Governo da Bahia

NOTÍCIAS

Na Bahia, Presidente Bolsonaro visita obras de construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2020 / Bahia

Parceria com a Valec foi assinada durante visita do Presidente Jair Bolsonaro a obras da ferrovia

O Presidente Jair Bolsonaro visitou nesta sexta-feira (11), em São Desidério (BA), as obras de construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) que será uma importante via de escoamento de grãos e minério do estado da Bahia. Na ocasião, foi assinada uma parceria com o Exército para a execução de um trecho da obra.

A obra completa terá aproximadamente 1.527 quilômetros e ligará o futuro Porto Sul, em Ilhéus (BA), à cidade de Figueirópolis (TO), com um investimento previsto de R$ 8,9 bilhões.

Na cerimônia, o Presidente Bolsonaro afirmou que o objetivo é terminar as obras já em andamento. "Pouca gente pensou em investir em ferrovias e nós optamos - antes de investir, massivamente, em rodovias e ferrovias - é terminar as obras já começadas, porque isso demonstra que nós temos zelo pelo recurso público e realmente estamos investindo em algo bom para o nosso Brasil", afirmou.

"Então, essa grande obra que está sendo concluída aqui, que nos próximos anos será efetivada nos ligando com o resto do Brasil, para norte e sul; bem como  lá para o Sul, via Malha Paulista, entre outros, bem demonstra que a capacidade do Tarcísio em negociar, em convencer, é enorme e essas obras estão aos poucos aparecendo em nosso Brasil", finalizou.

Quando pronta, a ferrovia deve se tornar um caminho de escoamento do minério das cidades de Caetité e Tanhaçu, no sudoeste da Bahia, e de grãos da região oeste do estado para os mercados interno e externo. A via deve ainda reduzir custos de transporte. Futuramente, a Oeste-Leste deverá se conectar à malha da Ferrovia Norte-Sul, o que traria vantagens competitivas e melhorias para a logística nacional.

Durante a visita às obras, foi assinado o termo de parceria entre a Valec e o Exército Brasileiro que será responsável pela conclusão de trecho de 18 quilômetros do Lote 6 da ferrovia próximo a Correntina (BA). A Valec Engenharia, Construções e Ferrovias, é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Infraestrutura.

A parceria marca a retomada da participação do batalhão Exército às obras em ferrovias. É a primeira vez, desde 1990, que um batalhão assume uma obra de ferrovia.

Além de ampliar e melhorar a qualidade das rodovias, o Governo Federal também quer investir mais nas ferrovias nacionais, tornando-as uma alternativa logística com maior potencial para o escoamento da produção brasileira. Atualmente, o modo ferroviário corresponde a 15% da matriz de transporte brasileira. O objetivo é chegar a 30% nos próximos 10 anos. Para essa ampliação, o Ministério da Infraestrutura aposta na participação da iniciativa privada por meio do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).


Blogbraga/Planalto - Gov.br/Fotos: Blogbraga

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 2.182 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2020 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.182 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.155 curados (+0,8%). Dos 279.509 casos confirmados desde o início da pandemia, 265.969 já são considerados curados e 7.674 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível no Business Intelligence.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,23%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.106,32), Almadina (5.948,02), Itabuna (5.365,27), Dário Meira (4.976,66) e Salinas da Margarida (4.793,52).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 545.560 casos descartados e 69.687 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta sexta-feira (11).

Na Bahia, 24.269 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Óbitos

O boletim epidemiológico desta sexta-feira (11) contabiliza 48 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19.

Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.866, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 55,78% ocorreram no sexo masculino e 44,22% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,49% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,67%, preta com 15,46%, amarela com 0,82%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,46% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,08%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,14%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

SEGURANÇA EM CONSTRUÇÃO E REFORMA: COELBA ORIENTA PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM A REDE ELÉTRICA

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2020 / Bahia

As recomendações dadas pela companhia buscam evitar ocorrências que mais causam acidentes com vítimas envolvendo a rede elétrica  

O momento de construir e reformar o imóvel é acompanhado de muitas expectativas e requer alguns cuidados. Pensando nisso, a Coelba organizou orientações essenciais para garantir a segurança em situações que envolvam a rede elétrica no momento de reformar ou construir. O alerta se torna ainda mais importante ao saber que a construção e a manutenção civil estão entre as principais causas de ocorrências com vítimas envolvendo a rede elétrica. Dessa forma, a companhia age de modo preventivo levando informação à população em relação aos cuidados com a segurança. 

Antes de começar qualquer intervenção, é preciso estar ciente de que as paredes, janelas e sacadas não podem ser erguidas em uma distância menor que 2,5 metros da rede de energia. Isso evita toques acidentais na fiação que podem resultar em acidentes graves, seja durante a construção ou reforma da residência. Além disso, não se deve mexer na fiação de forma a afastá-la do local da construção, sob nenhuma hipótese. Somente as equipes da Coelba estão autorizadas a tomar tal iniciativa. “Para o acidente acontecer, não necessariamente a pessoa precisa tocar no cabo. Às vezes, somente a proximidade pode ocasionar uma descarga por indução elétrica, o que também provoca diversos danos ao corpo humano. Por isso a orientação da distância segura é tão importante de ser seguida”, declara o gerente de Saúde e Segurança, Harley Albuquerque.   

Ao iniciar as atividades pela casa, recomenda-se ficar atento na hora de utilizar objetos como barras de ferro, sarrafos, réguas de reboco, vergalhões e outros tipos de materiais metálicos, pois eles podem conduzir a corrente elétrica ao se aproximarem da rede. O cuidado também deve ser seguido ao montar andaimes e utilizar escadas, que devem sempre ser mantidos longe da rede elétrica, pois essas estruturas podem conduzir energia e causar choque elétrico.    

“O aconselhado é sempre contratar um profissional especializado para construir ou reformar. Essa recomendação é ainda mais importante em serviços que envolvam energia elétrica, principalmente em ambientes internos. Somente o especialista terá condições de lidar com a fiação enquanto estiver realizando as intervenções na casa, diminuindo os riscos de acidentes desnecessários”, informa Albuquerque. O gerente aproveita para reforçar que, durante toda a obra, os profissionais precisam utilizar equipamentos de proteção, como capacetes e luvas.    

De uma forma geral, o ideal é restringir o acesso e evitar a circulação em cômodos que estejam sendo reformados, principalmente com a existência de crianças em casa. “Temos o trabalho constante em alertar a população sobre os riscos de acidentes que algumas atitudes causam, levando informação e aumentando o nível de conscientização para prevenção”, afirma o gerente de Saúde e Segurança.    

Instalação de antenas 

A reforma e a construção da casa podem vir acompanhadas da instalação de antenas. Daí a necessidade de seguir algumas orientações voltadas à prevenção de acidentes, já que o equipamento deve ser mantido a uma distância segura da rede elétrica. Na situação de chuvas ou ventos fortes, a antena pode inclinar ou cair em direção aos cabos, o que representa um risco não somente para as pessoas que residem na casa como também interfere na rede de distribuição e afeta o fornecimento de toda a região. Caso isso aconteça, jamais segure ou tente recuperar a antena, pois o risco de choque é grande.

Diante de um acidente envolvendo a rede elétrica, acione o Serviço Médico de Emergência pelo 192 ou o Corpo de Bombeiros pelo 193. Para ocorrências na rede, a Coelba pode ser contatada pelos canais de atendimentos através do 116. 

Sobre a Coelba

A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), empresa do Grupo Neoenergia, é a terceira maior distribuidora de energia elétrica do país em número de clientes e a sexta em volume de energia fornecida, sendo a maior do Norte-Nordeste. Presente em 415 dos 417 municípios baianos, a Coelba tem uma área de concessão de 563 mil quilômetros quadrados, com mais de 6 milhões de clientes (mais de 15 milhões de habitantes).


