Governo da Bahia Embasa

NOTÍCIAS

RÉVEILLON: Operação surpreende assaltantes de banco em festa da virada

Sexta-feira, 01 de Janeiro de 2021 / Bahia

Grupo envolvido com ataques a agências da Caixa Econômica Federal, em Salvador, foi surpreendido por equipes da Secretaria da Segurança Pública e da Polícia Federal, na madrugada desta sexta-feira (1), na cidade de Lauro de Freitas. O grupo comemorava o réveillon com mais nove mulheres.

Equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Coordenação de Operações Especiais (COE), da 52ª CIPM e da PF cercaram o imóvel, em Vilas do Atlântico, e iniciaram o processo para cumprimento de prisões.

Na entrada, dois criminosos pularam para uma casa ao lado e fizeram uma criança de refém. Investigadores da COE iniciaram o processo de negociação e os assaltantes acabaram se rendendo. O garoto não teve ferimentos.

Durante varreduras na casa alugada pelos criminosos, os policiais encontraram porções de maconha e farta quantidade de bebida alcoólica.

No total, foram conduzidos para o Draco seis suspeitos. O grupo passa, nesse momento, pelo processo de identificação criminal.


Blogbraga/SSP-BA

Compartilhar no Whatsapp

Três são presos em operação em Jacobina/BA

Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2020 / Bahia

Equipes da 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Jacobina, deflagraram, nesta quarta-feira (30), a operação Pré-Virada, com o objetivo de localizar suspeitos de integrar uma quadrilha de traficantes.

Durante a operação uma mulher, que vinha sendo investigada por policiais da unidade, foi presa em flagrante com maconha e crack. Autuada por tráfico de drogas, a suspeita já está à disposição da Justiça.

Diligências realizadas na zona rural de Miguel Calmon, também resultaram em outra prisão em flagrante. Uma arma de fogo, calibre 12 milímetros foi apreendida, após os suspeitos dispararem contra as equipes policiais.

Um deles ficou ferido e foi socorrido para uma unidade de saúde, enquanto o comparsa foi encaminhado para a sede da Coorpin. Os suspeitos que conseguiram escapar do cerco policial, já estão identificados e novas ações serão realizadas para localizá-los.


Blogbraga/Ascom-PC

Compartilhar no Whatsapp

Nelson Leal celebra mais de R$ 12,2 milhões no caixa da ALBA e dispensa, de forma inédita, “pires na mão” da suplementação junto ao Governo do Estado

Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2020 / Bahia

Economia no Legislativo baiano foi de R$ 39 milhões nos comparativos de gastos em 2019 e 2020

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia - ALBA, deputado Nelson Leal anunciou o fechamento do ano fiscal de 2020 do Legislativo com um saldo em caixa, hoje (31.12), de R$ 12.261.00 e, pela primeira vez na história da Assembleia, a Casa dispensará o “tradicional pires na mão”, que é o pedido de suplementação orçamentária, no final do ano, junto ao Governo do Estado. 

“Em 2019, o total de gastos da ALBA foi de R$ 733 milhões, enquanto fechamos, este ano, com despesas no total de R$ 694 milhões, inclusive pagando R$ 30 milhões do valor decorrente da implementação do Plano de Cargos e Salários (PCS). Ou seja, sem as despesas do PCS, teríamos uma economia de R$ 69 milhões”, destaca o chefe do Legislativo baiano. 

Leal diz que a ALBA tem um déficite histórico e que a suplementação anual, feita pelo Governo do Estado, é quase imprescindível. “A suplementação é apenas a correção de uma distorção orçamentária. Mas, entendendo a situação econômica da Bahia e do Brasil, por causa da pandemia da Covid-19, utilizamos um ‘torniquete financeiro’ e reduzimos drasticamente as despesas, eliminando tudo que podia ser considerado supérfluo. Fechamos 2020 com dinheiro em caixa e, pela primeira vez na história, junto ao Governo do Estado, não iremos, tradicionalmente, ‘passar o pires’. O Parlamento baiano dá a sua contribuição efetiva e o exemplo de austeridade nesses tempos de escassez e grandes dificuldades”, diz o presidente da ALBA. 

Aproveitando a data, ele também externou os seus votos Ano Novo. “Com certeza, teremos um 2021 melhor que 2020, porque esse ano que está se findando é de muita dor, de perdas e de luto. Pelo menos 2021 já se inicia com a esperança da vacina, que já é realidade em muitos países. Um bom Ano Novo, de muita saúde, para todo o planeta, mas, especialmente,  para o povo baiano”, desejou Nelson Leal. 
 
