Embasa Governo da Bahia

NOTÍCIAS

AUXÍLIO EMERGENCIAL: 3,5 MILHÕES DE BENEFICIÁRIOS DOS CICLOS 5 E 6 PODEM SACAR ATÉ R$ 2,4 BI A PARTIR DESTA SEGUNDA-FEIRA (11/01)

Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2021 / Bahia

Ainda é possível movimentar o saldo pelo Aplicativo CAIXA Tem

A partir desta segunda-feira (11/01), cerca de 3,5 milhões de beneficiários do Auxílio Emergencial e do Auxílio Emergencial Extensão nascidos em maio podem sacar ou transferir os recursos da Poupança Social Digital. Foram creditados R$ 2,4 bilhões para esses públicos nos ciclos 5 e 6 de pagamentos do Auxílio Emergencial.

Desse total, R$ 2,2 bilhões são referentes às parcelas do Auxílio Emergencial Extensão e o restante, R$ 200 milhões, às parcelas do Auxílio Emergencial.

Como realizar o saque em espécie:

É preciso fazer o login no App CAIXA Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. O código deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da CAIXA, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes CAIXA Aqui.

Atendimento:

Os saques em dinheiro podem ser feitos nas lotéricas, correspondentes CAIXA AQUI ou nas agências.

Continua disponível aos beneficiários a opção de utilização dos recursos creditados na Poupança Social Digital para a realização de compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços. Também está disponível no aplicativo CAIXA Tem a funcionalidade de pagamentos sem cartão nas cerca de 13 mil unidades lotéricas do banco.

Saiba mais: Confira no site da CAIXA alguns tutoriais de como receber e movimentar o Auxílio Emergencial no CAIXA Tem: http://www.caixa.gov.br/auxilio/tutoriais/Paginas/default.aspx


Blogbraga/ Assessoria de Imprensa da CAIXA

Compartilhar no Whatsapp

Rui entrega uma série de obras em Capim Grosso, nesta terça

Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2021 / Bahia

Foto: Google

O governador Rui Costa estará, nesta terça-feira (12), às 9h, em Capim Grosso, onde vai entregar uma série de obras para os moradores do município. O governador vai inaugurar um Posto do SAC, resultado de parceria entre a Secretaria da Administração do Estado (Saeb) e Prefeitura local, e as novas iluminação e arquibancadas do Estádio Municipal Franscisco Ângelo de Oliveira (Franciscão), obra que contou com a participação da Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb).

Será entregue, ainda, a pavimentação do trecho de estrada de acesso à localidade de Caiçara, serviço coordenado pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), e a implantação do Sistema Simplificado de Abastecimento de Água no povoado de Várzea Suja, construído pela Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia. Rui participa ainda da inauguração de uma escola com 12 salas, no bairro Jardim Sacramento, na sede do município.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 1.649 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas e o número total de óbitos desde o início da pandemia é de 9.424

Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2021 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.649 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.570 recuperados (+0,3%). Dos 512.841 casos confirmados desde o início da pandemia, 496.542 já são considerados recuperados e 6.875 encontram-se ativos . A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,37%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (10.514,63), Muniz Ferreira (8.636,49), Conceição do Coité (8.533,00), Jucuruçu (8.163,49) e Pintadas (8.096,20).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 902.102 casos descartados e 121.681 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (10).

Na Bahia, 37.642 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos
O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 32 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo.
A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 9.424, representando uma letalidade de 1,84%. Dentre os óbitos, 56,48% ocorreram no sexo masculino e 43,52% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,03% corresponderam a parda, seguidos por branca com 19,26%, preta com 14,71%, amarela com 0,66%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,22% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,85%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,61%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

REGIÃO DE CAPIM GROSSO/BA: Polícia Militar recupera veículos e prende integrante de grupo especializado em adulteração de veículos em Quixabeira

Sábado, 09 de Janeiro de 2021 / Bahia

Uma operação conjunta entre Policiais Militares da 91ª CIPM – Capim Grosso e da 98ª CIPM - Ipirá, no início da noite da última quinta-feira, 07/01/2021, consistiu em averiguar denuncias que num povoado rural de Quixabeira estava acontecendo ações de grupos organizados especializados em adulteração de veículos.

As investigações preliminares apontavam que o grupo agia há bastante tempo, adulterando características de veículos do tipo caminhonete (pick-ups) bem como seus documentos, e é responsável por diversas ações criminosas nesta área e em cidades circunvizinhas. 

Foram encontrados nesta propriedade rural 01(um) homem que foi preso pelo crime de receptação, 02 (dois) veículos furtados, sendo o primeiro uma Ford F1000 licenciada na cidade de Ipirá/Ba que havia sido furtada no dia 07/12/2020 e o veículo Ford F 100 licenciado em Candeias/BA. Ambos furtados em suas cidades de origem. O homem bem como os veículos foram conduzidos para adoção das providências cabíveis às Delegacias de Polícia Civil da cidade de Jacobina e Ipirá.

CPR - Norte: Forte do sertão norte-baiano.


Blogbraga/Fonte: ASCOM 91ª CIPM

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Edital convoca interessados em concorrer à vaga de conselheiro estadual de Comunicação Social

Sábado, 09 de Janeiro de 2021 / Bahia

O edital de convocação para eleição das entidades representantes da sociedade civil na composição do Conselho Estadual de Comunicação Social foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (9), pela Secretaria de Comunicação Social (Secom).

A eleição será realizada no dia 17 de março, no Auditório da Casa Civil, situado na 3ª Avenida, nº 390, Centro Administrativo da Bahia (CAB), Subsolo, Salvador – Bahia, das 15h às 17h.

As entidades interessadas na candidatura deverão preencher o formulário eletrônico de Requerimento para Habilitação da Sociedade Civil, disponível neste link, a partir das 10h do dia 11/01/2021 até as 23h59 do dia 12/02/2021, de acordo com o horário de Brasília.

Podem se candidatar entidades com atuação no Estado da Bahia que desenvolvam ações enquadradas como representativas de um dos segmentos previstos no inciso III, do art. 41 da Lei Estadual nº 12.212/2011.

O mandato de cada conselheiro e seus respectivos suplentes não é remunerado e será de dois anos, permitida uma recondução por igual período. O exercício das atribuições dos membros titulares e suplentes é considerado atividade de relevante interesse público.

As atribuições dos conselheiros e suplentes estão descritas no Regimento Interno do Conselho de Comunicação Social da Bahia – aprovado pelo Decreto Estadual n. 14.117/2012 e disponível neste link.

Comissão eleitoral

Para a coordenação do processo eleitoral foi constituída uma comissão, composta por quatro integrantes do quadro da Secom, indicados pelo secretário de Comunicação Social, André Curvello, de acordo com a Portaria Secom nº 01/2021.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 2.777 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas e o número total de óbitos desde o início da pandemia é de 9.364

Sábado, 09 de Janeiro de 2021 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.777 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 2.339 recuperados (+0,5%). Dos 508.695 casos confirmados desde o início da pandemia, 493.064 já são considerados recuperados e 6.267 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,44%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (10.462,38), Muniz Ferreira (8.609,54), Conceição do Coité (8.520,99), Jucuruçu (8.152,53) e Pintadas (8.096,20).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 898.105 casos descartados e 123.632 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (8).

Na Bahia, 37.422 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completoclique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 31 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo.
A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.


O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 9.364, representando uma letalidade de 1,84%. Dentre os óbitos, 56,48% ocorreram no sexo masculino e 43,52% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,81% corresponderam a parda, seguidos por branca com 19,09%, preta com 14,64%, amarela com 0,66%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,67% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,79%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,53%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Secretário de Segurança de Rondônia visita Centro de Operações da BA

Sexta-feira, 08 de Janeiro de 2021 / Bahia

O subsecretário da SSP da Bahia, delegado Hélio Jorge, guiou o tour pelo prédio, apresentando as ferramentas tecnológicas.

O secretário de Segurança, Defesa e Cidadania do estado de Rondônia, coronel José Hélio Cysneiros Pachá, conheceu, na manhã desta sexta-feira (8), o Centro de Operações e Inteligência (COI) da SSP da Bahia. Entender o funcionamento da maior estrutura da América do Sul, na área de Segurança Pública, e os equipamentos tecnológicos utilizados foram os principais objetivos da visita técnica.

O subsecretário da SSP da Bahia, delegado Hélio Jorge, recepcionou Pachá, que estava acompanhado do coronel Elmo Costa, e guiou o tour pelo prédio operacional.