Blogbraga/Coelba

Compartilhar no Whatsapp

Bahia firma parceria com a Rússia para comercializar 50 milhões de doses da vacina contra coronavírus

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2020 / Bahia

Foto: Paula Fróes/Arquivo GOVBA

O fundo soberano da Rússia (RDIF) e o Governo da Bahia assinaram um acordo de cooperação para o fornecimento de até 50 milhões de doses da vacina russa Sputnik V, a primeira contra coronavírus registrada no mundo. O acordo permitirá que a Bahia, por meio da Bahiafarma, comercialize a vacina em território brasileiro, com a possibilidade de entrega a partir de novembro de 2020, desde que aprovada pelos órgãos reguladores do Brasil.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, “a vacina está sendo testada em cerca de 40 mil pessoas em todo o mundo, se mostrando segura e eficaz até o momento. Ministrada em duas doses, ela utiliza a plataforma de adenovírus humano, que é conhecida e estudada há décadas. Outras vacinas em estágio de pesquisa utilizam adenovírus de macaco ou mRNA, o que significa que seus efeitos e reações adversas precisam ser estudados por mais tempo”.

O adenovírus humano é uma plataforma para o desenvolvimento de vacinas que tem se mostrado segura ao longo de décadas, incluindo 75 publicações científicas internacionais e mais de 250 ensaios clínicos.

Testes clínicos

A vacina Sputnik V está sendo avaliada, na fase 3, em aproximadamente 40 mil pessoas em todo o mundo. No Brasil, o Governo da Bahia, por meio do Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto Couto Maia, submeterá à Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o pedido para testes clínicos em 500 brasileiros. A expectativa é que os testes tenham início no próximo mês.  

Vacina Sputnik V

Em 11 de agosto, a vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia de Gamaleya, foi registrada pelo Ministério da Saúde da Rússia e se tornou a primeira vacina registrada do mundo contra Covid-19, com base em uma plataforma de adenovírus humano. O governo russo já recebeu pedidos de 1 bilhão de doses da vacina. Informações detalhadas sobre a Sputnik V estão disponíveis em sputnikvaccine.com.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Mais dois municípios têm transporte suspenso na Bahia

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2020 / Bahia

Foto de arquivo: Blogbraga

Érico Cardoso e Rio do Pires terão o transporte suspenso a partir de sábado (12). A medida, que tem o objetivo de conter o avanço do novo coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (11).

Ficam suspensas nesses municípios a circulação, a chegada e a saída de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Brotas de Macaúbas e Macaúbas, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Lista de municípios

No total, a Bahia possui 354 cidades com transporte suspenso. São elas: Abaíra, Abaré, Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Anagé, Andaraí, Andorinha, Angical, Anguera, Antas, Antônio Gonçalves, Aporá, Apuarema, Aracatu, Araci, Arataca, Aurelino Leal, Baianópolis, Baixa Grande, Banzaê, Barra, Barra da Estiva, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barro Alto, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Belo Campo, Biritinga, Boa Nova, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejões, Brejolândia, Brumado, Buerarema, Buritirama, Caatiba, Cabaceiras do Paraguaçu, Caculé, Caém, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Caldeirão Grande, Camacã, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canápolis, Canarana, Canavieiras, Candeal, Candiba, Cândido Sales, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Casa Nova, Castro Alves, Catolândia, Central, Chorrochó, Cícero Dantas, Cipó, Coaraci, Cocos, Conceição do Coité, Conde, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Curaçá, Dário Meira, Dom Basílio, Elísio Medrado, Encruzilhada, Entre Rios, Érico Cardoso, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Filadélfia, Firmino Alves, Floresta Azul, Formosa do Rio Preto, Gandu, Gavião, Gentio do Ouro, Glória, Gongogi, Guanambi, Guaratinga, Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicaraí, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibititá, Ibotirama, Ichu, Igaporã, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Inhambupe, Ipiaú, Ipirá, Ipupiara, Irajuba, Iramaia,  Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré e Itaetê.

A restrição ainda inclui os municípios de Itagi, Itagibá, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itamaraju, Itamari, Itambé, Itanhém, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itaquara, Itarantim, Itatim, Itiruçu, Itiúba, Itororó, Ituaçu, Ituberá, Jaborandi, Jacaraci, Jacobina, Jaguaquara, Jaguarari, Jandaíra, Jequié, Jiquiriçá, Jeremoabo, Jitaúna, João Dourado, Juazeiro, Jucuruçu, Jussara, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedão, Lajedinho, Lajedo do Tabocal, Lamarão, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macururé, Maetinga, Maiquinique, Mairi, Malhada, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Mansidão, Maracás, Maraú, Marcionílio Souza, Mascote, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Milagres, Mirangaba, Mirante, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Muquém do São Francisco, Mutuípe, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Canaã, Nova Fátima, Nova Ibiá, Nova Itarana, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pé de Serra, Pedro Alexandre, Piatã, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piraí do Norte, Piripá, Piritiba, Planaltino, Planalto, Poções, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão das Neves, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal e Ribeirão do Largo.

Também estão com transporte suspenso Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Salinas da Margarida, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santa Teresinha, Santaluz, Santana, Santanópolis, São Desidério, São Domingos, São Félix do Coribe, São Gabriel, São José da Vitória, São José do Jacuípe, São Miguel das Matas, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saúde, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Serra Preta, Serrinha, Serrolândia, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Tanquinho, Taperoá, Tapiramutá, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Teolândia, Terra Nova, Tremedal, Tucano, Uauá, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Uibaí, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Utinga, Valença, Valente, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Várzea Nova, Varzedo, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

SAMU socorre vítima de acidente de trânsito em Luis Eduardo Magalhães

Quinta-feira, 10 de Setembro de 2020 / Bahia

Caminhonete envolvida no acidente

Local do acidente

SAMU atendeu a ocorrência

Uma colisão envolvendo uma motocicleta e uma caminhonete GM/D20, foi registrado por volta das 20h, desta quinta-feira (10), entre as ruas Manoel Novais e a Ceará, no bairro Nova Brasília em Luis Eduardo Magalhães.

Segundo informações, o motociclista entregador de delivery, trafegava pela rua Manoel Novais sentido bairro Mimoso II, quando foi surpreendido pela caminhonete que seguia no sentido contrário. Ainda segundo relato, o condutor da caminhonete deu seta para adentrar na rua Ceará, mas ao adentrar não viu o motociclista e houve a colisão.

O SAMU prestou atendimento à vítima que após socorro, foi liberada. 

O condutor da caminhonete permaneceu no local e a motocicleta foi removida do referido endereço.


Blogbraga/Reportagem: Marlon

Compartilhar no Whatsapp

Em setembro, IBGE estima safra recorde de 9,7 milhões de grãos na Bahia em 2020

Quinta-feira, 10 de Setembro de 2020 / Bahia

Foto: Manu Dias GOV BA

O oitavo Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relativo a agosto, projetou a produção baiana de cereais, oleaginosas e leguminosas, em torno de 9,7 milhões de toneladas, para este ano, o que representa uma expansão de 17,2% na comparação com 2019. Em julho, o levantamento apontava uma safra anual de 9,5 milhões de toneladas. Em relação à área, o IBGE projeta uma ligeira retração de 0,4% tanto na plantada quanto na colhida na comparação anual, registrando, em ambos os casos, uma extensão aproximada de 3,1 milhões de hectares. A produtividade média estimada é de 3,1 ton/ha, cerca de 17,7 % superior à do ano passado. As informações, divulgadas nesta quinta-feira (10), foram sistematizadas e analisadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan).

“Este é um resultado que comprova as políticas acertadas do Governo da Bahia de estímulo à produção agrícola. Importante salientar que, mesmo em meio à pandemia do coronavírus, este é o melhor resultado da série histórica da produção baiana de cereais, oleaginosas e leguminosas”, ressaltou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

A lavoura de soja, cuja colheita está finalizada, ficou estimada em seis milhões de toneladas, a segunda maior da série histórica do levantamento – inferior apenas à de 2018 (6,2 milhões de toneladas). Com isso, houve expansão de 13,5% em relação ao volume produzido em 2019. A área colhida de 1,6 milhão de hectares superou em 2,6% a safra anterior.

