram clássicos da nossa música brasileira”, acrescenta Nelson Leal. 


Blogbraga/Assessoria de Comunicação da Presidência

Compartilhar no Whatsapp

Entenda como funcionam as linhas de crédito para pequenas e médias empresas durante a pandemia

Segunda-feira, 13 de Abril de 2020 / Bahia

Para Milton Rui Jaworski, especialista em administração de empresas, as linhas de crédito devem ser utilizadas para gastos com a folha de pagamento

A chegada do novo coronavírus ao Brasil lançou um desafio extra para as empresas nacionais: com as portas fechadas ou expediente reduzido, como pagar os custos fixos mensais? Diversas empresas de pequeno e médio porte já estão com dificuldade – ou até mesmo em dívidas – para conseguir quitar salários atrasados, encargos, aluguel, energia, telefone, fornecedores, entre inúmeros outros gastos. Para reduzir o problema, o Banco Central anunciou recentemente uma linha emergencial de empréstimos para custear a folha de pagamento de empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões.

A medida, que conta com valor total de R$ 40 bilhões, será destinada para pagamentos de funcionários que recebem até 2 salários mínimos (R$ 2.090,00), cabendo a própria empresa a cobertura de excedentes quando houver. Os juros deste empréstimo serão de 3,75% ao ano, carência de 6 meses  e o prazo de pagamento será de 30 meses. A empresa que optar por adquirir a linha fica obrigada a manter os empregos durante os dois meses do programa.

De acordo com o especialista em administração de empresas Milton Rui Jaworski, fundador da Consultoria Jaworski Empresarial (www.jaworskiconsultoria.com.br), este momento requer um aceite de crédito sem pestanejar. “Em tempos normais, é prudente que a empresa pense com cuidado e faça uma análise de todos os recursos disponíveis antes de adquirir qualquer linha de crédito. Mas no atual cenário, o mais importante é estar apto para cuidar dos funcionários w colaboradores, mantendo o capital humano”, aponta o especialista.

Neste cenário, Jaworski recomenda que o empresário não queime as suas reservas para quitar as folhas de pagamento. “É com este dinheiro guardado que a empresa conseguirá se reerguer quando a crise passar. A linha de crédito do Banco Central surgiu como uma excelente alternativa para quem não sabia como manter os funcionários”, diz ele.

Em caso de a crise perdurar por mais 30 ou 60 dias, como estimam as grandes organizações nacionais e internacionais, Jaworski relembra a importância de ajudarmos uns aos outros e aguardar outras flexibilizações dos Governos Federal, Estadual e Municipal, visto que todos estamos no mesmo barco. “A turbulência é igual para todos e a perda momentânea é certa. Resta manter a calma e ser racional”, aponta. “Quando essa crise passar, será hora de o empresário rever os seus conceitos, identificar os seus pontos fracos e definir uma estratégia vencedora, sempre com os pés no chão, para então se recuperar de maneira mais rápida e eficiente”, completa o especialista.


Blogbraga/Ascom

Compartilhar no Whatsapp

BARREIRAS: EM MENOS DE 48 HORAS TRÊS PESSOAS SÃO APRESENTADAS NA DELEGACIA POR PRÁTICA DE CRIME AMBIENTAL – ATUAÇÃO DA SEMATUR E POLÍCIA MILITAR

Segunda-feira, 13 de Abril de 2020 / Bahia

Flagrantes configuraram crime ambiental por Poluição Sonora e criação ilegal de pássaros silvestres

Criação ilegal de animais silvestres e poluição sonora:

Ao longo da semana que abrangeu o feriado de 10 de abril, a CICOM e SEMATUR (Secretaria do Meio Ambiente e Turismo), estavam recebendo várias ligações de que havia um indivíduo na localidade conhecida como Mucambo de Baixo, onde o mesmo estaria praticando poluição sonora.

Ao chegar na residência, a fiscalização da SEMATUR juntamente com a guarnição do PETO da 83ª CIPM, observou várias gaiolas com pássaros silvestres inclusive com espécies em extinção como Cardeal; Pássaro Preto; Curió; Papa Capim e Azulão.

Além disso, identificou a fonte poluidora que consistia em duas caixas amplificadas que foram apreendidas. O proprietário foi conduzido até a Delegacia de Polícia onde foi enquadrado por perturbação do sossego e criação ilegal de pássaros silvestres.

Outro caso: Poluição Sonora na Vila Brasil:

Por volta da 00:37h de sábado (11), uma guarnição da 83ª CIPM, em atendimento ao Termo de Ajuste e Conduta (TAC), firmado entre o Ministério Público, SEMATUR, POLÍCIA MILITAR GUARDA CIVIL para o combate à poluição sonora no município, visando atender aos anseios da comunidade, atendeu uma ocorrência de perturbação do sossego por poluição sonora.

Um indivíduo estava na Av. Joaquim Neto, Vila Brasil praticando crime ambiental por poluição sonora. O veículo envolvido e aparelhagem de som foram apreendidos. O caso foi levado à Delegacia de Polícia onde o Delegado plantonista arbitrou uma fiança de R$ 1.045,00 para o infrator.

Destaca-se que foi a primeira atuação da Polícia Militar sem a presença da SEMATUR. Os policiais já estão usando o aparelho decibelímetro em suas rondas, o que então pode consumar a configuração de crime ambiental por parte de pessoas que desconsideram a Lei do Sossego.

A SEMATUR em parceria com a Polícia Militar promoveu treinamento para a tropa no uso do aparelho decibelímetro.

Poluição Sonora no Residencial Boa Sorte:

Na sexta-feira (10), um indivíduo foi detido pelo crime ambiental de perturbação do sossego no Residencial Boa Sorte após várias denúncias por parte de vizinhos.

Na ocasião o indivíduo estava usando sua aparelhagem de som em alto volume dentro de sua residência desde a manhã até à noite. Consta inclusive na denúncia, que no dia anterior o indivíduo também havia cometido poluição sonora. O mesmo foi encaminhado até a Delegacia de Polícia.


BlogBraga/ Repórter Paiva

Compartilhar no Whatsapp

Mais de 21% dos infectados por Covid-19 na Bahia estão curados​

Segunda-feira, 13 de Abril de 2020 / Bahia

A Bahia registra 674 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) e a boa notícia é que 148 pessoas já estão recuperadas, representando mais de 21% dos casos. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas deste domingo (12).​

Até o momento, 4.916 casos foram descartados e 66 pessoas encontram-se internadas, sendo 28 em UTI. Também foram registrados 21 óbitos, sendo 11 do município de Salvador e dez nos municípios de Lauro de Freitas (2), Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1). Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.​

Os casos confirmados estão distribuídos em 71 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (55,16%). Quanto ao sexo dos casos confirmados, 365 (54,23%) são do sexo feminino. A mediana de idade é 39 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 28,93% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (8,68/100.000 habitantes), indicando o maior risco de adoecer.​

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.​

As unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de Covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo:​

1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;​
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;​
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;​
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;​
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas.​

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.​


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

24ª CIPM, DURANTE OPERAÇÃO DA SEMANA SANTA, INTENSIFICA POLICIAMENTO E OBTÉM ÊXITO EM APREENSÕES DE ARMAS, DROGAS E VEÍCULO IRREGULAR NO MUNICÍPIO DE UMBURANAS

Domingo, 12 de Abril de 2020 / Bahia

Na manhã deste domingo, 12 de abril, Policiais Militares do 5º Pelotão da 24ª CIPM, durante a Operação “Semana Santa”, intensificaram o Policiamento Ostensivo Geral no município de Umburanas onde, através de abordagens e denúncias, obtiveram êxito em apreensões de variados gêneros:

Diante de uma denúncia anônima de que havia uma motocicleta de procedência suspeita de adulteração numa borracharia localizada na Praça da Igreja deixada por um indivíduo, os Policiais Militares foram até o estabelecimento comercial e de fato foi constatada a veracidade do fato. Tratava-se de uma motocicleta HONDA/XRE 300 que, segundo foi apurado no local, o homem que não foi localizado, negociou o citado veículo por um valor inferior ao real e que possuía placa clonada. Em ato contínuo, os Policiais apreenderam a motocicleta para melhor averiguação.