O espaço onde funcionam os sistemas de Reconhecimento Facial e de Placas Veiculares, além do serviço de 190 ganhou atenção especial dos visitantes. No local, o subsecretário da Bahia, Hélio Jorge, entregou cópias do Plano Estadual da SSP, com metas estabelecidas até o ano de 2025.

"Agradecemos a visita dos colegas de Rondônia e estamos à disposição para ajudar e também aprender. O crime organizado é interestadual e precisamos de integração entre os estados", destacou o subsecretário da Bahia, delegado Hélio Jorge.


Blogbraga/SSP-BA

Compartilhar no Whatsapp

Bahia confirma primeiro caso de reinfecção por coronavírus

Sexta-feira, 08 de Janeiro de 2021 / Bahia

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirma o primeiro caso de reinfecção por SARS-CoV-2, por meio de sequenciamento genético. Foi observada, na sequência genética do vírus presente no segundo episódio, a mutação E484K, que é uma mutação identificada originalmente na África do Sul. A paciente em questão, uma mulher de 45 anos residente em Salvador, contraiu a Covid-19 duas vezes em um intervalo acima de 90 dias, conforme laudos emitidos pelo Hospital São Rafael em maio e outubro de 2020.

Em 22 de dezembro de 2020, o Hospital São Rafael comunicou oficialmente a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) sobre o caso suspeito de reinfecção. A partir das análises das amostras sequenciadas pelo Núcleo de Vigilância Genômica em tempo real do SARS-CoV-2 no Brasil, do qual o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia faz parte, foram obtidas as seguintes conclusões:

1. As duas amostras agrupam-se em dois lados distintos e pertencem a duas sublinhagens diferentes: B.1.1.33 a amostra da primeira coleta e B.1.1.248 a amostra da segunda coleta;

2. Apresentam um perfil de mutações diferentes;

3. A identificação na amostra referente a segunda coleta (caso de reinfecção) da mutação encontrada na nova variante da África do Sul na proteína Spike localizada no RDB (E484K).

Para além do sequenciamento genético foram realizados outros exames, a exemplo da quantificação de anticorpos anti-SARS-CoV-2, coletados em momentos distintos do caso em questão.

Suspeita de reinfecção

Outros 118 casos suspeitos de reinfecção estão sendo investigados no estado da Bahia em pacientes com faixas etárias de 5 a mais de 80 anos. Deste total, há 82 notificações para o sexo feminino e 36 para o sexo masculino.


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Leilão do Detran-BA oferta veículos conservados e abre oportunidade para empresas de sucatas e autopeças

Sexta-feira, 08 de Janeiro de 2021 / Bahia

Foto: Elói Corrêa/ GOVBA

Além de carros e motos em bom estado, o primeiro leilão de 2021 do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) oferece lotes de sucatas para recondicionamento ou reciclagem, uma oportunidade de renda para aqueles que atuam no comércio de autopeças ou siderurgia e fundição.

O evento acontecerá na modalidade online através do site www.hastaleiloes.com.br, onde é possível conhecer o edital e dar lances. Os veículos em situação regular têm lances a partir de R$ 200, sucatas aproveitáveis a partir de R$ 100 e as sucatas para reciclagem serão ofertadas por peso.

A visitação pública acontece nas cidades de Teixeira de Freitas e Senhor do Bonfim, entre os dias 13 e 19 deste mês. Já o fechamento do leilão ocorre no dia 20 de janeiro, a partir das 09 horas.

Empresas interessadas em adquirir sucatas devem possuir o certificado de Registro para o Exercício da Atividade de Desmonte de Veículos Automotores, Comércio de Peças Usadas ou Reciclagem de sucatas, emitido após o credenciamento junto ao Detran-BA. Para solicitar este credenciamento, é preciso apresentar a documentação exigida no edital no setor de Protocolo do Detran-BA, ou no posto de atendimento do seu município, direcionado à Comissão da Central de Credenciamento (CCC) e preencher um requerimento específico.


Blogbraga/Fonte: Ascom/ Detran

Compartilhar no Whatsapp

Governador Rui Costa sanciona a revisão do PPA da Bahia

Sexta-feira, 08 de Janeiro de 2021 / Bahia

Foto: GOV BA

O Governador da Bahia, Rui Costa, sancionou, nesta sexta-feira (08), a Lei que dispõe sobre a revisão do Plano Plurianual (PPA 2020-2023). A Lei altera o PPA com adequações à realidade econômica e fiscal do estado, impactada pela Covid-19. Conta também com alterações de caráter técnico, buscando um aprimoramento metodológico, de transparência e integração das políticas. O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado. O texto foi aprovado na Assembleia Legislativa da Bahia na quarta-feira (6). O PPA tem como premissa básica priorizar as ações de governo que promovam o desenvolvimento regional com geração de renda e emprego para a população. 

O projeto de revisão foi apresentado pelo secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, em 13 de outubro, no plenário da Casa. “Não tem como fazer a economia reagir a esta pandemia global se não for através de iniciativas que estimulem o consumo das famílias e para isso ocorrer é necessário dar prioridade a projetos de estímulo ao setor produtivo, para dinamizar a economia, a exemplo do projeto Bahia Produtiva, que financia subprojetos de inclusão socioprodutiva e de abastecimento de água e saneamento domiciliar, de interesse e necessidades das comunidades de baixa renda da Bahia. Inclusive, temos trabalhado na integração das políticas públicas como forma de amplificar seus resultados, envolvendo as secretarias em projetos que se complementam para atender às demandas da população, principalmente, na geração de renda em todas as regiões do estado”, afirmou o secretário.

Na ocasião, Pinheiro citou destaques previstos para o próximo quadriênio nas mais diversas áreas. Na Saúde, a implantação de novas policlínicas e construção e ampliação de outras unidades; na Educação, a ampliação do atendimento educacional da rede estadual e ensino, incluindo a oferta do programa de Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (Emitec), ampliação do projeto escolas culturais e a oferta de, pelo menos, um curso da educação profissional em todas as escolas do estado.

Outra área prioritária é a Segurança Pública, com ampliação do número de bases comunitárias móveis e da rede de videomonitoramento. A ampliação da malha viária, a construção e recuperação de aeroportos, a expansão do acesso a energia elétrica na zona rural e da rede de distribuição de gás natural também constam no PPA, assim como a atração de investimentos na área de energias renováveis, dentre outros diversos projetos, programas e ações previstas.


Blogbraga/Assessoria de Comunicação Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Rui quer vacinação na Bahia em até 30 dias

Sexta-feira, 08 de Janeiro de 2021 / Bahia

Imagel Ilustrativa: Google

O governador Rui Costa disse, nesta quinta-feira (7), que a estimativa é iniciar a vacinação contra a Covid-19 na Bahia dentro de um prazo máximo de 30 dias.

“Já estamos preparados. Conseguimos fazer a aquisição das seringas e dos refrigeradores. Só estamos esperando a liberação da vacina para iniciar a imunização”, afirmou Rui, destacando que a prioridade serão os profissionais das áreas de saúde e da segurança, além dos mais vulneráveis, como os idosos. O governador fez o anúncio no município baiano de Presidente Tancredo Neves, onde entregou obras.

Em dezembro, o Governo do Estado comprou 19,8 milhões de seringas e agulhas. Ainda como parte do processo de preparação para vacinação, já foi concluída a licitação para compra de até 100 ultrarrefrigeradores capazes de armazenar vacinas a temperaturas inferiores a -70°C.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Bahia ultrapassa 500 mil casos da Covid-19 em 10 meses de pandemia e o número total de óbitos desde o início da pandemia é de 9.304

Quinta-feira, 07 de Janeiro de 2021 / Bahia

Nesta quarta-feira (6), a Bahia ultrapassou a marca de meio milhão de pessoas infectadas pelo coronavírus (Covid-19) em dez meses da pandemia. Somente nas últimas 24 horas, foram registrados 3.038 casos da Covid-19. Dos 502.938 casos confirmados, 488.294 já são considerados recuperados, 5.340 encontram-se ativos e 9.304 tiveram óbito confirmado. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,47%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram m Ibirataia (10.436,26), Muniz Ferreira (8.582,59), Conceição do Coité (8.498,47), Jucuruçu (8.152,53) e Pintadas (8.086,61).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 892.260 casos descartados e 123.193 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (6).