A safra de milho foi revisada para próximo a 2,3 milhões de toneladas, em 614 mil hectares plantados, representando uma alta de 38,9% em relação a 2019. A primeira safra do cereal deve ser responsável por 1,8 milhão de toneladas, em 363,5 mil hectares. Por sua vez, a expectativa para a segunda safra da lavoura foi revisada para 480 mil toneladas plantadas em 230 mil hectares, com expressiva alta interanual de 73,9%.

A expectativa para a produção total de café também foi revisada, passando de 203 mil para 219,5 mil toneladas. Com isso, a safra do tipo arábica ficou projetada em 100 mil toneladas, o que representa uma variação anual de 38,1%, e a da canephora ficou em 119,5 mil toneladas, correspondendo a uma expansão de 10,6% na comparação com 2019. Por sua vez, as lavouras de banana, laranja e uva mantiveram, respectivamente, recuo de 18,3%, 0,7% e 38,8% em relação à safra anterior.

A estimativa para o algodão foi mantida em 1,4 milhão de toneladas, representando uma queda de 3,3% em relação à safra anterior. A área plantada ficou projetada em 315 mil hectares, correspondendo a um recuo de 5,1% na mesma base de comparação.

A previsão para o feijão teve queda de 400 toneladas, totalizando 321,1 mil toneladas, ainda superando a produção de 2019 em 10,2%. A área plantada totaliza 434 mil hectares. A primeira safra de 135,9 mil toneladas teve recuo de 21,4% em relação ao ano anterior. A principal contribuição virá da segunda safra, cujo volume estimado é de 184,2 mil toneladas, alta de 56,6% na comparação anual.

Para a lavoura da cana-de-açúcar, o IBGE projeta uma produção de 5,1 milhões de toneladas, alta de 22,4% em relação à safra anterior. A produção de cacau foi revisada para baixo, mas ainda apresentando alta de 12,4% na comparação com 2019, somando 118 mil toneladas.

As projeções ainda indicam uma produção de 963 mil toneladas de mandioca, mantendo-se estável em relação à safra passada. A produção de cebola deve encerrar o ciclo com alta de 3,9% em relação à colheita anterior, totalizando 302,4 mil toneladas. A estimativa para o tomate, no entanto, ficou estimada em 241,2 mil toneladas, que corresponde a uma retração de 12,5% sobre a safra de 2019.


Blogbraga/Assessoria de Comunicação Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Investimentos e capacitação visam aumento da produtividade da mamona na Bahia

Quinta-feira, 10 de Setembro de 2020 / Bahia

Para ampliar a produtividade e qualidade da mamona na Bahia, o Governo do Estado vem realizando investimentos nesse sistema produtivo e, nesta quarta-feira (09), deu início a uma formação de técnicos e dirigentes de organizações produtivas da região, para a implantação e funcionamento de campos de produção de sementes de mamona. 

São três módulos online, ministrados pelo Doutor em Ciência e Tecnologia de Sementes, Edson Alva, que também é especialista em mamona. A formação aborda temas como tecnologias de cultivo, melhoramento da mamoneira, maturação, colheita e secagem, beneficiamento, análise da qualidade, entre outras abordagens. 

O curso está sendo promovido pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio do projeto Bahia Produtiva, em parceria com a Cooperativa Mista de Produção Aquisição e Serviço do Estado da Bahia (Coopersertão).  

A Coopersertão é especializada na produção de mamona voltada para a produção de biodiesel, e atua em parceria com as cooperativas dos Pequenos Produtores Rurais do Povoado do Aurora e Regional de Reforma Agrária da Chapada Diamantina e às associações dos Moradores de Queimado e Sapecado Comunidade e Desenvolvimento e Comunitária de Largo do Elói, que fornecem a mamona, beneficiando diretamente 270 famílias de agricultores familiares. 

A cooperativa foi contemplada por meio de edital do Bahia Produtiva e está recebendo investimentos de R$3,2 milhões, aplicados na construção de galpões para estocagem e beneficiamento da mamona com máquinas e equipamentos para o cultivo e irrigação. O investimento visa garantir a compra dos grãos da mamona dos beneficiários, minimizando a exploração comercial pelos atravessadores. A ação beneficia produtores dos Territórios de Identidade Irecê, Piemonte da Diamantina, Piemonte do Paraguaçu e Chapada Diamantina.  

A Coopersertão já possui experiência na comercialização da mamona e é a única entidade da agricultura familiar na Bahia que possui contratos vigentes de comercialização de grãos de mamona com a Petrobrás - PBIO, Bioóleo e Olma. A produtividade média das propriedades em sequeiro, dos beneficiários, é de 600 quilos por ano.  

O assessor especial da CAR, Ivan Fontes, explica que a Coopersertão vem sendo apoiada técnica e financeiramente pelo projeto: “Além dos investimentos em infraestrutura, com o objetivo de dotar a cooperativa de melhores condições para a produção e comercialização da mamona direcionada para biodiesel, estamos, também, fazendo formação especializada para as equipes técnicas da própria cooperativa, de outros empreendimentos parceiros e de instituições de assistência técnica, buscando ampliar a produtividade e qualidade da matéria-prima, aumentando os ganhos dos agricultores".  

Para o diretor da Coopersertão, Marcelo Brito, o projeto de campos e sementes chegou para alavancar a produção e organizar a cadeia produtiva da mamona: “A gente vinha a alguns anos sem poder disponibilizar sementes de qualidade para os produtores, o que nos resultou perdas e um produto com pragas e doenças. Com esse incentivo, que vai desde o plantio com sementes de qualidade, passando pela patrulha mecanizada para preparar esse solo, até chegar na comercialização, esperamos produzir melhor e com mais rentabilidade”. 


Blogbraga/Assessoria de Comunicação

Compartilhar no Whatsapp

Estado autoriza retomada do transporte em Caraíbas, Cravolândia, Paramirim e Tabocas do Brejo Velho

Quinta-feira, 10 de Setembro de 2020 / Bahia

Foto de arquivo: Blogbraga

Em decreto publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (10), foi autorizada a retomada do transporte intermunicipal em Caraíbas, Cravolândia, Paramirim e Tabocas do Brejo Velho, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Um total de 354 municípios está com transporte suspenso na Bahia. A medida tem o objetivo de conter o avanço do novo coronavírus na população baiana. Nesses municípios estão suspensas a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans até o dia 13 de setembro.

Confira a lista completa de municípios

Abaíra, Abaré, Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Anagé, Andaraí, Andorinha, Angical, Anguera, Antas, Antônio Gonçalves, Aporá, Apuarema, Aracatu, Araci, Arataca, Aurelino Leal, Baianópolis, Baixa Grande, Banzaê, Barra, Barra da Estiva, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barro Alto, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Belo Campo, Biritinga, Boa Nova, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejões, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buerarema, Buritirama, Caatiba, Cabaceiras do Paraguaçu, Caculé, Caém, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Caldeirão Grande, Camacã, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canápolis, Canarana, Canavieiras, Candeal, Candiba, Cândido Sales, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Casa Nova, Castro Alves, Catolândia, Central, Chorrochó, Cícero Dantas, Cipó, Coaraci, Cocos, Conceição do Coité, Conde, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Crisópolis, Cristópolis, Curaçá, Dário Meira, Dom Basílio, Elísio Medrado, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Filadélfia, Firmino Alves, Floresta Azul, Formosa do Rio Preto, Gandu, Gavião, Gentio do Ouro, Glória, Gongogi, Guanambi, Guaratinga, Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicaraí, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibititá, Ibotirama, Ichu, Igaporã, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Inhambupe, Ipiaú, Ipirá, Ipupiara, Irajuba, Iramaia,  Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré e Itaetê.