RECESSO

O recesso parlamentar, que costumeiramente sempre se inicia após o Natal, deverá somente ser começado na segunda quinzena de Janeiro de 2021. A próxima sessão legislativa está marcada para segunda-feira (4.01) às 14h, quando será votada a revalidação dos decretos de calamidade pública, em razão dos efeitos da Covid-19, nos municípios da Bahia. Também, nessa mesma data, serão empossados os deputados estaduais Bira Coroa (PT) e Carlos Ubaldino (PSD), que assumem, respectivamente, no lugar dos prefeitos empossados Zé Cocá (PP), em Jequié, e Jânio Natal (PL), em Porto Seguro.


Blogbraga/ALBA - Assessoria da Presidência

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 2.847 novos casos da Covid-19 nas últimas 24 horas e o número total de óbitos desde o início da pandemia é de 9.100

Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2020 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.847 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 2.743 recuperados (+0,6%). Dos 490.538 casos confirmados desde o início da pandemia, 475.611 já são considerados recuperados, 5.827 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,54%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (10.286,05), Muniz Ferreira (8.420,91), Conceição do Coité (8.297,30), Pintadas (8.000,38) e Jucuruçu (7.900,50).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 882.701 casos descartados e 123.539 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (30).

Na Bahia, 36.515 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completoclique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 28 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 9.100, representando uma letalidade de 1,86%. Dentre os óbitos, 56,56% ocorreram no sexo masculino e 43,44% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,84% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,89%, preta com 14,60%, amarela com 0,67%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,87% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,84%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,49%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Lei de Diretrizes Orçamentárias da Bahia para 2021 é aprovada na Alba

Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2020 / Bahia

Foto: Ascom Alba

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do Estado da Bahia para o ano de 2021 foi aprovada, em segundo turno, pela Assembleia Legislativa do Estado (Alba) nesta quarta-feira (30), durante sessão extraordinária. Constam no texto as metas fiscais e prioridades a serem alcançadas pela gestão estadual. O documento, que estabelece as diretrizes orçamentárias do Governo do Estado para o próximo ano, foi entregue pelo secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, ao presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Nelson Leal, no dia 14 de maio.

O secretário agradeceu às deputadas e deputados pela aprovação da LDO. “Agradecemos ao presidente da Alba, Nelson Leal, ao relator da proposta, Zé Cocá, ao líder do Governo, Rosemberg Pinto, e a todas as deputadas e deputados que aprovaram a proposta encaminhada pelo Executivo, pelo compromisso com o desenvolvimento sustentável da Bahia”, disse Pinheiro.

O secretário destacou algumas prioridades do Poder Executivo para o ano de 2021. “Cabe destacar, dentre outras, a vigilância e atenção à saúde de forma regionalizada, o acesso e permanência dos estudantes no sistema de ensino, bem como a inclusão socioprodutiva de jovens, mulheres, negros e populações tradicionais ao mundo do trabalho”, ressaltou Pinheiro.

A assistência social (proteção social) e segurança alimentar e nutricional, em especial nas populações em situação de vulnerabilidade e o uso de tecnologias e policiamento de base comunitária para a prevenção e enfrentamento à violência também se destacam entre as prioridades previstas no documento, juntamente com o acesso à água e cobertura de esgotamento sanitário, em especial no meio rural, e a prevenção aos desastres ambientais e sanitários com foco na contenção de encostas.

O projeto foi elaborado em conformidade com o disposto na Constituição Federal, na Constituição Estadual e na Lei Complementar Federal n.º 101, de 04 de maio de 2000, Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).


Blogbraga/Assessoria de Comunicação Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Incra libera R$ 6,2 milhões do Crédito Habitacional na Bahia

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2020 / Bahia

Essa é a primeira parcela dos contratos para construção de 366 moradias 

Foram autorizados, nesta terça-feira (29), depósitos que totalizam R$ 6,2 milhões em contas de 366 famílias assentadas na Bahia. Trata-se da primeira parcela do Crédito Instalação, nas modalidades Habitacional e Reforma Habitacional, para a construção ou melhoria de casas em assentamentos. 

A segunda parcela, de mesmo valor, será liberada após o técnico responsável e o beneficiário atestarem o andamento da obra. 

As famílias contempladas vivem em 16 assentamentos que ficam em 12 municípios baianos. São eles: Prado, Maraú, Wenceslau Guimarães, Itapicuru, Sento Sé, Quijingue, Tucano, Nova Soure, Santo Amaro, Ipirá e Sobradinho. 

A modalidade Habitacional viabiliza a construção de moradias em assentamentos criados ou reconhecidos pelo Incra. O valor disponibilizado é de até R$ 34 mil por família. No caso da Reforma Habitacional, os recursos, de até 17 mil, são destinados à aquisição de materiais de construção para reformar e ampliar as habitações. 

O superintendente do Incra na Bahia, Paulo Emmanuel Alves, destaca a importância de garantir dignidade e assegurar o bem-estar dos assentados. “Além disso, os recursos aquecem a economia devido à contratação de serviço de mão de obra e aquisição de material de construção no comércio dessas regiões”, ressalta Alves. 