Na Bahia, 37.166 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completoclique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 28 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.


O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 9.304, representando uma letalidade de 1,85%. Dentre os óbitos, 56,53% ocorreram no sexo masculino e 43,47% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,79% corresponderam a parda, seguidos por branca com 19,07%, preta com 14,63%, amarela com 0,67%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,72% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,79%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,61%).

Vídeo:

http://www.saude.ba.gov.br/wp-content/uploads/2021/01/500mil_alta.mp4?_=1


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Em reunião com secretários da saúde do país, Anvisa se compromete em acelerar regulação de vacinas

Quinta-feira, 07 de Janeiro de 2021 / Bahia

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, participou, nesta quinta-feira (31) de uma reunião entre integrantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e direção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa. No encontro, foram discutidas estratégias para acelerar o processo de registro de vacinas para a Covid-19.

De acordo com Fábio Vilas-Boas, secretários de saúde de todo o país manifestaram preocupação por conta da demora em a Anvisa conceder os registros de emergência e definitivo para o emprego da vacina. “Mostramos a nossa preocupação em termos vacinas sendo produzidas no país e não podermos utilizar”, enfatizou Vilas-Boas.

O secretário da Saúde da Bahia apontou que os representantes da Anvisa deixaram um compromisso de viabilizar a retirada de todas as barreiras que forem possíveis para tornar esse processo regulatório mais acelerado.

Vídeo:

http://www.saude.ba.gov.br/wp-content/uploads/2020/12/Sonora-Fabio-Vilas-Boas-Reuniao-31.12.2020.mp4?_=1


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Defensoria Pública pede apoio ao presidente Nelson Leal para ampliação de orçamento

Quinta-feira, 07 de Janeiro de 2021 / Bahia

Apesar de economia de R$ 40 milhões, órgão depende de mais R$ 13 milhões para fechar as contas

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia - ALBA, deputado estadual Nelson Leal recebeu hoje (6.01) a visita do Defensor Público em exercício, Pedro Casali Bahia, que busca mecanismos para a ampliação do orçamento do órgão para o exercício 2021. A reunião aconteceu no gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa, contando com as presenças dos deputados Vítor Bonfim (PL), Niltinho (PP) e Jurandy Oliveira (PP) e do assessor especial da Defensoria Pública Alvaro Gomes, ex-deputado estadual.

Depois de manifestar o seu apreço pessoal à Defensoria, que presta um serviço essencial aos baianos preservando direitos constitucionais dos cidadãos, que sem o apoio e amparo do órgão não seriam respeitados, o presidente Nelson Leal, explicou o rito regimental da tramitação da proposta orçamentária, que em primeiro turno, já tivera o parecer do relator Diego Coronel (PSD) aprovado no âmbito das comissões técnicas. 

“A Defensoria Pública precisa estabelecer uma negociação política com o Executivo para viabilizar a ampliação do valor proposto. Qualquer modificação terá de indicar de qual fonte serão retirados os recursos adicionais pleiteados pelos defensores – o que passa pelas secretarias do Planejamento e da Casa Civil”, explica Leal. 

Pedro Casali Bahia alegou que, em 2020, foi possível economizar cerca de R$40 milhões, mas, ainda assim, haveria necessidade de suplementação de outros R$13 milhões, que não ocorreu, o que adiou o pagamento dos salários no órgão para o último dia quatro. Essa quantia foi antecipada do orçamento desse ano, que não fechará sem a suplementação pretendida.


Blogbraga/ALBA - Assessoria da Presidência

Compartilhar no Whatsapp

Turista é resgatado pelo Corpo de Bombeiros de Tanquinho de Lençóis/BA

Quarta-feira, 06 de Janeiro de 2021 / Bahia

A Equipe do 2° SGBM de Tanquinho de Lençóis, atendeu uma ocorrência com vítima na Cachoeira do Mosquito, na última terça-feira (05).

De acordo informações, um turista escorregou e possivelmente fraturou o cóccix (osso remanescente da cauda dos embriões na base da coluna).

A vítima foi socorrida pela equipe e encaminhada para o Hospital Municipal de Lençóis.


Blogbraga/CBMBA

Compartilhar no Whatsapp

AUXÍLIO EMERGENCIAL: 3,4 MILHÕES DE BENEFICIÁRIOS DOS CICLOS 5 E 6 PODEM SACAR ATÉ R$ 2,3 BI A PARTIR DESTA QUARTA (06/01)

Quarta-feira, 06 de Janeiro de 2021 / Bahia

Ainda é possível movimentar o saldo pelo Aplicativo CAIXA Tem

A partir desta quarta-feira (06/01), cerca de 3,4 milhões de beneficiários do Auxílio Emergencial e do Auxílio Emergencial Extensão nascidos em abril podem sacar ou transferir os recursos da Poupança Social Digital. Foram creditados R$ 2,3 bilhões para esses públicos nos ciclos 5 e 6 de pagamentos do Auxílio Emergencial.

Desse total, R$ 2,1 bilhões são referentes às parcelas do Auxílio Emergencial Extensão e o restante, R$ 200 milhões, às parcelas do Auxílio Emergencial.

Como realizar o saque em espécie:

É preciso fazer o login no App CAIXA Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. O código deve ser utilizado nos caixas eletrônicos da CAIXA, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes CAIXA Aqui.

Atendimento:

Os saques em dinheiro podem ser feitos nas Lotéricas, Correspondentes CAIXA AQUI ou mesmo nas agências.

Continua disponível aos beneficiários a opção de utilização dos recursos creditados na Poupança Social Digital para a realização de compras, por meio do cartão de débito virtual e QR Code, pagamento de boletos, contas de água, luz, telefone, entre outros serviços. Com o aplicativo CAIXA Tem, também está disponível a funcionalidade para pagamentos sem cartão nas cerca de 13 mil unidades lotéricas do banco.

Saiba mais: Confira no site da CAIXA alguns tutoriais de como receber e movimentar o Auxílio Emergencial no aplicativo CAIXA Tem:

http://www.caixa.gov.br/auxilio/tutoriais/Paginas/default.aspx


Blogbraga/Assessoria de Imprensa da CAIXA

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 3.077 novos casos da Covid-19 nas últimas 24 horas e o número total de óbitos desde o início da pandemia é de 9.276

Quarta-feira, 06 de Janeiro de 2021 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.077 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 2.701 recuperados (+0,6%). Dos 499.900 casos confirmados desde o início da pandemia, 485.976 já são considerados recuperados e 4.648 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,46%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (10.357,89), Muniz Ferreira (8.582,59), Conceição do Coité (8.471,45), Jucuruçu (8.152,53) e Pintadas (8.067,45).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 888.816 casos descartados e 123.006 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (05).

Na Bahia, 37.044 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 30 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 9.276, representando uma letalidade de 1,86%. Dentre os óbitos, 56,46% ocorreram no sexo masculino e 43,54% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,80% corresponderam a parda, seguidos por branca com 19,02%, preta com 14,64%, amarela com 0,67%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,75% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,78%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,61%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

PRF encerra Operação Ano Novo e apresenta balanço dos cinco dias de atividades nas estradas baianas

Quarta-feira, 06 de Janeiro de 2021 / Bahia

 

A pressa fez muita gente ultrapassar de forma proibida. Foram registradas 1.184 ultrapassagens irregulares durante o feriado prolongado, representando quase dez flagrantes por hora de operação.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia finalizou, às 23h59 deste domingo (03), a Operação Ano Novo. Iniciada na última quarta-feira (30/12), a PRF intensificou a fiscalização e os esforços foram voltados à segurança viária, prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito e à garantia da mobilidade nas rodovias do país.

Durante os cinco dias da operação, a PRF na Bahia contou com reforço nas equipes e concentrou seu efetivo ao longo dos principais pontos de acidentalidade e incidência de práticas criminosas.

Para isso, foram intensificadas rondas ostensivas nas rodovias com o posicionamento estratégico das viaturas, a fim de promover aos usuários das rodovias federais uma maior sensação de segurança e fluidez do trânsito.

A Operação Ano Novo está inserida entre as ações da décima edição da Operação Rodovida, que tem como premissa básica a integração entre os diversos órgãos públicos da União, Estados e Municípios com o intuito de somar forças no enfrentamento à violência no trânsito e na redução dos custos sociais decorrentes. A ideia é sensibilizar cada um dos atores do trânsito a respeito do seu papel, das suas obrigações e os cuidados necessários para proteger a vida.