A restrição ainda inclui os municípios de Itagi, Itagibá, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itamaraju, Itamari, Itambé, Itanhém, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itaquara, Itarantim, Itatim, Itiruçu, Itiúba, Itororó, Ituaçu, Ituberá, Jaborandi, Jacaraci, Jacobina, Jaguaquara, Jaguarari, Jandaíra, Jequié, Jiquiriçá, Jeremoabo, Jitaúna, João Dourado, Juazeiro, Jucuruçu, Jussara, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedão, Lajedinho, Lajedo do Tabocal, Lamarão, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Macururé, Maetinga, Maiquinique, Mairi, Malhada, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Mansidão, Maracás, Maraú, Marcionílio Souza, Mascote, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Milagres, Mirangaba, Mirante, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Muquém do São Francisco, Mutuípe, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Canaã, Nova Fátima, Nova Ibiá, Nova Itarana, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paratinga, Paripiranga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pé de Serra, Pedro Alexandre, Piatã, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piraí do Norte, Piripá, Piritiba, Planaltino, Planalto, Poções, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão das Neves, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal e Ribeirão do Largo.

Também estão com transporte suspenso Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Salinas da Margarida, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santa Teresinha, Santaluz, Santana, Santanópolis, São Desidério, São Domingos, São Félix do Coribe, São Gabriel, São José da Vitória, São José do Jacuípe, São Miguel das Matas, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saúde, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Serra Preta, Serrinha, Serrolândia, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tanhaçu, Tanque Novo, Tanquinho, Taperoá, Tapiramutá, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Teolândia, Terra Nova, Tremedal, Tucano, Uauá, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Uibaí, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Utinga, Valença, Valente, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Várzea Nova, Varzedo, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 2.274 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Quarta-feira, 09 de Setembro de 2020 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.274 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 2.245 curados (+0,9%). Dos 275.088 casos confirmados desde o início da pandemia, 261.484 já são considerados curados e 7.830 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível no Business Intelligence.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,36%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.067,14), Almadina (5.911,41), Itabuna (5.264,44), Dário Meira (4.967,32) e Salinas da Margarida (4.793,92).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 518.122 casos descartados e 85.196 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta quarta-feira (9).

Na Bahia, 24.104 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. 

Óbitos

O boletim epidemiológico desta quarta-feira (9) contabiliza 40 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. 

Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.774, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 55,80% ocorreram no sexo masculino e 44,20% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,44% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,56%, preta com 15,50%, amarela com 0,81%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,58% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,01%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,24%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Produção Industrial baiana avançou 11,1% em julho

Quarta-feira, 09 de Setembro de 2020 / Bahia

Em julho de 2020, a produção industrial (de transformação e extrativa mineral) da Bahia, ajustada sazonalmente, avançou 11,1% frente ao mês imediatamente anterior, após aumentos de 8,2% e 2,1%, respectivamente, em maio e junho de 2020. As informações fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgadas nesta quarta-feira (9), sistematizadas e analisadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan).

“Esse resultado reflete, principalmente, o movimento de retomada das atividades produtivas no estado, que interromperam seus processos devido à pandemia de Covid-19”, destaca o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.
                                                                                                                 
Devido à influência da pandemia do coronavírus, na comparação com igual mês do ano anterior, a indústria baiana assinalou recuo de 5,7%. No acumulado do ano, a indústria registrou queda de 7,1%, em relação ao mesmo período do ano anterior. O indicador, no acumulado dos últimos 12 meses, apresentou redução de 5,6%, frente ao mesmo período anterior.

No confronto de julho de 2020 com igual mês do ano anterior, sete das 12 atividades pesquisadas assinalando crescimento da produção. O setor de Derivados de petróleo (18,8%) apresentou a principal influência positiva no período, explicada, especialmente, pela maior fabricação de óleos combustíveis e naftas para petroquímica. Outros resultados positivos no indicador foram observados nos segmentos de Produtos químicos (7,3%), Celulose, papel e produtos de papel (11,2%), Produtos alimentícios (8,7%), Bebidas (23,5%), Minerais não metálicos (16,2%) e Equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (29,9%).


Blogbraga/Assessoria de Comunicação Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

PRF na Bahia flagra 122 pessoas sem cinto de segurança no feriado da Independência

Quarta-feira, 09 de Setembro de 2020 / Bahia

A quantidade de flagrantes de motociclistas ou carona sem capacete chegou a 69 autuações.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) finalizou, nesta segunda-feira (07), a Operação Independência 2020. Apesar de todo esforço da PRF na fiscalização e educação, foram flagrados condutores agindo com imprudência e desrespeito às Leis de Trânsito nas estradas federais que cortam o estado. A ação teve início no último dia 04.

A instituição alerta que evitar condutas perigosas no trânsito, acima de tudo, é uma responsabilidade individual de cada motorista, motociclista, ciclista e pedestre, bem como dos passageiros.

Durante às abordagens, os agentes federais flagraram 122 pessoas sem cinto de segurança. A quantidade de ocorrências de motociclistas ou carona sem capacete chegou a 69.

O uso do cinto de segurança é obrigatório no Brasil para motoristas e passageiros, inclusive no banco de trás. O mesmo tipo de obrigatoriedade ocorre com capacete para condutor e passageiro de motocicletas. O fato de o motociclista não usar o capacete ou pessoas não usarem cinto de segurança em automóveis é determinante na gravidade dos acidentes.

As fiscalizações da PRF na Bahia flagraram 8 condutores sob efeito de álcool e 13 crianças sem cadeirinha; foram flagradas 702 ultrapassagens indevidas e 7 motoristas foram flagrados trafegando manuseando o aparelho celular.

A PRF alerta aos motoristas que obedecer às normas de trânsito, contribui para um trânsito mais seguro. A redução da violência nas rodovias federais depende da participação de todos.

Reveja o balanço completo da Operação Independência 2020 - CLIQUE AQUI


Blogbraga/PRF

Compartilhar no Whatsapp

Com documentação irregular, carga de madeira beneficiada é apreendida pela PRF em Senhor do Bonfim (BA)

Quarta-feira, 09 de Setembro de 2020 / Bahia

Dentre as espécies flagradas estavam madeiras serradas quarubatinga, mandioqueira, táxi-amarelo, quaruba-rosa nos perfis vigas, ripas e sarrafos.

Na manhã de ontem (08), um caminhão carregado com quase 35 m³ de madeira transportada irregularmente foi apreendido pela PRF em Senhor do Bonfim (BA). A ação foi registrada por volta das 9h30, quando os agentes federais fiscalizavam o KM 117 da BR 407.

Ao abordar um caminhão modelo IVECO/STRALISHD, os PRFs solicitaram do seu condutor a documentação de origem comprobatória da carga. O homem por sua vez, apresentou uma guia florestal na qual não constava a placa do veículo em questão, tampouco nenhuma outra placa. Esse tipo de supressão da informação, além de tornar o documento irregular, abre precedente para que a mesma guia seja reutilizada várias vezes por outros transportadores, indo de encontro às permissões ambientais.

As cargas de madeira necessitam ser acompanhadas de nota fiscal e documento de origem florestal ou guia florestal. Qualquer irregularidade entre os documentos ou entre eles e a carga, tornam os documentos inválidos e a carga ilegal.

Indagado pela equipe, o condutor informou que carregou o veículo com a madeira na cidade de Barcarena (PA) e que a transportaria até Jacobina (BA), sem desconhecer qualquer irregularidade da carga.

Foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência para o motorista e este assinou, também, o Termo de Compromisso se comprometendo a comparecer na audiência do Juizado Especial Criminal (JECRIM) para responder por suas condutas.

Veículo e carga estão à disposição do INEMA local para adoção das medidas administrativas cabíveis.

Somente esse ano, a PRF na Bahia já realizou a apreensão de 800,00 m³ de madeira nas rodovias federais que cortam o estado.


Blogbraga/PRF

Compartilhar no Whatsapp

Mortes violentas em queda de 9,7% no segundo semestre

Quarta-feira, 09 de Setembro de 2020 / Bahia

Imagem: Alberto Maraux

As mortes violentas (homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte) registraram queda de 9,7%, no segundo semestre de 2020, na Bahia. Nos meses de julho e agosto, deste ano, foram contabilizados 727 casos, contra 805 no mesmo período de 2019.