Outra denúncia anônima chegou aos Policiais Militares, dando conta que um indivíduo estaria homiziado num barraco na localidade de Vila do Chaves e que estaria armado com um revólver calibre 38 e uma arma longa e que no quintal do citado barraco existia um plantio de maconha. Munidos das informações, os Policiais foram até o logradouro, porém não encontrou o denunciado. Ao ser verificado por cima do muro, foi constatada a veracidade da denúncia. Existia de fato um plantio com cerca de (30) pés de uma erva análoga a Cannabis Sativa (Maconha) pronta para a colheita. Todo plantio foi retirado e apresentado na Delegacia de Polícia em Umburanas.

No retorno às rondas ostensivas no Município, os Policiais Militares ao passarem pela Rua da Barragem, deparou-se com um indivíduo desrespeitando a quarentena com seu estabelecimento comercial aberto. Tratava-se de um bar onde se encontravam vários clientes. Os Policiais de imediato procederam na abordagem com busca pessoal em todos e em seguida revista no ambiente, onde foram encontradas uma arma branca e uma arma de fogo, além de munições. Todo material fora apreendido e determinado o fechamento do estabelecimento comercial.

”Parabenizo os bravos Policiais Militares na intensificação de ações como esta, bem como os cidadãos que estão colaborando e compreendem o trabalho da Polícia Militar, proporcionando assim a Paz e Ordem públicas em nossa região.” Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante da 24ª CIPM

."PM E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM"

Jacobina, 12 de abril de 2020.
Vitor Costa - Subtenente PM

Chefe do Setor de Comunicação Social/Porta Voz do Comando


Blogbraga/24ª CIPM - JACOBINA/BA

Compartilhar no Whatsapp

BOLETIM OFICIAL CORONAVÍRUS: A Bahia registra 674 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19)

Domingo, 12 de Abril de 2020 / Bahia

A Bahia registra 674 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) e a boa notícia é que 148 pessoas já estão recuperadas, representando mais de 21% dos casos. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas deste domingo (12).

Até o momento, 4.916 casos foram descartados e 66 pessoas encontram-se internadas, sendo 28 em UTI. Também foram registrados 21 óbitos, sendo 11 do município de Salvador e dez nos municípios de Lauro de Freitas (2), Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1). Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Os casos confirmados estão distribuídos em 71 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (55,16%). Quanto ao sexo dos casos confirmados, 365 (54,23%) são do sexo feminino. A mediana de idade é 39 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 28,93% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (8,68/100.000 habitantes), indicando o maior risco de adoecer.

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

De acordo com a Nota Técnica n° 54 (disponível em saude.ba.gov.br/coronavirus), as unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de Covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo:

1. Pacientes internados com suspeita de COVID-19;
2. Pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRAG);
3. Profissionais de saúde com síndrome gripal suspeitos de COVID-19, ou contactantes de casos confirmados de COVID-19 mesmo assintomáticos;
4. Pacientes que foram a óbito com suspeita de COVID-19 cuja coleta não pôde ter sido realizada em vida;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos aeroportos, portos e nas estradas.

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.

Definição de caso suspeito de coronavírus (Covid-19)

Definição 1 – Síndrome Gripal (SG): indivíduo com quadro respiratório agudo, caracterizado por sensação febril ou febre, mesmo que relatada, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou coriza ou dificuldade respiratória.
– Em crianças (menos de 2 anos de idade): considera-se também obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico.
– Em idosos: a febre pode estar ausente. Deve-se considerar também critérios específicos de agravamento como sincope, confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade e inapetência.
Definição 2 – Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG): Síndrome Gripal que apresente: dispneia/desconforto respiratório ou pressão persistente no tórax ou saturação de O2 menor que 95% em ar ambiente ou coloração azulada dos lábios ou rosto.
– Em crianças: além dos itens anteriores, observar os batimentos de asa de nariz, cianose, tiragem intercostal, desidratação e inapetência.


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

PRF na Bahia informa interdição total de trecho na BR 330

Domingo, 12 de Abril de 2020 / Bahia

A Polícia Rodoviária Federal na Bahia informa aos usuários da rodovia que foi necessária a interdição total de pista na altura do quilômetro 804 da BR 330, circunscrição do município de Jitaúna (BA), em razão de deslizamentos de encostas e quedas de árvores, ocasionadas por fortes chuvas na região.

A PRF informa que está empreendendo todos os esforços para restabelecer o fluxo de veículos. A via foi sinalizada e acionados os órgãos competentes para iniciar imediatamente os serviços de limpeza e retirada do material sobre a pista.

Até que seja reestabelecido o tráfego no local, a PRF solicita aos usuários evitar transitarem na BR 330 e somente em caso de extrema necessidade deverão procurar vias de acesso alternativas, a fim de evitar transtornos na viagem e congestionamento das vias.

Em caso de emergência, a PRF dispõe do número de emergência 191. A ligação é gratuita e atende 24 horas em qualquer parte do País.

Ações preventivas combate COVID-19

Assim como vem ocorrendo desde o início da pandemia, no decorrer do feriado de Semana Santa, a PRF continuará reforçando as medidas preventivas voltadas aos servidores e aos usuários das rodovias. Na linha de frente, policiais rodoviários federais também reforçarão junto à população a ideia da campanha de conscientização lançada pela instituição essa semana: “Se puder, fiquem casa, mas se tiver que sair respeite as leis de trânsito”.

O trabalho previsto para o feriado é de reforço e manutenção das diversas frentes de atuação da PRF no combate à COVID-19, como a ação #DesafioSangueSolidário e a campanha “Siga em Frente, Caminhoneiro”.


Blogbraga/PRF

Compartilhar no Whatsapp

Rui agradece deputados por aprovação de projeto que obriga empresas a fornecerem máscaras a funcionários

Domingo, 12 de Abril de 2020 / Bahia

O governador Rui Costa usou as redes sociais, na manhã deste sábado (11), para agradecer aos deputados estaduais pela aprovação do Projeto de Lei de autoria do Governo do Estado que trata da obrigatoriedade do uso de máscaras em locais de trabalho. O projeto determina que estabelecimentos privados e públicos, em funcionamento na Bahia, assegurem máscaras de proteção para seus funcionários. "Agradeço aos deputados estaduais pela votação em pleno sábado. Precisamos de união na guerra contra o coronavírus", escreveu no Twitter. 

O projeto foi encaminhado à Assembleia Legislativa da Bahia na última quinta-feira (9) e também estabelece que as empresas devem fiscalizar o uso das máscaras. Após o projeto ser sancionado pelo governador, o uso da máscara deixará ser opcional e passará a ser obrigatório. As penas previstas para quem descumprir a medida são o pagamento de multa e até fechamento do estabelecimento. 

Veja o post do governador no Twitter:

https://twitter.com/costa_rui/status/1248985066543423490?s=19


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Testes rápidos para se detectar coronavírus são enviados a mais de 60 municípios baianos​

Sábado, 11 de Abril de 2020 / Bahia

Imagem ilustrativa

Mais de 60 municípios baianos, onde o coronavírus (Covid-19) foi identificado, já receberam testes rápidos. Por determinação do Ministério da Saúde, os 31 mil testes rápidos adquiridos pelo Governo Federal serão voltados para os trabalhadores das áreas de Segurança Pública e Saúde, bem como para as pessoas que residam no mesmo domicílio dos profissionais e estejam com quadro gripal.​

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, “a Bahia solicitou a ampliação desse público-alvo, mas o acréscimo de outros grupos populacionais está subordinado à capacidade operacional de produção, aquisição e distribuição do Ministério da Saúde”, pontua o secretário. ​

De acordo com o diretor de Atenção Básica da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), Cristiano Sóster, no caso dos trabalhadores de Segurança Pública, os testes serão utilizados apenas para se verificar se os profissionais estão curados e possam voltar ao trabalho. “A lógica que o Ministério da Saúde está utilizando é a de que o profissional da Segurança Pública vai ficar de quarentena e, 72 horas após o desaparecimento dos sintomas, o teste será aplicado para sabermos se ele está curado ou não, a fim que de ele possa voltar à atividade sem contaminar ninguém”, explica o diretor.​

A nota técnica nº 11/2020 disponibilizada pelo Ministério da Saúde, indica que o resultado é verificado após 15 minutos da realização do teste. Além disso, o teste deve ser realizado respeitando duas condições: em profissionais de saúde e segurança pública, eles devem ter o mínimo de sete dias completos desde o início dos sintomas de Síndrome Gripal e mínimo de 72 horas assintomático; no caso das pessoas com diagnóstico de Síndrome Gripal que resida no mesmo domicílio de um profissional de saúde ou segurança em atividade, ela deve possuir o mínimo de sete dias completos desde o início dos sintomas do quadro gripal.​

 


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

24ª CIPM PRENDE 2 INDIVÍDUOS E APREENDE 1 MENOR DE IDADE ENVOLVIDOS EM ROUBOS DE APARELHOS CELULARES NA REGIÃO DE JACOBINA E CAÉM

Sábado, 11 de Abril de 2020 / Bahia

Na manhã desta sexta-feira, 10 de abril, Policiais militares da 24ª CIPM, lotados no 3º Pelotão, Destacamento da Cidade de Caém, com o apoio de Policiais Militares do PETO, interceptaram no bairro Bananeira dois indivíduos que estavam fugindo a pé do município de Caém, os quais, na noite anterior, haviam roubado quatro celulares no referido município, embarcados numa motocicleta vermelha a qual fora apreendida após ser encontrada abandonada.