Segurança viária

Neste feriado prolongado, as atividades desenvolvidas pela instituição foram focadas principalmente os relacionados as condutas de ultrapassagens proibidas, à embriaguez ao volante, controle de velocidade, ao não uso do cinto de segurança e demais dispositivos de retenção obrigatórios, ao uso do celular ao volante, condições de conservação dos veículos, ao transporte de carga e trânsito irregular de motocicletas e ciclomotores.

Durante as abordagens, os policiais buscaram conscientizar motoristas e passageiros a respeito de condutas prudentes no trânsito, como por exemplo, a importância do uso do cinto de segurança, da acomodação correta das bagagens, do bom estado de conservação e regularização do veículo e, claro, da obediência às leis de trânsito.

Apesar de todo o trabalho educativo, muitas pessoas se arriscaram e colocaram a vida de outras pessoas também em risco. Nestes cinco dias de Operação a PRF autuou 3.271 condutores cometendo infrações diversas.

Foram fiscalizados um total de 7.256 veículos e 6.800 pessoas no período da operação, nos cerca de dez mil quilômetros de rodovias federais da circunscrição da PRF na Bahia.

A pressa também fez muita gente ultrapassar de forma proibida. De 30/12 a 03/01 foram 1.184 autos extraídos desse tipo de infração. Esse tipo de ultrapassagem é responsável pela maioria dos acidentes do tipo colisão frontal, onde o motorista não consegue efetuar em tempo a manobra de ultrapassagem ou força a ultrapassagem, colidindo frontalmente com o veículo que está trafegando no sentido contrário.

Durante as abordagens, foram realizados 212 testes com etilômetro (aparelho utilizado para aferir a quantidade de álcool ingerido pelo condutor, conhecido popularmente como bafômetro), o que resultou no flagrante de 30 motoristas que assumiram o volante depois de consumir bebida alcoólica. O artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro prevê multa gravíssima, multa de R$ 2.934,70, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. O valor da multa dobra se o caso for de reincidência nos últimos doze meses.

O uso dos equipamentos de segurança obrigatórios também estiveram no foco das fiscalizações. A PRF também emitiu 75 autos de infração para motociclistas ou passageiro sem capacete. Perigo também geraram os 7 motoristas que usavam o celular enquanto dirigiam, o que gera distração e risco de acidentes. Obrigatório não só para o motorista, mas também para todos os ocupantes do veículo, o cinto de segurança, ou melhor, o não uso dele gerou mais de 219 autuações. Quando o alvo das fiscalizações foi a criança sem cadeirinha, 33 autos foram emitidos.

O fato de o motociclista não usar o capacete ou pessoas não usarem cinto de segurança em automóveis é determinante na gravidade dos acidentes.

No total, 127 veículos foram recolhidos ao pátio da PRF, por diferentes irregularidades seja na documentação, ou no estado de conservação e até ausência equipamentos obrigatório.

Foram também retiradas de circulação quase 60 toneladas de excesso de peso das rodovias. O peso acima do permitido sobrecarrega os sistemas de suspensão e freios, oferecendo riscos ao motorista e aos usuários da rodovia, e ainda danifica o pavimento asfáltico.

Acidentes, feridos e óbitos

O balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) quanto à violência no trânsito nas rodovias federais acende um sinal de alerta para a necessidade de mais prudência e educação por parte de todos.

A PRF alerta aos motoristas que obedecer às normas de trânsito, contribui para um trânsito mais seguro. A redução da violência nas rodovias federais depende da participação de todos.

Este ano, durante os cinco dias da Operação Ano Novo a PRF na Bahia registrou um total de 55 acidentes. Destes, 21 foram acidentes graves, quando resultam em, pelo menos, um óbito ou ferido gravemente. De quarta-feira (30/12) até às 23h59 de domingo (03/01), 06 pessoas perderam a vida durante os cinco dias nas estradas baianas. Já o número de feridos totalizou 59 pessoas.

 

Operação Ano Novo -

2019 (5 dias operação) – Período: 30/12/20 a 03/01/2021

Acidentes totais

55

Acidentes graves

21

Feridos

59

Óbitos

06

Fonte: Polícia Rodoviária Federal - PRF

Enfrentamento a criminalidade

 Durante os cinco dias da operação, a PRF na Bahia recuperou 07 veículos e 10 pessoas foram detidas por diversos crimes.

É a Polícia Rodoviária Federal, reiterando mais uma vez sua missão de promover a prosperidade da Nação garantindo a segurança pública e a mobilidade no Brasil.  


Blogbraga/PRF

Compartilhar no Whatsapp

Balanço registra aumento de quase 300% de pistolas apreendidas nas estradas federais da Bahia em 2020

Quarta-feira, 06 de Janeiro de 2021 / Bahia

No que tange às munições, houve um acréscimo de 339% na apreensão desse material bélico: em 2020, foram 5.918 unidades apreendidas, já em 2019, registrou-se 1.347 unidades. Destaca-se também a grande quantidade de ‘bananas’ de dinamite retiradas de circulação que seriam utilizadas a assalto a carro forte de valores.

O volume de armas de fogo apreendidas pelos policiais rodoviários federais, na Bahia, no ano passado saltaram de 112 unidades em 2019 para 189 em 2020. Deste total, 117 foram pistolas. O número de revólveres apreendidos atingiu 49 unidades. Ainda foram retiradas de circulação 5.918 munições de diversos calibres.

Os números apresentados em 2020 representam um aumento de 290% de pistolas e de 339% na apreensão de munições, quando comparados a 2019.

Durante às abordagens também foram apreendidos 06 fuzis; 05 espingardas e 01 sub-metralhadora.

Merece destaque também a apreensão de centenas de ‘bananas’ de dinamites que seriam utilizados a assalto a carro forte de valores. As ações aconteceram em Senhor do Bonfim e Ibotirama. Além dos explosivos, foram apreendidos pavis detonantes; espoletas e apetrechos que são utilizados na detonação de material explosivo.

Principais ocorrências

25 de novembro 2020 -

Foram apreendidos 13 pistolas, 16 carregadores e 1.600 munições 9mm que estavam escondidos no painel de um veículo.

A ocorrência teve início após PRF receber denúncia de que um veículo estaria transportando um suposto ilícito, e que trafegava na BR 101, nas imediações do município baiano de Santo Antônio de Jesus.

Prontamente, a equipe empreendeu diligências na rodovia no intuito de averiguar a situação, mas não localizaram o veículo.

Suspeitando que ele poderia ter seguido sentido Ferryboat com destino a Salvador(BA), os policiais acionaram equipes na capital baiana, que prontamente conseguiram localizar o veículo no desembarque do Ferryboat, realizando a abordagem e localizando as armas em compartimento oculto do painel do carro.

23 de novembro 2020 – BR 116 – Vitória da Conquista

Foram apreendidos dois fuzis calibre 556 e 23 pistolas calibre 9mm durante fiscalização na BR-116, em Vitória da Conquista/BA. O arsenal estava sendo transportado por um homem de 32 anos, que seguia viagem em um ônibus que saiu de São Paulo com destino a Serrinha/BA.

Após verificação do compartimento de bagagens, os policiais rodoviários iniciaram a fiscalização dos passageiros, quando foi encontrado, dentro de duas malas, dois fuzis desmontados, embrulhados junto com seis carregadores, cada um com capacidade para 30 munições 556. O armamento é de fabricação norte americana. As 23 pistolas estavam envoltas em sacos de lixo e fitas adesivas, acompanhadas de 27 carregadores com prolongador, cada um com capacidade para pelo menos 21 munições. 43 carregadores convencionais, com capacidade para 19 munições também foram encontrados. As armas foram produzidas na Croácia.

O passageiro que transportava o arsenal embarcou na cidade de Vitória da Conquista e disse que tinha como destino final a cidade de Nova Soure/BA.

01 de março 2020 – BR 116 – Vitória da Conquista

Os policiais realizavam fiscalização de combate à criminalidade no Km 815 da BR 116, quando foi dada ordem de parada a uma carreta Iveco/Stralishd com placas do Paraná, conduzido por um homem de 33 anos.

Durante a entrevista, os PRFs perceberam um certo nervosismo por parte do motorista, como também respostas desencontradas em relação ao destino e motivo da viagem, o que levou a equipe a aprofundar a fiscalização e acabou descobrindo a carga ilícita na cabine do caminhão.