Separando por macrorregiões, na capital baiana, a polícia registrou 148 mortes em 2020, contra 156, no ano passado. Nas treze cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS), aconteceram 83 casos, este ano, enquanto em 2019, foram computados 108. 

Fechando os dados, nas 403 cidades do interior da Bahia ocorreram 496 mortes violentas, em 2020, contra 541 registros no ano passado.


Blogbraga/SSP-BA

Compartilhar no Whatsapp

Bahia tem mais três municípios com transporte intermunicipal suspenso

Quarta-feira, 09 de Setembro de 2020 / Bahia

Foto de arquivo: Blogbraga

Contendas do Sincorá, Ipupiara e Ituaçu terão o transporte suspenso a partir de quinta-feira (10). A medida, que tem o objetivo de conter o avanço do novo coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta (9).

Ficam suspensas nesses municípios a circulação, a chegada e a saída de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em América Dourada, Ibipitanga, Matina e Rio do Pires, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Lista de municípios

No total, a Bahia possui 358 cidades com transporte suspenso. São elas: Abaíra, Abaré, Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Anagé, Andaraí, Andorinha, Angical, Anguera, Antas, Antônio Gonçalves, Aporá, Apuarema, Aracatu, Araci, Arataca, Aurelino Leal, Baianópolis, Baixa Grande, Banzaê, Barra, Barra da Estiva, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barro Alto, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Belo Campo, Biritinga, Boa Nova, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejões, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buerarema, Buritirama, Caatiba, Cabaceiras do Paraguaçu, Caculé, Caém, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Caldeirão Grande, Camacã, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canápolis, Canarana, Canavieiras, Candeal, Candiba, Cândido Sales, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Casa Nova, Castro Alves, Catolândia, Central, Chorrochó, Cícero Dantas, Cipó, Coaraci, Cocos, Conceição do Coité, Conde, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Curaçá, Dário Meira, Dom Basílio, Elísio Medrado, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Filadélfia, Firmino Alves, Floresta Azul, Formosa do Rio Preto, Gandu, Gavião, Gentio do Ouro, Glória, Gongogi, Guanambi, Guaratinga, Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicaraí, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibititá, Ibotirama, Ichu, Igaporã, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Inhambupe, Ipiaú, Ipirá, Ipupiara, Irajuba, Iramaia,  Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré e Itaetê.

A restrição ainda inclui os municípios de Itagi, Itagibá, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itamaraju, Itamari, Itambé, Itanhém, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itaquara, Itarantim, Itatim, Itiruçu, Itiúba, Itororó, Ituaçu, Ituberá, Jaborandi, Jacaraci, Jacobina, Jaguaquara, Jaguarari, Jandaíra, Jequié, Jiquiriçá, Jeremoabo, Jitaúna, João Dourado, Juazeiro, Jucuruçu, Jussara, Jussari, Jussiape, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedão, Lajedinho, Lajedo do Tabocal, Lamarão, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Macururé, Maetinga, Maiquinique, Mairi, Malhada, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Mansidão, Maracás, Maraú, Marcionílio Souza, Mascote, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Milagres, Mirangaba, Mirante, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Mundo Novo, Muquém do São Francisco, Mutuípe, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Canaã, Nova Fátima, Nova Ibiá, Nova Itarana, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pé de Serra, Pedro Alexandre, Piatã, Pilão Arcado, Pindaí, Pindobaçu, Pintadas, Piraí do Norte, Piripá, Piritiba, Planaltino, Planalto, Poções, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão das Neves, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal e Ribeirão do Largo.

Também estão com transporte suspenso Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Salinas da Margarida, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santa Teresinha, Santaluz, Santana, Santanópolis, São Desidério, São Domingos, São Félix do Coribe, São Gabriel, São José da Vitória, São José do Jacuípe, São Miguel das Matas, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saúde, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Serra Preta, Serrinha, Serrolândia, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Tanquinho, Taperoá, Tapiramutá, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Teolândia, Terra Nova, Tremedal, Tucano, Uauá, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Uibaí, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Utinga, Valença, Valente, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Várzea Nova, Varzedo, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Setur e Sebrae qualificarão guias para atender com segurança na retomada do turismo na Bahia

Terça-feira, 08 de Setembro de 2020 / Bahia

Foto: Pé na trilha

Com o objetivo de capacitar guias turísticos a atender, durante o processo de retomada, de acordo com os protocolos sanitários adotados na pandemia, a Secretaria de Turismo do Estado (Setur) oferece, em parceria com o Sebrae, o Curso de Qualificação em Turismo e Biossegurança para Guias e Condutores da Bahia. As aulas serão ministradas em quatro módulos, de forma virtual e gratuitamente, a partir desta terça-feira (8). As demais etapas do curso ocorrem nos dias 10, 15 e 17 de setembro, para todos os inscritos, cujo número superou as expectativas.

A metodologia utilizada será a explanação de conteúdos através de protocolos, cases, vídeos e slides. Haverá momentos para tirar dúvidas e trocar percepções, bem como a aplicação de uma ferramenta de verificação do aprendizado. Será disponibilizado também aos participantes um e-book com os conteúdos abordados e gravação das oficinas.

“É importante multiplicar estas informações e condutas sanitárias entre os profissionais do turismo para que os visitantes possam ser recebidos com toda a segurança neste início de retomada”, afirma o superintendente de Promoção e de Serviços Turísticos da Setur, Márcio Franco.

Conteúdo

No primeiro dia do curso serão abordados os impactos da pandemia no turismo; tendências para o turismo pós-pandemia e iniciativas de sucesso de alguns destinos pelo mundo. No dia 10, o conteúdo gira em torno das medidas a serem adotadas; sanitização de ambientes (incluindo roupas, equipamentos, etc.); aparência e higiene pessoal; comunicação; monitoramento e marketing pessoal (com dicas de posicionamento de imagem para a retomada do turismo).

As aulas do dia 15 serão sobre o programa Turismo Responsável, Limpo e Seguro, do Ministério do Turismo (MTur); protocolos do MTur: turistas, guias, agências, transportadoras, e como conquistar o Selo Turismo Responsável, Limpo e Seguro.

No encerramento, no dia 17, os temas abordados serão: informações mínimas a clientes; o papel do guia de turismo e condutor de atrativos na segurança do turista; NR 32 – segurança e saúde no trabalho em serviços de saúde e protocolos de biossegurança no atendimento aos primeiros socorros.


Blogbraga/Fonte: Ascom/ Setur

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 851 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas; número total de óbitos desde o início da pandemia é de 5.734

Terça-feira, 08 de Setembro de 2020 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 851 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.448 curados (+0,6%). Dos 272.814 casos confirmados desde o início da pandemia, 259.239 já são considerados curados e 7.841 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível no Business Intelligence.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,32%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.054,08), Almadina (5.893,12), Itabuna (5.221,29), Dário Meira (4.957,98) e Salinas da Margarida (4.793,52).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 512.440 casos descartados e 84.124 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta terça-feira (8).

Na Bahia, 24.034 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. 

Óbitos

O boletim epidemiológico desta terça-feira (8) contabiliza 41 óbitos que ocorreram em diversas datas. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.734, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 55,79% ocorreram no sexo masculino e 44,21% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,39% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,55%, preta com 15,45%, amarela com 0,82%, indígena com 0,10% e não há informação em 14,68% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,04%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,25%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Setor Florestal baiano gera 230 mil empregos e investe em desenvolvimento social

Terça-feira, 08 de Setembro de 2020 / Bahia

Projetos sociais da Bracell beneficiam 64 mil baianos em três regiões

Responsável por gerar 230 mil empregos e contribuir com 5,4% do PIB estadual, o setor florestal potencializa a economia da Bahia, mas também investe no desenvolvimento social onde os investimentos estão alocados. É o que aponta a agenda positiva institucional que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), vem construindo com o segmento, desde o final do ano passado. A Bracell, que faz parte do grupo Royal Golden Eagle (RGE), e é uma das maiores produtoras de celulose solúvel e celulose especial no mundo, com duas operações principais no Brasil - em Camaçari (BA) e em Lençóis Paulista (SP), é um desses exemplos.  