No ato da interceptação, os Policias das duas guarnições PM, perceberam que se tratava de um menor de 14 anos de idade em companhia de um indivíduo de 20 anos de idade, os quais estavam em posse de 4 aparelhos e passaram a confessar que estavam praticando roubos de celulares também na cidade de Jacobina, e que passavam os produtos de roubo para um receptador em Jacobina. Em ato contínuo, os Policiais identificaram o receptador numa das agências de Moto Taxi de Jacobina. Tratava-se de outro homem de 26 anos de idade, o qual confessou que de fato comprava celulares na mão dos dois e, após algumas diligências desencadeadas pelos Policiais, foram recuperados mais 5 aparelhos supostamente roubados. 

Todos os envolvidos, juntamente com os celulares e a motocicleta utilizada nos delitos, foram apresentados na sede da 16ª COORPIM, onde fora lavrado o Flagrante Delito.

“Parabenizo os Bravos Policiais Militares pela dedicação e empenho nesta Ação PM. Daremos continuidade em ações como esta para garantir a proteção de toda sociedade da nossa área de atuação.” Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante da 24ª CIPM.

"PM E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM"

Jacobina, 11 de abril de 2020.

Vitor Costa - Subtenente PM

Chefe do Setor de Comunicação Social/Porta Voz do Comando


Blogbraga/24ª CIPM - JACOBINA/BA

Compartilhar no Whatsapp

BOLETIM OFICIAL CORONAVÍRUS: Bahia registra o 21º óbito por Covid-19

Sábado, 11 de Abril de 2020 / Bahia

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que registrou, neste sábado (11), o 21º óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado.  O paciente era um homem de 35 anos, residente no Rio de Janeiro. O caso foi notificado em Lauro de Freitas. O paciente estava internado em um hospital particular do município desde o último dia 26 de março e veio a óbito hoje (11), às 6h45.


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

EM MENOS DE 24 HORAS, MAIS TRÊS VEÍCULOS SÃO RECUPERADOS PELA PRF NAS RODOVIAS FEDERAIS BAIANAS

Sábado, 11 de Abril de 2020 / Bahia

Só nos primeiros três meses de 2020, a PRF na Bahia recuperou 235 veículos furtados, roubados, clonados ou adulterados. Esses números representam um acréscimo de 40% quando comparados ao primeiro trimestre de 2019.

No combate às fraudes veiculares, policiais rodoviários federais durante fiscalização neste feriado da Semana Santa recuperaram três veículos adulterados, em trechos dos municípios de Barreiras, Paulo Afonso e Gandu na Bahia.

A primeira ocorrência foi registrada às 11h45 de quinta-feira (09) durante fiscalização no KM 778 da BR 242, trecho do município de Barreiras, na Região Oeste da Bahia. Equipe da PRF realizava fiscalização de combate a criminalidade na rodovia, quando flagrou condutor do veículo RENAULT/Clio, realizando ultrapassagem em local proibido.

Foram solicitados os documentos do veículo e do condutor, quando em uma verificação minuciosa do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), a equipe identificou indícios de falsificação no documento.

Após consulta ao sistema de dados, os agentes constataram se tratar na realidade de um veículo com ocorrência de apropriação indébita, registrada na cidade paulista de Cotia.

Questionado, o motorista de 53 anos disse desconhecer as irregularidades apresentadas e informou que comprou o carro por 5.000 reais. O veículo apreendido e o infrator foram apresentados na Delegacia de Polícia Federal, para os procedimentos cabíveis.

Já no Km 2 da BR 110, em Paulo Afonso, por volta das 13h00 uma equipe da PRF abordou um automóvel VW/ Gol conduzido por um homem de 56 anos.

Os PRFs resolveram aprofundar a fiscalização, quando constataram que o carro possuía ocorrência de furto, registrada em fevereiro/2020 no município de Santo André (SP). O Gol é de propriedade de uma empresa locadora de veículos.

A ocorrência foi apresentada a autoridade policial na Delegacia de Polícia Civil local, para os trâmites legais.

Na tarde desta sexta-feira (10), em Gandu, região Sul da Bahia, por volta das 10h00 da manhã uma equipe da PRF avistou um automóvel RENAULT/Clio EX, estacionado em via pública.

Verificou-se que o veículo apresentava sinais de adulterações nos elementos identificadores e após inspeção detalhada e consulta ao sistema de dados, constatou-se que o carro possuí ocorrência de furto/roubo registrada em julho do ano de 2014.

Para não levantar suspeitas e tentar ‘burlar’ fiscalizações da polícia, as placas originais do Clio foram trocadas por outras “clonadas” com características semelhantes.

A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil para registro da recuperação e posterior devolução ao seu legítimo proprietário.

O combate às fraudes veiculares é uma das áreas de atuação ordinária da PRF e ações pontuais são realizadas sempre que se constata uma maior incidência desse tipo de crime em determinadas regiões do país.


BlogBraga/ Repórter Paiva/PRF-BA

Compartilhar no Whatsapp

Cancelamento de festas juninas deve provocar queda de 23% nas vendas de cidades da BA: "Prejuízo financeiro e emocional"

Sábado, 11 de Abril de 2020 / Bahia

Foto: Prefeitura de Piritiba

A pandemia do coronavírus provocou o cancelamento das tradicionais festas de São João em alguns municípios da Bahia. A atitude, embora ajude a evitar a disseminação do Covid-19, impacta na geração de renda dos trabalhadores, que já contabilizam os prejuízos. Segundo a Federação do Comércio da Bahia (Fecomércio), a medida, além de afetar o turismo, deve provocar uma retração nas vendas de 23% nestas cidades, especificamente nos setores mais afetados pela data, como vestuário e supermercado.

Entre as cidades que confirmaram o cancelamento da festa junina estão Ibicuí, Amargosa, Senhor do Bonfim, Irecê, Miguel Calmon, Seabra, Itaberaba, Piritiba, Cruz das Almas, Vitória da Conquista, Jequié, Barra e Santo Antônio de Jesus.

Dono de um dos festejos juninos mais conhecidos na Bahia, Senhor do Bonfim, localizado no norte do estado, recebeu, e 2019, investimento de R$ 2 milhões e movimentação financeira de quase R$ 15 milhões, com média de 300 mil pessoas em cada dia de evento.

Já em Ibicuí, no sul da Bahia, o São João aconteceria de 19 a 24 de junho, e a prefeitura já tinha confirmado dez atrações. Em Vitória da Conquista, sudoeste do estado, o cancelamento da festa foi uma das principais medidas de contenção tomadas pela prefeitura da cidade.

Presidente da Federação Baiana das Quadrilhas Juninas, Carlos Brito, lembra o investimento feito e lamenta o prejuízo com o cancelamento dos festejos.

“Trabalhos precisaram ser paralisados, e agora tomamos prejuízo, já que materiais para confecção dos figurinos tinham sido comprados e profissionais como costureiras, contratados”, diz Carlos.

A atitude também vai impactar no trabalho de vendedores ambulantes da região, como é o caso de Givaldo Sales.

“Sempre vendia 25 sacos, 30 sacos de amendoim. Mas, esse ano, sei que vai ser ruim as vendas”, lamenta Givaldo.

Já o sanfoneiro Dudu Rodrigues vê prejuízo não só financeiro, mas emocional para todos envolvidos nos festejos.

“O prejuízo, além de financeiro, é cultura e, muitas vezes, emocional para alguns sanfoneiros”, diz Dudu.