Foram apreendidas 36 pistolas de calibre 9 milímetros, 2.000 munições do mesmo calibre, 74 carregadores. Do total de armas apreendidas, 34 são de fabricação checa. As outras duas, de origem croata.

O homem preso, que declarou ser comerciante, disse aos agentes da PRF que recebeu a carga ilícita na cidade paranaense de Medianeira. O destino final era a cidade de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo Baiano. Informou ainda que receberia 10.000 reais pelo transporte das mercadorias.

Sucesso no enfrentamento à criminalidade

A PRF apertou o cerco ao crime organizado e alguns fatores contribuíram para esses resultados como ao apostar na estratégia de orientar o policiamento com informações de inteligência policial, bem como investir em tecnologia da comunicação, o que tornou as ações de abordagens nas estradas mais assertivas.

Assim, como inovação, capacitação,‘expertise’ dos policiais e ações integradas com outras forças policiais, têm se mostrado um diferencial no enfrentamento ao crime dentro e fora das Brs.

As incursões ‘estrangularam’ a estrutura logística e financeira do crime e causaram um prejuízo milionário no movimento das associações criminosas, que integra o meio aéreo e o portuário – marítimo e fluvial- convergindo para as rodovias do país.

Para acessar os vídeos das apreensões, acesse os links:

https://www.youtube.com/watch?v=gJAIwM9-9sU

https://www.youtube.com/watch?v=4p-lf6sN-sM

https://www.youtube.com/watch?v=U46QJtNoqms

https://www.youtube.com/watch?v=EkPT1MRaLoc

https://youtu.be/ahpa0qxHa0s


Blogbraga/PRF

Compartilhar no Whatsapp

MAIS 22 CIDADES BAIANAS RECEBEM TECNOLOGIA QUE RESTABELECE ENERGIA EM 60 SEGUNDOS

Terça-feira, 05 de Janeiro de 2021 / Bahia

Self-Healing possibilita cerca de 99% de aproveitamento de tempo para  restabelecimento de interrupções e 78 municípios baianos já contam com tecnologia 

A Coelba segue com o plano de implantação do sistema Self-Healing,  tecnologia moderna de automação de redes, que, a partir de religadores instalados em pontos estratégicos da rede de distribuição, permite recompor o fornecimento de energia em apenas 60 segundos. O sistema desenvolvido pela própria concessionária já atendia 56 municípios baianos e, entre os meses de agosto e dezembro, foi instalado em mais 22 cidades baianas e ampliado em vários  bairros de Salvador. 

Entre as cidades que receberam o sistema recentemente estão Andaraí, Uauá, Ribeira do Pombal, Itiúba, Senhor do Bonfim, Salvador, Campo Formoso, Ourolândia, Jacobina, Cícero Dantas, Amargosa, Ilhéus, Caldeirão Grande, Dias D’Ávila e Riachão das Neves. São mais de 59 equipamentos com a tecnologia instalados na rede elétrica dos 22 municípios, nos últimos cinco meses, e ligados diretamente com o Centro de Operações Integradas (COI) da distribuidora.

A tecnologia recompõe o fornecimento de energia elétrica automaticamente, no menor tempo possível. Quando uma árvore cai em cima da rede elétrica, por exemplo, e interrompe o fornecimento de energia, o sistema já identifica o ponto onde houve a interrupção, isola somente a área afetada e recompõe o fornecimento de energia automaticamente a todos os demais clientes impactados. Um restabelecimento que antes poderia levar cerca de uma hora e meia – entre identificação e religamento por uma equipe técnica - agora, pode levar apenas 60 segundos para ser concluído. 

A ampliação da instalação do Self Healing na rede de distribuição reforça o compromisso da empresa com a qualidade do fornecimento de energia elétrica. Neste ano, a Coelba seguiu fornecendo energia dentro dos parâmetros de qualidade determinados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O projeto faz parte das iniciativas da Coelba para adequação ao conceito de Smart Grids (redes inteligentes), nova tendência mundial na distribuição de energia elétrica.  


Blogbraga/Coelba

Compartilhar no Whatsapp

Xique-Xique: Centro de recursos pesqueiros e aquicultura da Codevasf na Bahia revitaliza São Francisco com 1,9 milhão de peixes

Terça-feira, 05 de Janeiro de 2021 / Bahia

Cerca de 1,9 milhão de alevinos produzidos pelo Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique foram utilizados em ações de repovoamento do rio São Francisco e de seus afluentes e de fomento à piscicultura como atividade produtiva no ano de 2020. Esses e outros dados integram o balanço das atividades do centro de recursos pesqueiros e aquicultura da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), que realiza pesquisa e produção para ações de revitalização da bacia do São Francisco na Bahia.

Segundo o chefe do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique, Antônio do Nascimento, a produção de alevinos da unidade visa atender às ações da Codevasf de repovoamento do rio São Francisco com espécies nativas e ainda promover o apoio à produção de piscicultores da região, que recebem e cultivam os peixes com fins comerciais.

“Essas ações são de elevada importância não só para o meio ambiente, como também para ajudar a manter o modo de vida das comunidades e a cultura local, que tradicionalmente está totalmente ligada à pesca. O peixe é a principal fonte de consumo de proteína animal. Por vezes, sendo a única. A ictiofauna do São Francisco é um recurso imensurável para população que dela depende. Por isso, a redução dos estoques impacta diretamente o modo de vida do ribeirinho”, disse o chefe do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura.

Um dos beneficiados pelo trabalho de pesquisa e produção em aquicultura e recursos pesqueiros da Codevasf comemora o resultado das ações de revitalização da bacia hidrográfica do rio São Francisco na Bahia.

“Quero agradecer à Codevasf pela disponibilização de alevinos para os nossos produtores de tilápia e tambaqui e, por sermos ribeirinhos, também pela realização de peixamentos que servem para revitalização do rio São Francisco. Isso é muito importante para piscicultores e pescadores da região, que atuam tanto em criatórios, como no rio São Francisco. Muitos vivem da pesca artesanal ou em tanques escavados”, afirmou Claudemir Pereira, presidente da Associação de Palmas e Passos, do município de Serra do Ramalho.

No ano de 2020, foram 4.413 beneficiados diretamente por essas ações do Centro, além de 59 associações atendidas. Os municípios baianos beneficiados foram: América Dourada, Barra, Barro Alto, Bom Jesus da Lapa, Brotas de Macaúbas, Cafarnaum, Central, Ibipeba, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Ipupiara, Irecê, Itaguaçu, João Dourado, Jussara, Lapão, Lençóis, Mansidão, Matina, Morpará, Paratinga, Presidente Dutra, São Gabriel, Serra do Ramalho, Sítio do Mato, Uibai e Xique-Xique. O município de Júlio Borges, no Piauí, também foi contemplado com as ações.

“É importante ressaltar que, além da equipe do Centro de Recursos Pesqueiros, o sucesso desse trabalho tão importante para a região é fruto dos esforços coletivos de toda a 2ª Superintendência Regional da Codevasf, por meio da Gerência Regional de Revitalização e da Unidade de Desenvolvimento Territorial da 2ª SR”, finalizou Antônio Nascimento.

Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique

O Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique, criado em 2009, passou por uma reforma completa acompanhada de ampliação, que foi iniciada em 2016 e concluída em 2017, com o objetivo de reforçar o desenvolvimento da piscicultura no semiárido da Bahia. As obras modernizaram o centro de aquicultura, permitindo o aumento da capacidade de produção de alevinos, além da ampliação do número de espécies cultivadas. Ao todo, foram investidos à época cerca de R$ 3,9 milhões na reforma.

Hoje o centro conta com o prédio da administração devidamente reformado e ampliado. Um prédio anexo, que não existia antes, abriga um moderno laboratório e uma sala de aula. São 57 tanques, incluindo o tanque pulmão, sendo 24 desses construídos após a ampliação. O local conta ainda com auditório, dois alojamentos, depósito de ração, estação de reuso, garagem e portaria. A sede do centro, que conta com uma área total de 10 hectares, é o povoado de Nova Iguira, no município de Xique-Xique.

Com isso, foi possível ampliar significativamente a produção de alevinos da unidade, passando de 600 mil no ano de 2016 para 1,9 milhão em 2020. A reforma também propiciou o aumento do número de espécies trabalhadas, passando de três para cinco, podendo aumentar para seis em
2021.