A Bracell na Bahia produz anualmente 500 mil toneladas de celulose solúvel, gera 4 mil empregos diretos e atua em 35 municípios da Região Metropolitana de Salvador, Litoral Norte e Agreste. Seus projetos sociais beneficiam diretamente 64 mil pessoas das comunidades do entorno dessas cidades. Em 2019, a produção da empresa rendeu uma arrecadação de R$ 8 milhões em impostos municipais e R$ 2 milhões em imposto estadual.

“Abrigamos a Bracell, uma das maiores produtoras do mundo de celulose solúvel, um exemplo de qualidade, tecnologia e desenvolvimento sustentável, mas seu comprometimento com nosso estado vai além, o investimento em desenvolvimento social beneficia mais de 60 mil pessoas em três territórios da Bahia. E é isso que construímos neste relacionamento importante com o setor: queremos desenvolvimento econômico atrelado ao desenvolvimento social e humano”, declara o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico.

Um dos projetos mantidos pela companhia é o programa de incentivo ao empreendedorismo rural na região do Litoral Norte e Agreste da Bahia. De acordo com Mouana Fonseca, gerente de Relações Institucionais e Responsabilidade Social da Bracell BA, a empresa tem trabalhado no intuito de contribuir para que as associações aprimorem a organização financeira e gestão. “O programa de empreendedorismo da Bracell capacita as lideranças para que consigam elaborar projetos e acessem editais que incrementem seus negócios sociais, dando-lhes mais autonomia. Só este ano, tivemos quatro grupos produtivos com projetos acessando editais”, explica.

Projetos

Os editais são da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a SDE e a Secretaria do Planejamento (Seplan). Três associações comunitárias ligadas à agricultura familiar, duas no município de Entre Rios e uma em Catu, vão receber cerca de R$ 180 mil. A verba vai garantir a segurança alimentar e nutricional diante da redução do cultivo causada pela pandemia da Covid-19 e deverá beneficiar cerca de 60 famílias de associados.

A Associação de Produtores do Povoado de Prata e Região e a Associação de Agricultores Familiares Mãos Unidas do Imbé e Região irão receber recursos para a produção de alimentos básicos, como hortaliças, frutas, raízes e tubérculos. Já a Associação Comunitária e de Agricultores Familiares da Fazenda Panelas, em Catu, obterá recursos para construir uma horta coletiva no sistema de mandala, aliada à criação de galinhas poedeiras. O quarto projeto selecionado é da
Cooperativa de Trabalho das Costureiras de Inhambupe e Região (Coopecir), que vai produzir 100 mil máscaras artesanais, destinadas pelo Governo do Estado às pessoas em vulnerabilidade social e econômica.

“No começo, não tínhamos informações de gestão, administração de uma cooperativa. Sabíamos costurar. Mas, com a ajuda da Bracell, com as assessorias focadas em cada área, ficamos mais fortes. A vida de todo mundo mudou, principalmente das cooperadas. Antes, elas não tinham renda para contribuir em casa. Hoje, essa realidade mudou. Elas podem ajudar, estão conquistando a independência financeira e voltando a estudar”, orgulha-se a presidente da cooperativa, Jivânia Costa Santos Barbosa.


Blogbraga/Ascom/SDE

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 738 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Terça-feira, 08 de Setembro de 2020 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 738 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 1.099 curados (+0,4%). Dos 271.963 casos confirmados desde o início da pandemia, 257.791 já são considerados curados e 8.479 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,39%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.041,01), Almadina (5.893,12), Itabuna (5.188,46), Dário Meira (4.95,98) e Salinas da Margarida (4.793,52).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 510.157 casos descartados e 84.863 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (07).

Na Bahia, 23.548 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 35 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 5.693, representando uma letalidade de 2,09%. Dentre os óbitos, 55,86% ocorreram no sexo masculino e 44,14% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 52,38% corresponderam a parda, seguidos por branca com 16,49%, preta com 15,46%, amarela com 0,83%, indígena com 0,11% e não há informação em 14,74% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 75,07%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (76,23%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Apreensão de drogas em Itaberaba/BA

Terça-feira, 08 de Setembro de 2020 / Bahia

Guarnição da Rondesp Chapada deteve um indivíduo por posse de drogas no início da noite do último domingo (06/09), nas proximidades da rodoviária em Itaberaba/BA.

A ação se deu durante a Operação Visão Noturna, resultando na apreensão de duas porções de maconha e na condução do indivíduo para a delegacia local.

CPR - CHAPADA
RONDESP CHAPADA


Blogbraga/CPR - CHAPADA - RONDESP CHAPADA

Compartilhar no Whatsapp

Suspeito de homicídio é preso em flagrante na zona rural de Itaberaba-BA.

Terça-feira, 08 de Setembro de 2020 / Bahia

Na noite do último domingo (06/09), no povoado de Gameleira, no município de Itaberaba/BA, duas pessoas foram alvos de disparos de arma de fogo, vindo uma a óbito e a outra foi socorrida. 

Guarnição da Rondesp Chapada e guarnição local, do 11º BPM, diligenciaram à procura dos possíveis autores do crime, obtendo sucesso na prisão em flagrante de um desses, o qual foi apresentado na DT em Itaberaba para formalização do ato.

CPR - CHAPADA
RONDESP CHAPADA


Blogbraga/CPR - CHAPADA - RONDESP CHAPADA

Compartilhar no Whatsapp

Bêbado e sem habilitação, motorista quase atropela PRF e tenta escapar da fiscalização, mas acaba preso na BR 324.

Segunda-feira, 07 de Setembro de 2020 / Bahia

Aos policias, o homem relatou que ‘jogou’ o carro para a outra faixa, pois pensou ter visto um buraco na pista. Sobre a fuga, ele disse que imaginou que fosse uma ambulância querendo passagem.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na noite deste sábado (05) em Capim Grosso (BA) um homem de 18 anos que, sob efeito de bebidas alcoólicas e sem carteira de habilitação, quase atropelou um policial rodoviário federal e ainda tentou fugir da abordagem.

Por volta das 20h15, equipe realizava fiscalização na rodovia, quando um dos PRFs avistou um veículo FIAT/Punto vindo em sua direção. Para não ser atropelado, o policial teve que correr para o acostamento.

Foi dada ordem de parada, porém o condutor desobedeceu o comando e empreendeu fuga pela rodovia, colocando em risco a segurança de todos. Teve início um acompanhamento tático e logo em seguida os agentes conseguiram interceptar o carro.

Durante a abordagem, os policiais identificaram no condutor sinais de que havia ingerido bebida alcoólica, como dificuldade no equilíbrio, olhos vermelhos, forte odor de álcool no hálito, conversa desconexa. Foi lavrado um laudo de constatação de embriaguez.

Os policiais também constataram que o condutor não era apto para dirigir veículo automotor, pois não possuía Carteira Nacional de Habilitação. Com isso, o sujeito foi preso em fragrante pelos crimes, em tese, de embriaguez na direção e dirigir veículo automotor sem possuir CNH, gerando perigo de dano (art. artigo 306 e 309, da Lei nº 9.503/97 – CTB).

Questionado, o rapaz relatou que ‘jogou’ o carro para a outra faixa, pois pensou ter visto um buraco na pista. Sobre a fuga, ele disse que imaginou que, por causa do acionamento das sirenes e giroflex, fosse uma ambulância querendo passagem.

Ele estava acompanhado de dois adolescentes que foram entregues no Conselho Tutelar local.

A PRF alerta que manterá fiscalização rigorosa durante a Operação Independência para combater as possíveis irregularidades no trânsito como ultrapassagens proibidas e a embriaguez ao volante, infrações tidas como causadoras de acidentes graves e muitas vezes fatais. Fiscalizações específicas em veículos de carga e motocicletas, também estão entre os focos das equipes da PRF.