Os gestores dos municípios admitem o impacto econômico com o cancelamento dos festejos, mas ponderam que a preocupação maior, neste momento, é com a saúde da população.

“A gente, claro, se preocupa com a situação econômica, porque é através dela que você fortalece o município, com emprego e renda. Mas, em primeiro lugar, existe a vida das pessoas”, diz Carlos Brasileiro, prefeito de Senhor do Bonfim.

“É uma decisão difícil por entender que o São João da cidade de Irecê é tradicional. Mas não poderíamos agir diferente diante da crise, da pandemia que esta doença, o Covid-19, traz para toda sociedade”, completa Elmo Vaz, prefeito de Irecê.

A cabeleireira Cleise Oliveira, que esperava faturar R$ 3 mil durante o São João, afirma que entende a atitude das prefeituras.

“Como é para o bem da sociedade em relação a saúde, eu acho que é conveniente”, comenta Cleise.

Cuidados


Blogbraga/G1

Compartilhar no Whatsapp

Em pleno Sábado de Aleluia, Assembleia aprova projeto que obriga comerciário, industriário, bancário e transportador a usarem máscara

Sábado, 11 de Abril de 2020 / Bahia

Presidente nelson leal diz que “medida é importante para reduzir disseminação”

Em pleno Sábado de Aleluia (11.04), a Assembleia Legislativa da Bahia votou e aprovou por unanimidade, através de sessão legislativa virtual o projeto do Executivo que obriga a distribuição gratuita de máscaras para os empregados de todas as empresas que permanecem em funcionamento durante a quarentena do Covid-19. O Projeto de Lei 23.827/2020, enviado pelo governador Rui Costa, que obriga que o comércio, indústria, bancos, transporte de passageiros e serviços públicos garantam o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscaras e luvas, foi relatado perla deputada estadual Ivana Bastos (PSD).

"Estamos todos, no mundo, aprendendo com as causas e efeitos do Covid-19. E um dos aprendizados é que o uso de máscara, nos lugares onde ela foi implantada, a disseminação desse poderoso vírus foi menor. Além do mais, o Projeto de Lei também obriga a implantação de ponto de água corrente, com sabão, e do uso do álcoolgel com teor de 70%. É mais uma medida importante para coibir o avanço da doença e impedir o colapso do nosso sistema de saúde. Vamos ficar em casa e usar máscaras”, diz o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal.

Além de disponibilizar, tem que exigir do empresário. A lei obriga que o empregador tenha que obrigar seu empregado a usar. É muito clara quando se trata da proteção individual. Vamos mandar uma lei hoje para tornar obrigatório o fornecimento para o dono do empreendimento das máscaras e EPIs. No mundo inteiro, tem gente que manda a população inteira. Qualquer negócio que tenha contato com o público, vale para indústrias e comércio, que tenha aglomeração e contato com o público, entra nisso", afirmou o governador.

O presidente da ALBA também convocou sessão conjunta das Comissões, para o próximo dia 14, terça-feira, às 9h30, para discussão e apreciação do Projeto de Lei 23.814/2020, que fixa em dez salários mínimos as chamadas “obrigações de pequeno valor”, que deverão ser pagas pelo governo – após o processo judicial ser finalizado – em até 90 dias sem parcelamentos, fracionamentos, ou expedição de precatórios.


Blogbraga/ALBA - Assessoria da Presidência

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra o 20º óbito por Covid-19

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020 / Bahia

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que registrou, nesta sexta-feira (10), o 20º óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado. O paciente era um homem de 71 anos, residente em Gongogi, com histórico de diabetes.

O paciente estava internado em estado grave desde 6 de abril em um hospital filantrópico de Itabuna e veio a falecer hoje.


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

BOLETIM OFICIAL CORONAVÍRUS: Bahia registra 604 casos de Covid-19, 19 óbitos e 146 pessoas curadas

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020 / Bahia

A Bahia registra 604 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 19 óbitos, sendo 11 do município de Salvador e oito nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1). Dos casos confirmados, 66 são profissionais, sendo 17 médicos.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 13 horas desta sexta-feira (10). Ao todo, 146 pessoas estão recuperadas e 23 encontram-se internadas, sendo 9 em UTI e 14 em enfermaria. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Um novo boletim com a descrição detalhada do local de ocorrência dos casos será publicado às 17h de hoje. 


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Governo do Estado lança aplicativo de pesquisa de preços em tempo real

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020 / Bahia

Em tempos de quarentena e de muita especulação envolvendo produtos de alta procura durante a pandemia do coronavírus, um aplicativo disponibilizado pelo governo baiano, por meio da Secretaria da Fazenda (SefazBa), chega para permitir que o consumidor realize cotações em segundos e sem sair de casa: o Preço da Hora Bahia traz informações em tempo real extraídas das notas fiscais eletrônicas, bastando fazer a leitura do código de barras impresso na embalagem, usando o celular, ou digitar o nome do produto desejado. No celular ou na tela do computador, é possível comparar por exemplo os preços de itens hoje difíceis de encontrar, como álcool em gel, máscaras e luvas, em meio a seis milhões de produtos comercializados diariamente em toda a Bahia.

O Preço da Hora Bahia abrange todos os produtos vendidos no varejo, com destaque especial para combustíveis e medicamentos. Solicitada a pesquisa, o aplicativo irá apresentar os preços de venda do produto nas últimas horas, na região em que está o consumidor, utilizando a localização do seu celular. Estas informações têm como fonte exclusiva as notas fiscais armazenadas na SefazBa, lembra o secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório, “o que reforça a importância de se pedir a nota fiscal em todas as compras”. Com o Preço da Hora Bahia, enfatiza, “cada usuário economiza, e todos ganham".

As informações são fornecidas pelas cerca de 180 mil empresas presentes nos 417 municípios da Bahia, ao emitirem a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) ou a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). Diariamente, são mais de 3,2 milhões de notas fiscais processadas pela Sefaz-Ba, com picos superiores a 4,4 milhões. Só em Salvador são emitidas mais de 1,2 milhão notas fiscais eletrônicas todos os dias. O Interior, por outro lado, responde por 68% do total de produtos comercializados no varejo.

Consórcio Nordeste

O Preço da Hora Bahia baseia-se em uma solução desenvolvida pelo governo da Paraíba em parceria com o Tribunal de Contas do Estado  (TCE-Pb), cedida para a Bahia como parte da política de intercâmbio de boas práticas entre os estados no âmbito do  Consórcio Nordeste, presidido pelo governador Rui Costa. Disponível para celulares Android e iOS, a ferramenta permite ao usuário fazer suas próprias listas de compras e obter as melhores cotações para elas, possibilitando assim definir produtos favoritos para facilitar a pesquisa. Além do App, a solução inclui também uma página web, que amplia as possibilidades de navegação a partir do computador.  

“Optamos pelo modelo mais completo entre aqueles que têm sido adotados por alguns fiscos estaduais”, explica o secretário Manoel Vitório.   “O Preço da Hora Bahia vai estimular a concorrência entre as empresas, contribuindo para a redução de preços e para dar maior visibilidade ao pequeno comerciante, e será um avanço na relação com o consumidor, que passará a contar com a garantia de uma pesquisa consistente para adquirir o produto mais barato”, avalia.

O projeto, de acordo com o secretário, integra as iniciativas de cidadania fiscal do governo baiano que incluem a campanha Nota Premiada Bahia, com cerca de 550 mil participantes de todo o Estado, e o programa Sua Nota é um Show de Solidariedade , que apoia 530 instituições filantrópicas baianas.

Geolocalização

De acordo com Félix Mascarenhas, superintendente de Gestão Fazendária da SefazBa, para utilizar o Preço da Hora Bahia bastará ao consumidor baixar o app e, ao abri-lo, informar o produto a ser pesquisado. O aplicativo irá utilizar a geolocalização do aparelho para encontrar os menores preços em um raio de até 30 quilômetros, que pode ser ajustado a parâmetros informados pelo usuário. Ao receber a relação de preços e locais onde eles estão sendo praticados, o consumidor terá na tela informações sobre quando foi realizada a última venda, telefone e rota para chegar ao estabelecimento. É possível, ainda, acessar um gráfico com o histórico de preços do produto.