A Codevasf possui outros cinco centros integrados de recursos pesqueiros e aquicultura, que também realizam algumas atividades como o desenvolvimento de pesquisas e tecnologias de reprodução, larvicultura e alevinagem de espécies de peixes nativas, produção de alevinos para o repovoamento de mananciais, ações de educação ambiental, capacitação em piscicultura apoio a projetos instalados em municípios da região, monitoramento da qualidade da água e apoio a fiscalização ambiental.


Blogbraga/Codevasf

Compartilhar no Whatsapp

Bahia se consolida na liderança da geração de energia eólica e solar no país

Terça-feira, 05 de Janeiro de 2021 / Bahia

A Bahia se manteve líder na geração de energia elétrica a partir das fontes eólica e solar no país em 2020. Pelo segundo ano consecutivo, o território baiano ocupa a primeira posição do ranking nacional na produção em ambas as fontes renováveis. O trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Governo do Estado, através das Secretarias de Infraestrutura (Seinfra) e de Desenvolvimento Econômico (SDE), para a atração de investimentos contribui na consolidação do resultado.

Na fonte eólica, o estado gerou 12.590,21 GWh de janeiro a setembro de 2020, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). O início das atividades de 17 novos parques neste ano ajudaram na permanência do primeiro lugar na produção energética a partir da fonte dos ventos no Brasil. Os empreendimentos que entraram em funcionamento foram Caititu 2 e 3, Carcará, Casa Nova A, Corrupião 3, Serra do Fogo, Serra do Vento e Ventos de São Januário 01, 03, 04, 05, 06, 13, 14, 20, 21 e 22 localizados em Pindaí, Casa Nova, Sento Sé e Campo Formoso, respectivamente. Chegando a um total de 182 parques em operação comercial distribuídos por 20 municípios.

A liderança na geração solar nacional também continua com a Bahia. A produção estadual de energia elétrica a partir da fonte fotovoltaica foi de 1.376,72 GWh entre os meses de janeiro e setembro deste ano, de acordo com o ONS. Atualmente, 32 empreendimentos fotovoltaicos se encontram em funcionamento divididos entre oito cidades e colaborando para a manutenção do estado como líder na classificação. Em 2020, a usina solar do Aeroporto de Salvador entrou em atividade no mês de agosto e com a capacidade instalada de 3,3 MW.

Juntas, a energia elétrica produzida a partir das fontes eólica e solar no estado tem a capacidade de atendimento para 13,5 milhões de residências. A força e a velocidade dos ventos e a incidência do sol em regiões a exemplo do Sertão do São Francisco, do Sertão Produtivo, da Bacia do Rio Corrente e do Velho Chico aliada a estrutura das linhas de transmissão tem papel determinante para o desenvolvimento energético baiano, já apontada nos Atlas Eólico (2013) e Solar (2018) da Bahia. Nos últimos nove anos, o investimento total foi de R$ 21, 8 bilhões realizado pelas empresas do setor nos empreendimentos em atividade.

Novos parques estão sendo instalados e deverão funcionar em breve no território baiano. “Até 2025, a previsão é que 130 parques eólicos e 57 empreendimentos solares entrem em operação comercial. Isso reforça ainda mais a preocupação que o Governo da Bahia tem com relação à utilização da energia limpa e sustentável pensando no futuro da população. Hoje, aproximadamente 90% da capacidade instalada de energia elétrica no estado vem de fontes renováveis”, ressalta Marcus Cavalcanti, secretário de Infraestrutura.

“A Bahia receberá novas linhas de transmissão de energia elétrica, uma delas, do Grupo Neoenergia, terá 1 mil km de extensão, com prazo máximo de 60 meses para estarem prontas e expectativa de gerar mais de 4 mil empregos diretos na construção. As linhas de transmissão vão passar por 27 municípios, a exemplo de Morro do Chapéu, Poções e Medeiros Neto. Teremos também investimentos de R$ 13 bilhões na construção dos novos parques eólicos, que devem gerar 56 mil empregos diretos e indiretos. Já as novas usinas de energia solar estimam investir mais de R$ 8 bilhões e criar 27,5 mil postos de trabalho diretos. Ambos até 2025”, destaca o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico.

Geração Distribuída

A possibilidade de poder produzir a própria energia e ainda pagar mais barato na conta de luz fez com que a Geração Distribuída a partir da fonte solar pudesse crescer 118% na Bahia na comparação de 2019 com janeiro a novembro de 2020. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a potência instalada aumentou de 63,32 MW para 138,3 MW no período em análise. O estado tem a segunda maior capacidade instalada da Geração Distribuída do Nordeste, atrás apenas do Ceará com 145,6 MW.


Blogbraga/Ascom/SDE

Compartilhar no Whatsapp

Setor de Pescados prevê investimentos de R$ 214,6 milhões em unidades industriais na Bahia

Terça-feira, 05 de Janeiro de 2021 / Bahia

Fotos: Prime

De água doce a salgada, a Bahia tem uma das mais produtivas águas costeiras do Brasil. Prova disto, o setor pesqueiro pretende investir até R$ 214,6 milhões em três empresas que serão instaladas no estado e, juntas, devem gerar 1,3 mil empregos diretos e indiretos. O segmento incentivado pelo Governo do Estado também é responsável pelo aporte de R$ 19,7 milhões de investimentos em outras quatros unidades industriais já implantadas em municípios baianos, e que geram 468 empregos. Os números são da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), que acompanha os empreendimentos.  

"Em 2020, uma das áreas que mais se desenvolveu na Bahia foi a de produção industrial. O setor de pescados é importante para a economia das regiões, pois ao mesmo tempo em que promove empregos, movimenta a receita do Estado. Ao produzir peixes na Bahia, o setor incentiva pequenos e grandes agricultores regionais", destaca o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico. 

Com o volume de R$ 200 milhões, a unidade da Ocean Grown Brazil Criação de Peixes e Crustáceos, que está sendo implantada no município de Ilhéus, terá a produção voltada para peixe inteiro, peixe sem cabeça, vísceras e filé de peixe. Com a instalação, a unidade irá criar 75 empregos nos primeiros 5 anos de operação e a capacidade de produção será por volta de 4,2 mil toneladas por ano. O beneficiamento do produto poderá ser realizado sob encomenda ou através de prestação de serviço por terceiros, exclusivamente na Bahia.  

A Peixaria Brasil, em implantação em Lauro de Freitas, prevê aporte de R$ 12,6 milhões, geração de 100 postos de trabalho e iniciar a operação no segundo semestre de 2021. Em Feira de Santana, a Porto Frio Comércio e Armazenagem está investindo R$ 2 milhões na implantação de uma unidade de peixes congelados e deve gerar 76 empregos. A previsão de iniciar a produção é até 2025. 

Empresas implantadas  

Há 8 anos na Bahia, a Prime Seafoofd possui uma unidade industrial no município de Alcobaça, onde investiu R$ 13,5 milhões em novas câmaras de armazenamento congelado, novos túneis de congelamento, equipamentos para processamento, aquisição de terrenos e reformas das câmaras. Atualmente, a empresa gera cerca de 182 empregos diretos. A indústria tem duplicado a sua capacidade instalada, que é de 4,5 milhões de kg por ano, modernizando a área industrial de congelamento e processamento de atum. 

De acordo com o diretor executivo da Prime, Eduardo Lobo Naslavsky, a empresa exporta cerca de 95% de sua produção para os Estados Unidos e para a Ásia. E revela ter o interesse em construir uma fábrica de conserva para enlatar o pescado do litoral baiano e vender no mercado interno e nas redes de supermercados. Também revela ter o interesse na construção de uma grande fábrica de ração para o cultivo de pescados, bem como uma fábrica de farinha de peixe. São projetos que, segundo o presidente da grupo, devem serem concretizados nos próximos quatros anos. 

"A Prime Seafood se tornou não só uma das maiores empresas de processamento de pescados para exportação da Bahia, como também a maior empresa de exportação do ramo no Brasil, com o apoio maciço do Governo da Bahia, que nos deu coragem para investir cada vez mais. A indústria tem um papel relevante na melhoria do IDH de toda a região que compete entre Caravelas, Alcobaça e Prado. Hoje, a Bahia tem uma grande empresa de processamento de pescados, que coloca a marca Prime Seafood não só no mercado americano, como no mercado Asiático", diz Naslavsky.  