De acordo com o gestor, inicialmente serão atendidas as famílias ainda sem moradia. “Há uma demanda represada e estamos priorizando aquelas que estão sem casas”, afirma.

Alegria

A agricultora Irenilda Batista dos Santos, 36 anos, que vive no assentamento Bela Vista 3, no município de Tucano, conta os dias para o início de sua obra. “Estou muito feliz. Depois da conquista do lote, é o momento mais importante”, revela. 

No dia 10 de janeiro, com o início das obras, o sonho da agricultora começa a ganhar forma, fundação e argamassa. A sua casa vai ter dois quartos, um banheiro, sala, cozinha e área de serviço. “Vai ter também cerâmica, telas, reboco e pintura”, planeja a assentada que é mãe de dois filhos. 

Critérios 

Para acessar as linhas Habitacional e Reforma Habitacional é preciso atender alguns requisitos. Entre eles estão o de não ser titular de qualquer residência, nem ter contratos de financiamento habitacional - nem mesmo pelo Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR). O candidato também não pode ter sido atendido com as modalidades anteriores Habitação, Aquisição de Materiais de Construção e Recuperação em valor acima de R$ 10 mil. 

Outras exigências são as de constar na Relação de Beneficiário do Incra e ter a situação regularizada no sistema. É necessário ter o Contrato de Concessão de Uso (CCU) ou o Título de Domínio (TD), com o lote demarcado ou o pré-projeto de parcelamento aprovado. É indispensável, ainda, estar no CadÚnico e não constar na Dívida Ativa da União. 

Empresas parceiras

Os recursos serão depositados em uma conta específica e sacados com cartão magnético pelo próprio beneficiário. Com isso, poderão contratar empresas parceiras, habilitadas por meio de edital aberto pelo Incra na Bahia. 

Os pagamentos vão ser realizados pelo assentado diretamente ao fornecedor e ao prestador de serviços.


Blogbraga/Assessoria de Comunicação Social do Incra/BA

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Estado antecipa R$ 180,6 mi de ICMS e IPVA aos 417 municípios baianos

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2020 / Bahia

Imagem ilustrativa

Conforme anunciado na semana passada pelo governador Rui Costa em suas redes sociais, os 417 municípios baianos receberam nesta quarta (30), do Governo do Estado, R$ 180,6 milhões correspondentes à antecipação das receitas do ICMS e do IPVA arrecadados nos últimos dias 28 e 29, que só seriam repassados em janeiro conforme o calendário das transferências constitucionais. A antecipação foi solicitada pela União dos Municípios da Bahia (UPB).

Originalmente estava previsto o repasse apenas do ICMS arrecadado, mas, após entendimento com o Banco do Brasil, o IPVA foi acrescentado, e o governo antecipou ainda o aporte de R$ 126,1 milhões ao Fundeb – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, com recursos provenientes dos três impostos estaduais (ICMS, IPVA e ITD). Ao todo, foram antecipados aos municípios R$ 306,7 milhões.

Maiores cotas

Só de ICMS, foram antecipados R$ 178,6 milhões referentes à arrecadação dos dias 28 e 29. A maior cota de antecipação do imposto coube à capital baiana: Salvador recebeu nesta quarta R$ 22,1 milhões. Em seguida, os maiores valores foram para Camaçari (R$ 15,2 milhões), São Francisco do Conde (R$ 13,9 milhões), Feira de Santana (R$ 7,4 milhões), Simões Filho (R$ 4,5 milhões), Candeias (R$ 4,3 milhões), Luís Eduardo Magalhães (R$ 3,7 milhões), São Desidério (R$ 3,4 milhões), Paulo Afonso (R$ 3,4 milhões) e Vitória da Conquista (R$ 3,2 milhões).

O governo já havia repassado aos 417 municípios, nesta terça (29), R$ 120,8 milhões de ICMS, IPVA e Fundeb, relativos à arrecadação registrada entre os dias 21 e 25 de dezembro. A arrecadação relativa à movimentação econômica desta quarta (30), último dia antes do tradicional feriado bancário do dia 31, será repassada em 5 de janeiro.

Alívio para os municípios

Ao anunciar a antecipação dos valores por solicitação da UPB, o governador ressaltou o alívio para os cofres dos municípios pressionados pelos gastos exigidos pelo combate à crise sanitária. “Num ano atípico como 2020, em que todos os entes federativos sofreram com os impactos da pandemia e ainda arcam com as despesas exigidas pela área de saúde, a antecipação é um alívio no caixa dos municípios”, avaliou Rui Costa.