O diretor de Produção de Informações da Sefaz-Ba, Jadson Bitencourt, esclarece que os preços são obtidos das informações de notas já emitidas, e que o estabelecimento não é obrigado a garantir um preço que tenha sido praticado em promoção ou situações como vendas a usuários fidelizados, descontos por pagamento à vista, promoções-relâmpago, entre outras. O Preço da Hora Bahia exibe o preço praticado e o eventual desconto concedido. Por esta razão, principalmente quando encontrar preços muito menores que os de costume, o consumidor deve ligar para a loja e confirmar se o preço permanece o mesmo. Isto pode ser feito diretamente do aplicativo, que exibe o telefone informado pelo estabelecimento na nota fiscal.

Bitencourt também reforça que, como a fonte de informações do Preço da Hora Bahia é a nota fiscal emitida, esta é mais uma razão para que o consumidor exija a nota fiscal em todas as compras que fizer.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Em março, IBGE estima crescimento de 5% da produção de grãos na Bahia para 2020

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020 / Bahia

O terceiro Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relativo ao mês de março, estimou a produção baiana de cereais, oleaginosas e leguminosas para este ano em torno de 8,7 milhões de toneladas, o que representa uma expansão de 5,0% na comparação com 2019. Em fevereiro, o levantamento apontava uma produção total de 8,8 milhões de toneladas. Em relação à área plantada, o IBGE projeta uma ligeira retração de 0,7% na comparação anual, registrando uma extensão de cerca de 3,1 milhões de hectares. As informações, divulgadas nesta quinta-feira (9), foram sistematizadas e analisadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan).

“Esta é uma estimativa positiva para a Bahia, com expansão significativa da nossa lavoura, o que revela a eficiência das políticas públicas adotadas pelo Governo do Estado no estímulo à nossa produção agrícola. Destaque para as lavouras de soja, milho, feijão, cacau, café, tomate e cebola, cuja estimativa aponta crescimento em comparação a 2019”, destaca o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

A produção de soja, lavoura cuja colheita já está em andamento, continuou estimada em 5,5 milhões de toneladas, em área plantada de 1,6 milhão de hectares, o que resulta numa expansão de 4,0% em comparação com o volume produzido na safra anterior.

A estimativa para a safra de milho foi mantida em 1,9 milhão de toneladas, plantadas em 593,5 mil hectares, representando uma alta de 14,8% em relação a 2019. A primeira safra do cereal deve ser responsável  por 1,5 milhão de toneladas, em 363,5 mil hectares. Por sua vez, a expectativa para a segunda safra da lavoura é de 359 mil toneladas plantadas em 230 mil hectares.

A previsão para o feijão também foi mantida, sendo estimado um total de 321 mil toneladas, superando em 10,7% a produção de 2019. A área plantada totaliza 456 mil hectares. A principal contribuição virá da segunda safra cujo volume estimado é de 184,2 mil toneladas, o que representa uma alta de 56,6% na comparação anual.

O algodão teve sua estimativa revisada de 1,5 milhão para 1,4 milhão de toneladas, representando uma queda de 7,6%, em relação à safra anterior. A área plantada também foi revista, passando a ser projetada em 315 mil hectares, correspondendo a um recuo de 5,1% na mesma base de comparação.

A produção de cacau foi novamente revisada para cima, ficando estimada em 122 mil toneladas este ano, correspondendo a uma alta expressiva de 16,2% na comparação com 2019. Para a lavoura da cana-de-açúcar, o IBGE estima uma produção de 4,0 milhões de toneladas, projetando uma retração de 3,9% em relação à safra anterior.

A expectativa para a produção total de café manteve-se estável em 181 mil toneladas. A safra do tipo arábica está projetada em 74,3 mil toneladas, o que representa uma variação anual de 2,6%. A safra do canephora está estimada em 106,6 mil toneladas, correspondendo a um recuo de 1,4%, na comparação com 2019. Por sua vez, as lavouras de banana, laranja e uva apresentaram estimativas de queda respectivamente de 12,9%, 0,7% e 21,8% em relação à safra anterior.

Outras lavouras temporárias

As projeções indicam uma produção de mandioca de 963 mil toneladas, mantendo-se estável em relação à safra passada. A produção de cebola deve encerrar o ciclo com alta de 3,9% em relação à colheita anterior, totalizando 302,4 mil toneladas. A estimativa para o tomate também se manteve positiva, podendo alcançar 284,8 mil toneladas, que corresponde a uma expansão de 3,3% sobre a safra de 2019.

 


Blogbraga/Assessoria de Comunicação Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Justiça reforça divulgação de canais para denunciar violência doméstica

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020 / Bahia

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou aos tribunais de todo o país que divulguem, em seus canais de comunicação, os telefones e e-mails de contato de serviços públicos para denúncia de casos de violência doméstica. Por telefone, whatsapp, e-mail ou mesmo presencialmente, é possível denunciar agressões e receber proteção do Estado, mesmo no período emergencial de saúde provocada pelo novo coronavírus.

A coordenadora do Movimento Permanente de Combate à Violência Doméstica, conselheira Maria Cristiana Ziouva, encaminhou a determinação às Coordenadorias Estaduais de Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar. Para ela, é preciso que o Sistema de Justiça e a toda rede de enfrentamento à violência doméstica, formada por delegacias, abrigos, defensoria e ministério público, entre outros, estejam alerta e que a sociedade, mesmo em isolamento social, saiba agir. “Pedidos de proteção contra violência doméstica são considerados serviço de urgência pela Justiça”, afirma Maria Cristiana Ziouva. “Mulheres que vivem relações abusivas precisam saber que todo o Sistema de Justiça brasileiro continua trabalhando. É fundamental que as vítimas procurem os serviços de acolhimento e proteção, como delegacias, defensorias, ministério público e o Judiciário. Elas não estão desprotegidas, não estão à mercê dos seus agressores”, diz Ziouva. Ouça aqui o áudio completo da conselheira.

Os canais online, como as delegacias eletrônicas para registro de boletim de ocorrência, são alternativas importantes para quem passa pela quarentena em situação de violência. A juíza Luciana Lopes Rocha, uma das coordenadoras do Núcleo Judiciário da Mulher e titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Taguatinga, no Distrito Federal, ressalta que o importante é fazer com que as denúncias cheguem até o sistema de Justiça. “Diga que vai à farmácia, ou mercado, aproveite e peça ajuda, ligue para o 190, ou para o whatsapp disponibilizado pela polícia”, sugere a magistrada.

Medidas protetivas

Para combater a violência doméstica durante a fase de quarentena, magistrados têm analisado e deferido com urgência os pedidos de medidas protetivas. “A casa é um local de perigo para mulheres que muitas vezes está ali sendo controlada, vigiada por esse homem, e não consegue sair para pedir ajuda. Mas é preciso que os casos sejam reportados, seja por um vizinho, um amigo, um parente ou por ela mesma. Isso precisa vir à tona”, diz Luciana Rocha.

No Rio de Janeiro, a juíza titular da Vara de Violência Doméstica, Adriana Mello, percebeu uma procura acentuada por medidas protetivas de urgência nos últimos dias. “Isso tem nos preocupado. A rede de enfrentamento à violência está tendo de dar conta desse aumento, mas a falta de estrutura é grande”, diz a magistrada. “Só não deixem de denunciar. As medidas protetivas são fundamentais para interromper uma escalada fatal”, alertou.

Isolamento social

O aumento na violência doméstica é um amargo efeito colateral da quarentena, imposta com o objetivo de frear a pandemia do novo coronavírus. A ONU Mulheres emitiu nota oficial sobre a necessidade de os governos adotarem campanhas emergenciais para combater o incremento da violência doméstica nessa fase de confinamento.

O Disque 180, central de atendimento do governo federal para casos de violência doméstica, registrou aumento de quase 10% no número de ligações e de 18% nas denúncias de violência, nas duas primeiras semanas do confinamento. No entanto, em muitas cidades, houve justamente o oposto: uma redução no número de denúncias.

Magistrados especializados na área de violência dizem que essa queda pode ter dois motivos: a redução da violência, seja pela diminuição na drogadicção e no consumo de álcool, seja por maior harmonia familiar, ou, por outro lado, a quarentena estaria dificultando o acesso da mulher às portas de entrada dela à Justiça. “O medo da pandemia paira na população em geral e agrava o medo. O medo enfraquece a capacidade da pessoa, gera paralisação. A dificuldade para fazer uma denúncia contra o companheiro agora é maior, mais estressante. Essa mulher tem um medo qualificado. Ela tem medo de adoecer, de sair de casa, tudo isso somado ao medo natural de romper com um ciclo conhecido”, avalia Jamilson Haddad, juiz titular da 1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar do Mato Grosso.