Qualquer usuário que presenciar situação de risco ou imprudência nas rodovias federais pode acionar a PRF através do telefone de emergência 191.


Blogbraga/PRF

Compartilhar no Whatsapp

REGIÃO DE JACOBINA: 24ª CIPM APREENDE PAREDÕES DE SOM EM AGLOMERAÇÃO NA REGIÃO DE OUROLÂNDIA

Segunda-feira, 07 de Setembro de 2020 / Bahia

Na noite do último sábado, 05 de setembro, Policiais Militares do 5º Pelotão dos Municípios de Ourolândia e Umburanas, em conjunto com a Guarda Civil Municipal de Ourolândia, deslocaram até o Povoado Lagoa do 33 no intuito de averiguar uma denúncia anônima de aglomeração de pessoas, as quais escutavam som propagado por aparelhos sonoros, denominado Paredões, instalados em veículos automotivos.

No local, no pátio de um posto de combustível, foi constatada a veracidade da denúncia. Possuía uma grande movimentação de pessoas aglomeradas e carros com som automotivo em alto volume. Diante dos fatos, uma abordagem foi iniciada pelos Policiais e Guardas Municipais, sendo apreendido no local um veículo com um paredão instalado, bem como mais duas caixas de som recolhidas do interior de outro veículo.

Todo material apreendido fora encaminhado para a Sede do 5º Pelotão, onde posteriormente será apresentado na Delegacia de Polícia local.

“Parabenizo os Policiais Militares, bem como agradeço o apoio da Guarda Civil Municipal de Ourolândia, pela excelente ação. Estaremos atentos para combater este mal que tanto perturba o sossego da população.” Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante da 24ª CIPM.

"PM E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM"

Jacobina, 06 de setembro de 2020.
Vitor Costa - Subtenente PM
Chefe do Setor de Comunicação Social da 24ª CIPM

INSTAGRAM: https://instagram.com/24cipm?igshid=h8t25x89o29k
FACEBOOK: https://www.facebook.com/24cipmba/


Blogbraga/24ª CIPM - JACOBINA/BA

Compartilhar no Whatsapp

24ª CIPM PRENDE INDIVÍDUO POR PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO EM JACOBINA

Segunda-feira, 07 de Setembro de 2020 / Bahia

Na noite do último sábado, 05 de setembro, Policiais Militares da 24ª CIPM em Jacobina, na realização de rondas nas proximidades do Mercado Municipal da supramencionada Cidade, recebeu uma denúncia anônima de que havia uma pessoa armada no interior de um Bar anexo ao estabelecimento público.

Diante das informações colhidas, os Policiais iniciaram uma abordagem no local, onde fora logrado êxito na identificação do indivíduo denunciado, o qual foi flagrado portando em sua cintura (01) arma de fogo do tipo revólver, calibre .38, carregada com (06) cartuchos intactos de mesmo calibre.

Ao indivíduo de 31 anos de idade, fora dada voz de prisão e, juntamente com a arma de fogo apreendida, apresentado na sede da 16ª COORPIN em Jacobina, onde o Flagrante Delito fora lavrado pelo Delegado Plantonista.

“Parabenizo os bravos Policiais Militares nesta rápida e exitosa ação, retirando do poder deste indivíduo esta arma de fogo, a qual provavelmente poderia ser instrumento para pratica de crimes na região.” Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante da 24ª CIPM.

"PM E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM"

Jacobina, 06 de setembro de 2020.
Vitor Costa - Subtenente PM
Chefe do Setor de Comunicação Social/Porta Voz do Comando

 
INSTAGRAM: https://instagram.com/24cipm?igshid=h8t25x89o29k
FACEBOOK: https://www.facebook.com/24cipmba/


Blogbraga/24ª CIPM - JACOBINA/BA

Compartilhar no Whatsapp

20º BPM tem ciclo de treinamento em APH de combate para todo o efetivo da CETO e alguns militares da 1ª Cia de Infantaria

Domingo, 06 de Setembro de 2020 / Bahia

Do dia 01 ao dia 03 do corrente mês, ocorreu o ciclo de capacitação em atendimento pré-hospitalar (APH) de combate voltado a todo o efetivo da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) e militares da 1ª Cia de Infantaria voluntários. O APH tático visa a resolução de ocorrências emergenciais em durante a atividade policial militar. Nesses momentos, o PM necessita conhecimentos para o atendimento de outro policial, ou a si próprio, em situação emergencial, a exemplo de militar ferido por arma de fogo ou instrumento cortante.

As instruções se dão ao longo de um dia completo. No período da manhã, os policiais veem o embasamento teórico focado em história do APH em combate, protocolo MARC 1, materiais aplicáveis ao APH em combate. No período da tarde, os policiais passam pela prática com oficinas de tiro e simulação de ferimento em combate e aplicação das técnicas aprendidas.

O Ten Cel PM Cunha, comandante do 20º BPM, ratifica a importância do constante treinamento, em especial de uma habilidade tão importante para o policial militar, o qual está constantemente em situação de risco e passível de necessitar atendimento. Nesse caso, o primeiro atendimento já passa a ser prestado pelo próprio colega de farda.

O comandante agradece o apoio do Cel PM Nilton Paixão, Comandante do CPRN, o qual oportunizou a vinda de 02 prepostos da região metropolitana de Salvador, o Subten PM Nailson e o Sd PM Cleyver, os quais são extremamente qualificados para as instruções.


Blogbraga/Reportagem: Marlon/20º BPM

Compartilhar no Whatsapp

Em carta, Procon-BA e ProconsBrasil pedem medidas contra aumento de preço dos produtos da cesta básica

Sábado, 05 de Setembro de 2020 / Bahia

A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA), que atualmente preside a Asssociação Brasileiras de Procons (ProconsBrasil), encaminhou ofício, nesta sexta-feira (04), à Secretaria Nacional do Consumidor (SENACON), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, ao Ministério da Agricultura e ao Ministério da Economia, solicitando acompanhamento e monitoramento do mercado em relação ao aumentos de preços dos produtos alimentícios, especialmente aqueles que compõem a cesta básica.  

O documento é assinado em articulação com a Associação Nacional do Ministério Público do Consumidor (MPCON) e a Comissão de Defesa do Consumidor, do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Federal).

No documento, as entidades demonstram preocupação com a posição da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) e da Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz), que relatam grande preocupação com o aumento de preços de produtos como arroz, feijão, leite, óleo de soja e carne. O aumento do preço desses alimentos, que em alguns casos chega a 80%, tem sido motivo de reclamação de consumidores em todo o país.

“Pedimos ao governo federal o monitoramento do mercado e providências para amenizar os efeitos da alta dos preços e garantir ao brasileiro acesso aos itens básicos da sua alimentação”, afirma Filipe Vieira, superintendente do Procon-BA e presidente da ProconsBrasil.

A carta assinada pelo órgão da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) pede ainda "medidas adequadas que garantam a defesa do consumidor, através do reequilíbrio entre as exportações e abastecimento do mercado interno", entre outras medidas para a solução do problema.

O documento completo pode ser  acessado aqui


Blogbraga/Assessoria de Comunicação

Compartilhar no Whatsapp

Publicada lista com 125 unidades policiais que ganharão PDP

Sábado, 05 de Setembro de 2020 / Bahia

A lista com 125 unidades das polícias Militar, Civil e Técnica, (click na lista) que receberão R$ 9,7 milhões do Prêmio por Desempenho Policial (PDP) do primeiro semestre de 2020, foi publicada na edição deste sábado (5), do Diário Oficial do Estado (DOE). Servidores que alcançaram redução das mortes violentas serão contemplados.

Na PM, 8,6 seis mil militares lotados em 66 unidades territoriais e especializadas, na capital, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e no interior, serão contemplados. Na Polícia Civil, por sua vez, em 42 unidades, 1,9 mil delegados, escrivães e investigadores receberão o PDP.