Com o investimento de R$ 1,2 milhão para a instalação da unidade, 12 containers de pele de tilápia, quatro containers de escama exportados para o Japão e a China, a Agrofish Brasil, que já está em fase de operação industrial em Paulo Afonso, gera 258 postos de trabalho, com a estimativa de promover mais 80 até o segundo semestre de 2021, além de gerar 1,2 mil empregos indiretos. A produção de filé de tilápia resfriado e congelado, carne moída de tilápia, camarão sem cabeça e descascado, farinha, óleo, pele e escama de tilápia e de bacalhau é vendida para todo o Brasil. A capacidade de produção prevista é de até 7 mil toneladas de peixe gordo (2,1 mil ton de filé) para os dois primeiros anos e tem a previsão de um aumento para 9,6 mil ton/ano para 2023.  

"A implantação da Agrofish, na Bahia, foi por questões estratégicas, como cultivo nas águas do Rio São Francisco, de forma sustentável e boa disponibilidade da mão de obra. Além disso,  a localização no centro dos principais mercados consumidores (Nordeste e Sudeste), os atrativos fiscais do Estado, a agilidade nos processos governamentais e a proximidade do Porto e aeroporto de  Salvador e de Paulo Afonso também contribuíram para "decisão", explica o presidente da empresa, Emerson Barbosa, a razão por ter escolhido a Bahia para fazer o investimento. 

Outras empresas do setor em implantadas no estado são a Pescados Brasil, com investimentos de R$ 2,5 milhões no município de Jaguaripe, e a Lago Dourado, em Cabaceiras do Paraguaçu, que investiu também R$ 2,5 milhões em sua unidade industrial. 


Blogbraga/Ascom/SDE

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Embasa prorroga até dia 29 de janeiro condições especiais para quitação de débitos

Terça-feira, 05 de Janeiro de 2021 / Bahia

A Embasa prorrogou até o dia 29 de janeiro as condições especiais de pagamento de contas atrasadas para os usuários de seus serviços, a exemplo de prazo para pagamento da entrada, anistia de multa e juros, entre outras facilidades. 

“Esta campanha foi pensada para contemplar os usuários dos serviços da Embasa que querem por em dia suas contas atrasadas e precisam de um apoio, pois estão reerguendo suas finanças aos poucos”, explica Thalita Vieira, gerente comercial da empresa.  “A pandemia do novo coronavírus ainda está afetando muitas famílias e alguns setores do comércio devido às perdas financeiras provocadas pelos vários meses de isolamento social, em 2020, e pela desaceleração da atividade econômica no chamado novo normal”.    

Condições especiais – As condições especiais de pagamento podem ser simuladas na Agência Virtual Embasa com acesso via web ou por aplicativo ou pelo teleatendimento (0800 0555 195). “Esses canais permitem que o usuário ache a oferta que melhor se adeque à sua condição econômica com segurança e comodidade”, explica Vieira. 

Para quem preferir atendimento presencial, os postos da Embasa na rede SAC estão funcionando em todo o estado através de agendamento. Além das várias opções de acesso a atendimento e simulação do pagamento facilitado de contas atrasadas, os usuários dos serviços da Embasa ainda podem fazer o pagamento da conta por cartão de crédito ou cartão Elo Caixa do Auxílio Emergencial. 

A simulação do pagamento na Agência Virtual Embasa permite que cada usuário com débito conheça as facilidades oferecidas e organize, de acordo com sua conveniência e capacidade de pagamento, a melhor forma de quitar suas contas atrasadas.  

Para escolher a melhor forma de pagar o débito, basta o responsável pela matrícula acessar um canal de atendimento da Embasa e ter em mãos seu RG e CPF. Caso seja preciso realizar a atualização ou alteração da titularidade, é necessário apresentar também um comprovante de vínculo com o imóvel (escritura, compra e venda, contrato de aluguel, carnê do IPTU, conta da Coelba, etc). 


Blogbraga/Assessoria de Comunicação da Embasa Unidade Regional de Barreiras (UNB)

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Decreto que proíbe shows e aulas na Bahia é prorrogado até 15 de janeiro

Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2021 / Bahia

O Governo do Estado prorrogou o decreto que suspende as aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada e os shows em toda a Bahia. A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (5) e vale até o dia 15 de janeiro de 2021.

O decreto, que venceria nesta segunda (4), ainda proíbe a realização de atividades com público superior a 200 pessoas, como passeatas, feiras, circos, eventos científicos, desportivos e religiosos. Shows e festas, públicas ou privadas, seguem proibidos independentemente do número de participantes.

Cerimônias de casamento e solenidades de formatura podem ser realizadas desde que limitadas a até 200 pessoas. A parte festiva desses eventos não está permitida.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Estudantes poderão requerer aproveitamento de estudos para conclusão do Ensino Médio

Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2021 / Bahia

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) publicou a Portaria n° 985/2020, que dispõe sobre as regras de aproveitamento de estudos para os concluintes do Ensino Médio de 2020, em todas as ofertas e modalidades integrantes do Sistema Estadual de Ensino da Bahia. Nos termos da Portaria, será possível requerer o aproveitamento de estudos a partir dos resultados obtidos nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM); do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA); nos exames de certificação aplicados pela Comissão Permanente de Avaliação (CPA); e nas atividades com características de terminalidade desenvolvidas pelas unidades escolares da rede estadual de ensino, sob coordenação da SEC.

A superintendente de Políticas para a Educação Básica de SEC, Manuelita Brito, ressaltou a importância da iniciativa, que tem caráter excepcional. "O desejo e o empenho da Secretaria da Educação do Estado é para que as provas do ENEM sejam adiadas para o mês de maio, mas independente da sua data de aplicação, é necessário oportunizar a todos os estudantes, e não apenas os inscritos no ENEM, a conclusão do Ensino Médio, considerando as adversidades impostas pela pandemia do novo Coronavírus, em 2020, e, sobretudo, os conhecimentos e saberes adquiridos por eles ao longo de seus percursos escolares".

Para requerer o aproveitamento de estudos, o estudante interessado deve estar regularmente matriculado no ano letivo de 2020; ser concluinte do Ensino Médio naquele ano; fazer a solicitação do aproveitamento de estudos na secretaria escolar; e se submeter a um ou mais processos avaliativos e/ou de certificação. 

A Portaria nº 985/2020 define os requisitos mínimos a serem alcançados em cada alternativa. No caso do aproveitamento integral, será necessário, no caso do ENEM, que o estudante tenha obtido o mínimo de 400 pontos em cada área do conhecimento e não tenha zerado a redação; no ENCCEJA, mínimo de 80 pontos em cada área do conhecimento e não ter zerado a redação. No caso dos exames de certificação do CPA, será exigido o mínimo de cinco pontos em cada área do conhecimento. Já em relação ao aproveitamento com base no histórico escolar, serão utilizadas as médias das séries anteriores, por área de conhecimento, e os resultados nos simulados coordenados pela SEC. 

O aproveitamento parcial pode ser utilizado pelos estudantes que não alcançarem o aproveitamento integral em uma das alternativas. Neste caso, a portaria autoriza compor os resultados parciais de diferentes exames ou certificações, por exemplo, aproveitar a pontuação em uma área de conhecimento a partir do ENEM, de duas áreas de conhecimento a partir da CPA e de uma área de conhecimento a partir dos simulados aplicados pela escola.

*Acesse a portaria completa no Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br

 


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Bahia está preparada para cenário difícil na economia brasileira em 2021, diz Vitório

Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2021 / Bahia

Foto: Google

O ano de 2021 será difícil para as finanças de estados e municípios por conta de uma série de problemas no cenário econômico brasileiro, incluindo desemprego recorde, ameaça de volta da inflação e fim do auxílio emergencial, alertou o secretário da Fazenda da Bahia, Manoel Vitório, ressaltando que o governo baiano está preparado para este novo desafio e já intensifica as medidas a seu alcance que ajudaram o Estado a sobreviver às crises econômicas recentes, inclusive aos meses mais críticos para a arrecadação em 2020 em função da pandemia.

Tais medidas adotadas sob a liderança do governador Rui Costa incluem uma sólida política de qualidade do gasto público que já soma economia real de R$ 5,9 bilhões desde 2015, aliada a um dos mais intensivos processos, no plano estadual, de modernização do fisco e a um trabalho constante de combate à sonegação.