Também para juíza Madgéli Frantz Machado, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS), é mais provável que a dificuldade de denunciar seja a principal causa da redução dos registros. “Essas mulheres não estão conseguindo pedir medidas protetivas, porque não estão conseguindo denunciar, não saem de casa, estão mais vigiadas, mais paralisadas. As vítimas estão 24 horas com os agressores e não estão sendo ouvidas em seus trabalhos, não encontrando os parentes, em quem podiam confiar para desabafar. Não está fácil para elas. Temos de ouvi-las e fazer algo. Todos nós”, diz.

Serviço

Os casos de violência ou assédio, a qualquer hora do dia ou da noite, devem ser comunicados pelo telefone 190. Qualquer pessoa pode fazer a denúncia: a própria mulher, vizinhos, parentes ou quem estiver presenciando, ouvindo ou que tenha conhecimento do fato. Para os casos não emergenciais, o Disque 180 ou o Disque 100 também recebem denúncias e oferecem orientações. Em todo o país, as casas de abrigo seguem funcionando normalmente embora, em alguns locais, estejam recebendo menos pessoas.

Em São Paulo, é possível registrar boletins de ocorrência pela Internet aqui. No Rio de Janeiro, a orientação é procurar as Delegacias da Mulher, que atendem urgências como violência física e sexual presencialmente e disponibilizam registro online para os demais casos de violência. Em Brasília, as denúncias e os registros podem ser feitos pelo Denúncia Online, pelo telefone 197 (opção 0), pelo telefone 190, pelo e-mail denuncia197@pcdf.df.gov.br, e pelo whatsapp 98626-1197, e também nas delegacias especializadas, presencialmente.

Para acionar a Defensoria Pública no Ceará, basta ligar 129, ou 997634909 (whatsapp), ou 987125180 (whatsapp) e ainda pelo e-mail: nudem@defensoria.ce.def.br. As Delegacias de Mulheres realizam flagrantes e descumprimentos de medidas protetivas presencialmente, 24 horas por dia. Também é possível registrar o boletim de ocorrência pela internet aqui.

Nas cidades de São Paulo, Curitiba (PR), Campo Grande (MS) e São Luiz (MA), as Casas da Mulher Brasileira concentram serviços de delegacia e varas especializadas, Ministério Público, Defensoria Pública, atendimento médico, psicológico e social.

Para se proteger

Algumas atitudes podem auxiliar a mulher que sofre agressão a se proteger durante o período de isolamento social. Uma delas é deixar uma chave reserva da casa em um lugar de fácil acesso para a mulher, sem o conhecimento do agressor. Isso pode permitir sair, caso precise. Avisar vizinhos e pessoas próximas sobre o risco de agressão também é uma iniciativa importante. Estabeleça um sinal ou palavra que possam ser usados para avisar que está em risco. Assim, outra pessoa pode acionar a polícia se houver agressão.

Para as pessoas que estão próximas de mulheres em risco, a orientaço é manter contatos frequentes com ela, mesmo por meios virtuais. Também evite críticas e julgamentos que podem constranger a vítima e evitar que ela denuncie. Se acolher em casa uma mulher em risco, não divulgue essa informação para não expor a vítima e outras pessoas. Oriente e informe sobre os serviços disponíveis, sobre como fazer boletim de ocorrência e pedir medida protetiva à Justiça. Se a cidade contar com uma casa abrigo ou casa de passagem, pode ser uma opção para esse período.


Blogbraga/CNJ

Compartilhar no Whatsapp

24ª CIPM DEFLAGRA, NA NOITE DESTA QUINTA-FEIRA (09) OPERAÇÃO SEMANA SANTA EM TODA ÁREA DE ATUAÇÃO DA UNIDADE PM

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020 / Bahia

Na noite desta quinta-feira, 09 de abril, a 24ª CIPM deflagrou a Operação Semana Santa em Jacobina e nos demais municípios da área de atuação da Unidade PM. Esta Operação deu-se início sob o comando do Subtentente PM Vitor Costa e supervisão direta do Comandante, Major PM Flailton Oliveira, que empregou 14 (quatorze) viaturas e diversos Policiais Militares, onde será finalizada na noite do próximo domingo de Páscoa.

No período da primeira noite da Operação, que prolongou até às 23h00min, inúmeras pessoas foram abordadas, tanto visando coibir delitos e crimes com foco na prevenção, quanto para manter contato com a população e demonstrar que a Polícia Militar está de prontidão para servir e proteger. Na oportunidade, no intuito de combater a proliferação da Pandemia do COVID-19, todo cidadão encontrado nas ruas também foi orientado a se manter em isolamento social, devido o atípico momento que estamos vivenciando no mundo. Além das pessoas, inúmeros veículos e estabelecimentos comerciais foram abordados de modo que os cidadãos se sintam protegidos e orientações sejam dadas conforme a legislação vigente.

 "Elogio a atuação de cada Policial Militar que está atuando na Operação, bem como os cidadãos que estão colaborando e compreendem o trabalho da Polícia Militar. Garanto a continuidade desta Operação até o término da Semana Santa, por toda área de atuação da 24ª CIPM. Na oportunidade, desejo a todos uma feliz Semana Santa e que Deus sempre esteja em nossos corações." Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante.

 "PM E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM"

 Jacobina, 10 de abril de 2020.

Vitor Costa - Subtenente PM

Chefe do Setor de Comunicação Social/Porta Voz do Comando


Blogbraga/24ª CIPM - JACOBINA/BA

Compartilhar no Whatsapp

24ª CIPM PRENDE INDIVÍDUO PORTANDO UM SIMULACRO DE ARMA DE FOGO EM JACOBINA

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020 / Bahia

Na noite desta quinta-feira, 09 de abril, Policiais Militares da 24ª CIPM, dando início a Operação “Semana Santa”, intensificaram abordagens no Bairro Vila Feliz, onde foram abordadas diversas pessoas em atitudes suspeitas e encontrado na cintura de um jovem de 18 anos de idade, um simulacro de arma de fogo do tipo pistola calibre .40, o qual estava em companhia de outro jovem de 23 anos de idade. Próximo aos mesmos foi também encontrado, dispensado no chão, 01 cigarro de uma substância análoga a Cannabis Sativa (Maconha).

Diante dos fatos, ambos foram conduzidos para a 16ª COORPIM em Jacobina para que medidas cabíveis fossem adotadas pelo Delegado Plantonista.

“É de grande valia a intensificação de Operações deste gênero para que todo mal se minimize ao derredor das pessoas do bem. Parabenizo os bravos Policiais Militares nesta rápida e exitosa ação, retirando do poder destes indivíduos este objeto similar a uma arma de fogo a qual provavelmente poderia ser instrumento para pratica de crimes em Jacobina e região.” Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante da 24ª CIPM.

"PM E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM"

Jacobina, 10 de abril de 2020.

Vitor Costa - Subtenente PM

Chefe do Setor de Comunicação Social/Porta Voz do Comando


Blogbraga/24ª CIPM - JACOBINA/BA

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Estado suspende transporte intermunicipal em mais quatro cidades

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020 / Bahia

Em decreto publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (10) o Governo do Estado suspende, em mais quatro cidades, a circulação, a chegada e a saída de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. A decisão vale a partir deste sábado (11) nos municípios de Itapebi, Ituberá, Santa Luzia e Ubatã.

A medida preventiva do governador Rui Costa passa a abranger 73 cidades baianas: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos, Canarana, Ipiaú, Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca, Dias D’Ávila, Alagoinhas, Barra, Candeias, Coaraci, Itajuípe, Medeiros Neto, Santa Cruz Cabrália, Barra do Rocha, Eunápolis, Belmonte, Conde, Uruçuca, Itapetinga, Conceição do Coité, Utinga, Adustina, Cachoeira, São Félix, Gandu, Ibirataia, Itarantim, Palmeiras, Piripá, Barra do Choça, Campo Formoso, Catu, Ibotirama, São Francisco do Conde, Araci, Aurelino Leal, Euclides da Cunha, Gongogi, Itagi, Itatim e Serrinha.