Fechando a lista, no Departamento de Polícia Técnica (DPT), 223 peritos de 17 unidades serão beneficiados.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Policiais receberão R$ 9,7 milhões em PDP do 1º semestre

Sábado, 05 de Setembro de 2020 / Bahia

Foto: Blogbraga

Servidores das polícias Militar, Civil e Técnica, que conseguiram reduzir as mortes violentas no primeiro semestre de 2020, nas suas respectivas áreas de atuações, receberão R$ 9,7 milhões através do Prêmio por Desempenho Policial (PDP). Serão pagos valores entre R$ 501 e R$ 1,8 mil, levando em consideração os resultados alcançados.

No total, serão 10,8 mil servidores contemplados. Na PM, 8,6 mil; na PC, 1,9 mil; e no Departamento de Polícia Técnica (DPT), 223 peritos.  A lista completa com as unidades contempladas será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), neste sábado (5).

“Importante destacar o compromisso do Governo do Estado com os baianos. Estamos enfrentando uma pandemia, com consequências também na área econômica, mas o governo permanece reconhecendo o trabalho dos policiais que conquistaram a meta de 6% de redução das mortes violentas”, enfatizou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Lacen completa 105 anos e se torna o maior laboratório público em capacidade para testagem do país

Sábado, 05 de Setembro de 2020 / Bahia

Doenças contagiosas como tuberculose, hanseníase, chagas, entre outras. A água contaminada, o alimento que não tem condições de ser consumido, o produto de limpeza que causa intoxicação. Para identificar tudo isso e muito mais, os 417 municípios baianos contam com o Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Moniz (Lacen-BA), que completa 105 anos de funcionamento na próxima segunda-feira (7), dia da Independência do Brasil. Este ano, o Lacen foi ampliado e tornou-se o maior laboratório público do país em capacidade para testagem da Covid-19.

Somente do coronavírus, a unidade já realizou mais de 268 mil testes, até esta sexta-feira (4). Com a ampliação, a capacidade do Lacen subiu de 400 para 4 mil testes por dia, com 85% dos resultados sendo entregues em até 48 horas. De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, o investimento superior a R$ 2 milhões, em obras e equipamentos, foi planejado em janeiro, no início da pandemia.

“A ampliação compreendeu a construção de um pavilhão, ampliação do laboratório de biologia molecular, aquisição de novos equipamentos e contratação de insumos. Isso alçou o Lacen da Bahia ao principal laboratório público estadual do Brasil na capacidade de realizar exames para coronavírus”, afirma o secretário.

A diretora-geral do Lacen, Arabela Leal, destaca que todo o investimento feito na ampliação do Lacen por causa da Covid-19 vai continuar beneficiando os baianos mesmo depois que a pandemia estiver controlada. “Esta estrutura foi montada para a Bahia. O nosso laboratório de saúde pública está estruturado para o que vier. Temos também um projeto para a implantação do laboratório com nível de segurança 3, que nós ainda não temos”.

Funcionamento 24 horas

Segundo a diretora-geral, com a pandemia, a unidade passou a funcionar com uma estrutura de emergência. “Os exames da Covid-19 precisam sair em grande volume e rapidamente, para darmos a resposta que a população precisa. Nós passamos a trabalhar 24 horas, 7 dias por semana”. As outras atividades continuam sendo realizadas normalmente. Na parte superior da nova ala, está montado um laboratório de vigilância sanitária, que faz análises químicas de água, alimentos, produtos de limpeza, entre outros.

Por ser um Laboratório de Saúde Pública, o Lacen está relacionado às vigilâncias Sanitária, Epidemiológica e à Saúde do Trabalhador, explica Arabela Leal. “E nós atuamos de forma transversal, fazendo a análise dos dados. Quando a vigilância sanitária de algum município faz a apreensão de algum produto ou alimento, ou quando há a suspeita de um surto, todo esse material vem para o Lacen. Então, esta é uma ação conjunta de vigilância. Nós atuamos durante todo o ano, em parceria com as unidades sentinelas do Estado e dos municípios, que nos enviam as amostras”.

Funcionário da prefeitura de Bonito, na Chapada Diamantina, Ronie Oliveira é o encarregado de trazer o material coletado no município para ser analisado no Lacen. “Cinco vezes por semana, a gente vem trazer o material dos moradores para o diagnóstico do coronavírus. O atendimento é ótimo, rápido e eficaz. Não temos nada para reclamar”, comenta.

Prata da casa

Uma das mais antigas da unidade, a funcionária Ivete Sacramento está há 35 anos no Lacen. “Neste tempo todo, o Lacen melhorou muito. Aqui na bacteriologia, temos equipamentos novos. A gente consegue receber a bactéria pela manhã, coloca no aparelho e já tem o resultado à tarde. Também vi ser construído este novo prédio, que proporcionou mais espaço, com equipamentos modernos. É uma evolução mesmo”.

No total, o Lacen possui 360 funcionários atuando nos três turnos. “Além disso, nós estamos também com o Laboratório Municipal de Referência Regional, em Jequié, contamos com unidades em Porto Seguro, Paulo Afonso, Vitória da Conquista e ainda temos parceria com duas universidades, em Barreiras, no oeste, e Ilhéus, no sul da Bahia. Além disso, temos a Rede Estadual de Laboratórios de Saúde Pública [Relsp], que conta com a parceria com 12 municípios, e a Rede Estadual de Laboratórios da Qualidade da Água, com mais 12 municípios também”, detalha Arabela Leal.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

JACOBINA/BA: NOTA À SOCIEDADE SOBRE AS COMEMORAÇÕES ALUSIVAS AO 7 DE SETEMBRO

Sábado, 05 de Setembro de 2020 / Bahia

O Comandante da 24ª CIPM, Major PM Flailton Oliveira, se pronuncia para toda sociedade da área de jurisdição da Unidade, abrangendo 11 municípios, que este ano a 24ª CIPM irá se abster de participar de qualquer ato em comemorações alusivas ao 7 de setembro, neste ano de 2020, tendo em vista sua  suspensão em todo território baiano.

Esta decisão originou-se por recomendação emitida pela Polícia Militar da Bahia (PMBA), e nos decretos do Governo do Estado, que preocupado com a possibilidade de aglomeração e no intuito de preservar vidas, frente ao momento pandemico que vivemos, determina que esta Instituição se abstenha de participar de quaisquer eventos comemorativos alusivos ao 7 de Setembro, tais como desfiles, paradas, demonstrações ou outras situações que possam causar aglomerações de pessoas.

Vale ressaltar que esta recomendação também  encontra-se alinhada à diretrizes Ministerial do Governo Federal, no que tange à participação das Forças Armadas de igual natureza, conforme portaria nº 2621/GM-MD.

"No ano em curso, infelizmente não poderemos aplicar tão grandioso Ato em homenagem ao dia que comemoramos a Independência do Brasil, porém tenho certeza que o nosso patriotismo dará  continuidade dentro dos nossos corações! Disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante da 24ª CIPM.

"PM E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM"

Jacobina, 05 de setembro de 2020.
Vitor Costa - Subtenente PM
Chefe do Setor de Comunicação Social/Porta Voz do Comando

INSTAGRAM: https://instagram.com/24cipm?igshid=h8t25x89o29k
FACEBOOK: https://www.facebook.com/24cipmba/


Blogbraga/24ª CIPM - JACOBINA/BA

Compartilhar no Whatsapp
TOP Qualidade 2020
Rádio Cidade FM 95,9
Facebook
Tempo
Moeda
Conversor de Moeda
Cotação

Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
Contabilidade Rio Grande - Parceira dessa Causa
PARCEIROS
Casa da Ferramenta Casa da Informática ASMAT Jaú G7 NET Grupo Marabá DPVAT Extreme LH Madeiras P&F Dupará Açaí Luz motos Polícia Civil DBT Imperial ORIX PM Contabilidade Rondon Vida Farma Guarda Municipal Neli Global Sportime CISO Ofertas - Hiper Santo Antonio Minas Aço Midori Paisagismo Posto Delicia Rivaldo Sutrans Oeste Beton Paraíba AFS Dique Denuncia Casa do Marceneiro Online Celulares