Vitório lembrou que a economia brasileira em seu conjunto sobreviveu a 2020 a despeito da forte queda do PIB, “graças em boa parte ao pacote emergencial aprovado pelo Congresso Nacional para garantir alguma renda a milhões de deserdados pela pandemia, preservar empregos e ajudar a recompor perdas tributárias dos entes federativos”. Quem atua na gestão pública percebe que preservar o equilíbrio fiscal será uma tarefa árdua no ano que se inicia, observa o secretário, no momento em que o auxílio emergencial chega ao fim e o desemprego é recorde.

Os últimos anos têm sido de crises sucessivas, mas 2021 se mostra especialmente sujeito a tempestades, enfatiza, “exigindo firmeza no leme”. Vitório, no entanto, mostra-se confiante na capacidade do setor público baiano de resistir a mais um ano complicado. “Vai ser difícil, mas conseguiremos fazer mais esta travessia”, afirmou em artigo assinado na edição desta segunda-feira (4) do jornal A Tarde.

Mais investimentos

A equação para a saída de mais um impasse na economia brasileira inclui um grande esforço de retomada dos investimentos públicos, que se faz “dramaticamente necessário, para além do engessamento dogmático do teto de gastos”, ressalta o secretário. “A Bahia tem reiteradamente questionado ideias simplistas como a de que o Estado eficiente precisa ser mínimo”, acrescenta, lembrando que o governo baiano, com Rui Costa à frente, tem dado exemplo de eficiência com presença forte do Estado. "Temos preservado o equilíbrio fiscal a despeito das crises econômicas em série, mantido o pleno funcionamento da máquina pública e as contas em dia e permanecido entre os estados com maiores níveis de investimento”, afirma.

Com R$ 13,7 bilhões destinados a este propósito no período 2015-2020, a Bahia é o segundo no país em totais investidos, atrás apenas de São Paulo, o estado mais rico do país, e à frente deste em termos de proporção do orçamento.

Renda mínima

Após uma queda do PIB projetada em cerca de 5% para 2020, a previsão para o próximo exercício é de baixo crescimento aliado à ameaça de volta da inflação. Isso significa, reflete Manoel Vitório, que o país não irá retomar tão cedo o patamar anterior à crise sanitária, que já era ruim, “e sinaliza para a difícil situação daqueles que precisam de recolocação no mercado de trabalho e dos que dependem de auxílio ante os efeitos perversos da pandemia”.

Para que a economia brasileira respire aliviada, “precisamos de vacinação em massa”, afirma, lamentando que isto pareça “ainda distante ao passo que outros países tomam a dianteira”. Enquanto não chega a tão sonhada imunidade coletiva, diz o secretário, a questão da renda mínima precisa ser retomada com urgência, por razões humanitárias, mas também para benefício da economia. “Vamos seguir defendendo que as políticas corretas sejam adotadas no plano federal, no âmbito sanitário e no econômico. Mas também manteremos as medidas que têm nos ajudado a sobreviver às intempéries”.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Treze cidades da RMS - Região Metropolitana de Salvador completam 24h sem registro de morte

Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2021 / Bahia

As treze cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS) completaram 24 horas sem registro de morte violenta (homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte). No primeiro sábado (2) de 2021, também não houve tentativa de homicídio nos municípios do entorno da capital.

Além da ausência de crimes contra a vida, em Camaçari, maior cidade da RMS, dois traficantes de droga sintética foram localizados. Um acabou preso pela Rondesp RMS e o outro morreu em confronto. Um revólver calibre 38, munições e 20 comprimidos de ecstasy foram apreendidos.

Na RMS-Região Metropolitana de Salvador, ações ostensivas foram reforçadas diante do grande público de baianos e turistas nas praias das ilhas e do Litoral Norte, desde o feriado do réveillon. 


Blogbraga/SSP-BA/Fonte: Ascom: Alberto Maraux

Compartilhar no Whatsapp

Brasil registra 6.813.008 milhões de pessoas recuperadas; em relação aos óbitos, tem 196.018 mortes por coronavírus.

Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2021 / Bahia

Brasil já registra 6,8 milhões de pessoas curadas da Covid-19. No mundo, estima-se que pelo menos 29 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram. O número de pessoas curadas no Brasil é superior à quantidade de casos ativos (724.720) que são os pacientes em acompanhamento médico. O registro de pessoas curadas já representa a grande maioria do total de casos acumulados (88,1%). As informações foram atualizadas às 18h30 deste domingo (03/12) e enviadas pelas secretarias estaduais e municipais de Saúde.

A doença está presente em 99,9% dos municípios brasileiros. Contudo, mais da metade das cidades (3.873) possuem entre 2 e 100 casos. Em relação aos óbitos, 4.916 municípios tiveram registros (88,3%), sendo que 762 deles apresentaram apenas um óbito confirmado. 

O Governo do Brasil mantém esforço contínuo para garantir o atendimento em saúde à população, em parceria com estados e municípios, desde o início da pandemia. O objetivo é cuidar da saúde de todos e salvar vidas, além de promover e prevenir a saúde da população.  

Dessa forma, a pasta tem repassado verbas extras e fortalecido a rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS), com envio de recursos humanos (médicos e profissionais de saúde), insumos, medicamentos, ventiladores pulmonares, testes de diagnóstico, habilitações de leitos de UTI para casos graves e gravíssimos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIS) para os profissionais de saúde.  

O Ministério da Saúde já destinou aos 26 estados e o Distrito Federal R$ 198,1 bilhões, sendo que desse total foram R$ 134 bilhões para serviços de rotina do SUS, e outros R$ 64,1 bilhões para a Covid-19. Também já foram comprados e distribuídos 27,2 milhões de unidades de medicamentos para auxiliar no tratamento do coronavírus, 306,8 milhões de EPI, mais de 19,8 milhões de testes de diagnóstico para Covid-19 e 79,9 milhões de doses da vacina contra a gripe, que ajuda a diminuir casos de influenza e demais síndromes respiratórias no meio dos casos de coronavírus.  

O Ministério da Saúde, em apoio a estados e municípios, também tem ajudado os gestores locais do SUS na compra e distribuição de ventiladores pulmonares, sendo que já entregou 12.949 equipamentos para todos os estados brasileiros.

As iniciativas e ações estratégicas são desenhadas conforme a realidade e necessidade de cada região, junto com estados e municípios, e têm ajudado os gestores locais do SUS a ampliarem e qualificarem os atendimentos, trazendo respostas mais efetivas às demandas da sociedade. Neste momento, o Brasil registra 7.733.746 milhões de casos confirmados da doença, sendo 17.341 mil registrados nos sistemas nacionais nas últimas 24h. 

Em relação aos óbitos, o Brasil tem 196.018 mortes por coronavírus. Nas últimas 24h, foram registrados 239 óbitos nos sistemas oficiais, sendo que 275 óbitos ocorreram nos últimos três dias. Outros 2.478 permanecem em investigação.


Blogbraga/Ministério da Saúde

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 722 novos casos da Covid-19 nas últimas 24 horas e o número total de óbitos desde o início da pandemia é de 9.218

Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2021 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 722 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,1%) e 1.030 recuperados (+0,2%). Dos 496.008 casos confirmados desde o início da pandemia, 482.039 já são considerados recuperados, 4.751 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,48%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (10.344,83), Muniz Ferreira (8.447,86), Conceição do Coité (8.444,42), Jucuruçu (8.152,53), Pintadas (8.019,55).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 886.162 casos descartados e 122.781 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (03).

Na Bahia, 36.794 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completoclique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 31 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 9.218, representando uma letalidade de 1,86%. Dentre os óbitos, 56,49% ocorreram no sexo masculino e 43,51% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,76% corresponderam a parda, seguidos por branca com 19,00%, preta com 14,63%, amarela com 0,67%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,80% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,79%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,59%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp
TOP Qualidade 2020
Rádio Cidade FM 95,9
Facebook
Tempo
Moeda
Conversor de Moeda
Cotação

Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
Contabilidade Rio Grande - Parceira dessa Causa
PARCEIROS
P&F Delicia Sportime G7 NET CISO DBT Extreme ORIX Contabilidade Rondon Global PM Neli Casa da Ferramenta Paraíba SBS Vida Farma Minas Aço ASMAT Dupará Açaí Rivaldo Guarda Municipal Ofertas - Hiper Santo Antonio Online Imperial Grupo Marabá Dique Denuncia Luz motos Oeste Beton DPVAT LH Madeiras Midori Paisagismo Casa do Marceneiro Sutrans Jaú AFS