Em algumas cidades sem casos confirmados de coronavírus, o sistema de transporte intermunicipal foi suspenso porque está integrado ao de municípios com registros da doença.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 568 casos de Covid-19 e 146 pessoas curadas

Quinta-feira, 09 de Abril de 2020 / Bahia

A Bahia registra 568 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 5,54% do total de casos notificados. Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 19 óbitos, sendo 11 no município de Salvador e oito nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1).

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quinta-feira (9). Ao todo, 146 pessoas estão recuperadas e 51 encontram-se internadas, sendo 26 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Os casos confirmados estão distribuídos em 63 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (54,93%). A mediana de idade é 39 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 27,99% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (7,34/100.000 hab) , indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

As unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de Covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo:

1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas.

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

PRF NA BAHIA RECOMENDA QUE OS CIDADÃOS FIQUEM EM CASA NESTE FERIADO DA SEMANA SANTA

Quinta-feira, 09 de Abril de 2020 / Bahia

Embora já seja esperada uma redução significativa da circulação de veículos nas rodovias federais baianas para o período da Páscoa, haverá atenção e continuidade das ações de enfrentamento ao novo coronavírus, principalmente no que toca à prevenção dos acidentes de trânsito para evitar ocupação de leitos dos hospitais e a sobrecarga do sistema de saúde neste cenário de pandemia.

Diante da peculiaridade de emergência de saúde pública no enfrentamento à pandemia causada pela COVID-19, excepcionalmente nesta Semana Santa de 2020, não será lançada operacional nacional. A Polícia Rodoviária Federal na Bahia, seguindo a estratégia do órgão, manterá o seu foco nas ações efetivas de apoio e prevenção à contaminação e disseminação do vírus, bem como promoverá ações para prevenir os acidentes de trânsito de maneira a evitar a ocupação de leitos dos hospitais, contribuindo para reduzir a sobrecarga do sistema de saúde neste cenário de pandemia.

Diversas já foram as ações preventivas adotadas, além de campanhas e operações integradas, no intuito de disseminar informação e orientações à população acerca das condutas de prevenção ao contágio do novo coronavírus.

Neste feriado da Semana Santa, a PRF na Bahia recomenda que as pessoas sigam as orientações das autoridades de saúde e permaneçam em casa, inclusive permaneçam nas suas cidades, evitando viajar para outros locais, prevenindo, assim, a disseminação da doença. Inclusive, muitos pontos e roteiros turísticos estão fechados, a exemplo das praias do Sul e Extremo Sul, Chapada Diamantina e algumas praias da capital baiana, além de bares e restaurantes que também possuem restrição de funcionamento.

Caso seja necessário e indispensável pegar a estrada, a PRF na Bahia orienta os condutores para que tenham atenção ao dirigir, importante que seja feita uma verificação das condições do veículo e dos itens segurança (estado dos pneus, cintos de segurança em pleno funcionamento, lanterna e luzes de freio, etc.), além disso, indispensável a atenção aos limites de velocidade e não realizar ultrapassagens em local proibido. Todos somos responsáveis pela segurança no trânsito.

A PRF informa ainda que não haverá restrição de tráfego para veículos de carga neste feriado da Semana Santa.

Em caso de emergência disque 191.


BlogBraga/ Repórter Paiva/ PRF-BA

Compartilhar no Whatsapp

Embasa promove melhorias na rede que atende o município de Canápolis, no Oeste da Bahia

Quinta-feira, 09 de Abril de 2020 / Bahia

 

Com os serviços de entroncamento na rede adutora, executados na última quarta-feira (8), a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) finaliza as intervenções realizadas ao longo do último mês para a substituição de 500 metros de tubulação que abastece o município de Canápolis, no Oeste da Bahia. O objetivo foi promover melhorias no trecho da rede adutora prejudicada pela instabilidade do solo devido às fortes chuvas que caíram na região ao longo dos últimos meses.

A gerente da Embasa em Canápolis, Liane Amaral, afirma que a substituição ocorreu no trecho da rede deteriorada, onde eram recorrentes os rompimentos na rede. “Foi uma obra emergencial que vai garantir uma maior normalidade no abastecimento em Canápolis. Mas é importante que a população continue equipada com os reservatórios domiciliares, principalmente na parte alta, para evitar o desabastecimento total em caso de falta de energia, pane nos equipamentos ou futuros reparos emergenciais ou programados na rede de água”, afirma.


Blogbraga/Assessoria de Comunicação da Embasa

Compartilhar no Whatsapp

Cipe Semiárido completa 16 anos de atuação no interior baiano

Quinta-feira, 09 de Abril de 2020 / Bahia

A Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Semiárido completa, nesta quarta-feira (8), 16 anos de atuação na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) da Chapada Diamantina. Os 106 integrantes da unidade, instalada na cidade de Xique-Xique, realizam policiamento ostensivo e preventivo no combate ao tráfico de drogas, investidas contra instituições financeiras, outros delitos contra o patrimônio e na redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI).

Somente em 2019, a especializada efetuou 72 operações e alcançou cerca de 200 criminosos. Foi apreendida também mais de uma tonelada de entorpecentes prontos para a comercialização, além da erradicação de aproximadamente 620 mil pés de maconha. “Cerca de 30 mil pés foram queimados na zona rural do povoado de Laçarote, cidade de Cotegipe, durante operação conjunta com a Cipe Cerrado”, relembrou o comandante da Cipe Semiárido, major PM Carlos Maltez.

O oficial pontuou também as atividades sociais desenvolvidas pela equipe. “Em épocas festivas, como Natal e Dia das Crianças, abrimos as portas da unidade para receber o público e fazemos brincadeiras, partidas de futebol, entre outras campanhas solidárias”, lembrou Maltez.

Os policiais que integram a unidade também passam, rotineiramente, por cursos e instruções. “No ano passado tivemos 80 integrantes capacitados em diferentes formações”, contou o oficial enquanto listava os cursos, “Drone, Choque, Curso Caatinga, manuseio com armas, Ciclo de treinamento, Instrução Patrulhamento Rural e mais”, enfatizou.


Blogbraga/Assessoria de Comunicação Secretaria da Segurança Pública da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Produtores rurais anunciam investimentos em laboratório para testagem da Covid-19 no Oeste da Bahia

Quinta-feira, 09 de Abril de 2020 / Bahia

Os produtores rurais, por meio da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), estão investindo R$ 370 mil na aquisição de equipamentos e insumos para possibilitar que os testes para diagnóstico do Coronavírus – Covid 19  sejam realizados no laboratório da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), em Barreiras. Com o acordo firmado, a Abapa comprou os equipamentos e materiais, previstos para chegarem até a próxima semana, no dia 17 de abril, quando o laboratório será reestruturado e passará por um processo de certificação antes de entrar em operação. Com o aporte de recursos dos produtores, poderão ser processados até três mil testes que vão apoiar, emergencialmente, as secretarias de saúde na agilização dos diagnósticos dos casos suspeitos de Covid-19, garantindo o aperfeiçoamento de estratégias para reduzir a disseminação do vírus no Oeste da Bahia.

O reitor da UFOB, Jacques Miranda, explica que este investimento da Abapa é fundamental para o funcionamento desta estrutura pela universidade que vai reduzir o tempo entre a coleta da amostra e a divulgação do diagnóstico, além de reduzir a demanda do Laboratório Central, em Salvador, que atualmente concentra a realização dos exames do novo coronavírus na Bahia. “Desde que foi declarada a pandemia, a universidade instituiu um grupo para o enfrentamento da Covid-19, e alguns especialistas se disponibilizaram a oferecer o conhecimento e a estrutura dos nossos laboratórios para colaborar com os diagnósticos. Com o diálogo e apoio da Abapa e Prefeitura de Barreiras, conseguimos firmar um convênio para colaborar com a sociedade neste momento em que é necessária a união de todos os setores, cada um fazendo a sua parte, para vencer a pandemia”, afirma.

Para o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato, os investimentos nestes equipamentos será um diferencial para enfrentar o coronavírus no oeste da Bahia. “A parceria entre a UFOB e a Abapa já é reconhecida na produção de pesquisa e tecnologia para o combate e prevenção de pragas e doenças nas lavouras. Agora, diante deste novo inimigo, nos unimos novamente para apoiar a sociedade na luta contra o coronavírus que precisa ser derrotado com o menor número de mortes entre a população. Nós agricultores, mais uma vez, contribuindo com a região com aquilo que podemos”, afirma. Futuramente, o laboratório será destinado para diagnóstico de outras patologias como dengue, zika e chikungunya, e para doenças e pragas nas lavouras.

Os produtores baianos, por meio da Abapa, também destinaram um total de R$ 500 mil na aquisição de materiais de saúde e de proteção para os profissionais do Oeste da Bahia, como máscaras, luvas, álcool gel, dentre outros. A entidade também vai destinar até R$ 100 mil para aquisição de toalhas 100% algodão e doar em apoio ao governo do Estado para destinar aos hospitais e unidades hospitalares em toda a Bahia.


Blogbraga/Assessoria de Imprensa Abapa

Compartilhar no Whatsapp

Rui Costa anuncia aplicativo para monitorar Coronavírus

Quinta-feira, 09 de Abril de 2020 / Bahia

O governador Rui Costa utilizou as redes sociais para anunciar, na manhã desta quinta-feira (9), o aplicativo “Monitora”, que possibilitará o registro de informações de pessoas com suspeita da Covid-19, viabilizando o atendimento remoto, monitoramento e acompanhamento dos cidadãos. O app já está disponível gratuitamente na plataforma android, sendo, posteriormente, disponibilizado para iOS. Para localizá-lo, é preciso fazer a busca digitando “monitoracorona”, com as duas palavras juntas, e fazer a seleção do aplicativo “Monitora Covid-19”, de cor azul, de autoria do “Governo da Bahia”, ou acessar diretamente este link: https://bit.ly/2UYHR9L

Na live, transmitida em seus perfis oficiais no Facebook e Instagram, Rui pediu que todos baixem a ferramenta e ressaltou a importância de permitir que o aplicativo tenha acesso à localização dos usuários. “Vamos monitorar, em toda a Bahia e os outros estados do Nordeste vão fazer o mesmo, onde estão os casos suspeitos e quem apresenta sintomas. Além disso, vamos tirar as dúvidas das pessoas sobre a doença e as medidas tomadas pelo governo para combater o novo coronavírus. Nós queremos georeferenciar os casos na Bahia e em Salvador. Saber em que bairro ou em que cidade estão aparecendo mais casos, de modo a ter uma demonstração visual da realidade da doença em todo o território estadual”, explicou o governador.

Por meio do aplicativo, desenvolvido pelas secretarias de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Saúde (Sesab), em parceria com a FESF-SUS, o internauta poderá acessar informação, segura e de qualidade, e ter o acompanhamento do seu estado de saúde. Além disso, serão solicitadas informações sobre a sua saúde e, caso seja identificado o risco, um médico entrará em contato em até 24 horas, pelo celular, orientando as medidas para o autocuidado, que devem ser adotadas no próprio domicílio, evitando que o paciente se dirija a uma unidade de saúde e se exponha sem que haja a real necessidade. Caso seja indicado, o médico informará qual o serviço de referência mais próximo.

O app foi programado para dar orientações e cuidados imediatos. O cidadão passará a ser monitorado em casa pelo aplicativo.  O acesso à tecnologia é realizado por meio de um cadastro simples (nome, CPF, nome da mãe e número do cartão SUS). O App possibilitará, também, acesso rápido a informações sobre a Covid-19, orientações sobre o isolamento social, serviços de saúde próximos e o acompanhamento do estado de saúde do paciente, além de um “converse conosco”.

A secretária da Secti, Adélia Pinheiro, que é médica por formação, destaca a importância de serviços como o aplicativo. “Com o Monitora, avançamos na missão de atender o cidadão dentro da sua própria casa. Assim também é o Tele Coronavírus, que lançamos para atender qualquer pessoa que tenha dúvida sobre a Covid-19, gratuitamente, pelo número 155. Essas são ações preventivas que auxiliam a população no diagnóstico, indicando quais medidas tomar na hipótese do aparecimento de sintomas da doença”.

De acordo com o secretário de Saúde, Fábio Vilas Boas, o Governo do Estado tem trabalhado incansavelmente para proteger o bem mais precioso do cidadão, que é a vida. “Além da ampliação do número de leitos, aumentando a capacidade da nossa rede, da aquisição de equipamentos essenciais para o trabalho dos profissionais de saúde e de tantas outras ações, o Governo se preocupa em atender o cidadão de forma a evitar aglomerações. O ‘Monitora’ coloca o cidadão em contato direto com um profissional, o qual vai indicar se é necessário, naquele momento, procurar uma unidade de saúde”, ressalta.

Desenvolvedora do aplicativo através da FESF-tech, a Fundação Estatal Saúde da Família (FESF) é parte primordial nesse processo de auxílio ao cidadão. “A FESF é uma instituição, criada pelo SUS e para o SUS da Bahia, que tem como missão institucional produzir soluções inovadoras, que promovam qualidade e eficiência para o sistema da saúde. Ações como esta aproximam a FESF do cumprimento de seu papel social”, destacou o secretário executivo, José Santana.

Monitora

A tecnologia do app está articulada ao Registro Eletrônico de Saúde e possibilita à equipe de monitoramento e à gestão do SUS um painel de controle que permitirá visualizar o tempo de quarentena que cada paciente está seguindo, dentre outras informações que servirão de base para tomada de decisões em saúde pública e de atendimento.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 515 casos de Covid-19 e 128 pessoas curadas

Quinta-feira, 09 de Abril de 2020 / Bahia

A Bahia registra 515 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 5,54% do total de casos notificados. Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 18 óbitos, sendo onze do município de Salvador e sete nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Ipiaú (1) e Uruçuca (1). Os dois últimos óbitos são de mulheres de 72 e 63 anos, sendo residentes em Ipiaú e Uruçuca, respectivamente. Ambas eram cardiopatas e estavam internadas em hospitais públicos.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quarta-feira (8). Ao todo, 128 pessoas estão recuperadas e 50 encontram-se internadas, sendo 28 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Os casos confirmados estão distribuídos em 59 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (56,31%). A mediana de idade é 40 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 26,80% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (6,87/100.000 hab), indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária.

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

As unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de Covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo:

1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas.
Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Estado suspende transporte intermunicipal em mais 7 cidades; total chega a 69; entre elas, Luis Eduardo Magalhães e Barreiras

Quinta-feira, 09 de Abril de 2020 / Bahia

Estão suspensas a partir de sexta-feira (10) a circulação, a chegada e a saída de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans, nos municípios de Araci, Aurelino Leal, Euclides da Cunha, Gongogi, Itagi, Itatim e Serrinha. A decisão está publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (9) e tem validade até 15 de abril. A medida visa diminuir a circulação de pessoas nas ruas, como forma de combate à disseminação do novo coronavírus na Bahia.

Com a inclusão de 7 novas cidades no decreto, a medida preventiva do governador Rui Costa passa a abranger 69 cidades baianas: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos, Canarana, Ipiaú, Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca, Dias D’Ávila, Alagoinhas, Barra, Candeias, Coaraci, Itajuípe, Medeiros Neto, Santa Cruz Cabrália, Barra do Rocha, Eunápolis, Belmonte, Conde, Uruçuca, Itapetinga, Conceição do Coité, Utinga, Adustina, Cachoeira, São Félix, Gandu, Ibirataia, Itarantim, Palmeiras, Piripá, Barra do Choça, Campo Formoso, Catu, Ibotirama, São Francisco do Conde, Araci, Aurelino Leal, Euclides da Cunha, Gongogi, Itagi, Itatim e Serrinha.

Em algumas cidades sem casos confirmados de coronavírus, o sistema de transporte intermunicipal foi suspenso porque está integrado ao de municípios com registros da doença.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp
TOP Qualidade 2020
Rádio Cidade FM 95,9
Facebook
Tempo
Moeda
Conversor de Moeda
Cotação

Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
Contabilidade Rio Grande - Parceira dessa Causa
PARCEIROS
Polícia Civil Neli Ofertas - Hiper Santo Antonio Midori Paisagismo Global Contabilidade Rondon Mineiros ORIX Casa da Informática Imperial G7 NET ASMAT Jaú Dique Denuncia Sutrans Paraíba AFS CISO Vida Farma Guarda Municipal CMO DBT DPVAT Barreiras Casa da Ferramenta LH Madeiras Oeste Beton PM Dupará Açaí Delicia P&F Luz motos Sportime Coyote Grupo Marabá Extreme Oeste Manutenção Minas Aço Online Celulares