Viabilizar a antecipação foi possível graças ao esforço do Governo do Estado para retomar o ritmo da arrecadação que havia sido afetado negativamente nos primeiros meses da pandemia, ressaltou o secretário da Fazenda, Manoel Vitório. Ele lembrou que a arrecadação estadual deve alcançar este ano patamar similar ao de 2019, o que se reflete nas transferências aos municípios.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Seis mil PMs fiscalizarão praias, hoteis, bares e condomínios no dia 31

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2020 / Bahia

Seis mil policiais militares atuarão no dia 31 de dezembro, fiscalizando possíveis festas ilegais, na Bahia. Unidades territoriais e especializadas darão atenção especial às praias, condomínios, hoteis, bares e espaços com histórico de eventos.

Em Salvador, os bairros da orla marítima contarão com patrulhamento reforçado. Viaturas quatro e duas rodas, além de aeronaves serão empregadas. Regiões mais populares, com registros recentes de paredões, também serão verificadas.

Na RMS e interior, principalmente nas cidades turísticas, as guarnições realizarão patrulhamento terrestre e, se necessário, com uso de embarcações para acessos à ilhas.

“Contamos com a população. Baianos e turistas precisam colaborar e respeitar os decretos estaduais”, declarou o comandante de Operações da PM, coronel Humberto Sturaro.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Crea-BA empossa novo presidente que mora em Barreiras, no dia 04 de janeiro

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2020 / Bahia

Solenidade online será realizada a partir das 8 horas pelo canal do Crea-BA no Youtube

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia realiza nesta segunda-feira (04/01) a posse administrativa do novo presidente – triênio 2021-2023 – engenheiro agrimensor Joseval Carqueija. Devido às medidas de prevenção ao novo coronavírus, a solenidade será transmitida ao vivo pelo Canal do Crea-BA no Youtube (youtube/creaba1), a partir das 8 horas.

Estão confirmadas as participações no evento online o presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia da Bahia, Joel Kruger; e o presidente da Caixa de Assistência de Profissionais do Crea – Mútua, Paulo Guimarães. 

Na ocasião, o vice-presidente do Crea-BA, José Francisco Ramalho, empossará o novo gestor. Assim que tomar posse, Joseval Carqueija vai empossar a diretora-geral da Mútua-BA, Karen Daniela Melo Miranda; o diretor financeiro Anderson Ambrósio e o diretor administrativo Danilo Ferreira.

No período da tarde, o presidente fará um bate-papo com os funcionários do Crea-BA. Na oportunidade, apresentará sua nova equipe de trabalho.

Joseval Costa Carqueija é Engenheiro Agrimensor, especialista em geotecnologias, 42 anos, casado e pai de duas meninas. De família maragogipana, Carqueija reside em Barreiras desde 2007, onde atua profissionalmente como autônomo e empresário.

É responsável pela criação do Crea Junior na Bahia, em 2011, coordenando as primeiras ações, motivado pelo desejo de ver o engajamento dos profissionais, principalmente a juventude, com as questões que envolvem o Sistema.

Já foi dirigente de associações de classe profissional, diretor administrativo e conselheiro do Crea-BA, diretor geral da Caixa de Assistência do Conselho e coordenador nacional das Câmaras de Agrimensura do Confea.

Foi responsável pela fundação de várias associações, entre elas estão: AELEN, ASSEOB, ASSEPB, ABECA - PE, ABEMEC-BA, Aprogeo-BA, Afeagi, Agrolem, Aep-BA e Aseab.


Blogbraga/CREA-BA

Compartilhar no Whatsapp

PORTO SEGURO: Justiça atende pedido do Governo do Estado e suspende festas no Sul da Bahia

Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2020 / Bahia

Porto Seguro - Foto: Blogbraga

À pedido da Procuradoria Geral do Estado, a desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia Cinthya Maria Pina Resende suspendeu a eficácia da decisão do juiz plantonista da Comarca de Porto Seguro que autorizou da realização de eventos festivos de fim de ano na referida cidade.

“O perigo da demora de uma decisão judicial é latente, considerando o notório volume de eventos programados e as notícias veiculadas nos meios de comunicação nacional e na rede mundial de computadores, da circulação de pessoas e desembarque de passageiros ao Município de Porto Seguro, bem como, diante da vigência da norma Estadual retromencionada, o que poderá, a despeito das deliberações pelos entes federativos interessados, ensejar perigosa e catastrófica aceleração do processo contaminação pela COVID-19, impondo reflexos irreparáveis em toda a população regional e local”, pontou a magistrada.

Ainda de acordo com a desembargadora, a decisão contestada pela PGE, subjuga a decisão emanada do Tribunal de Justiça da Bahia, detentor da atribuição para conhecer e julgar demandas envolvendo municípios do Estado e o Estado da Bahia, na medida em que determina, por decisão judicial, o suprimento da autorização municipal para realização de eventos, bem como determina a comunicação acerca da necessidade de efetivo Policial Militar, para tornar viável a realização dos eventos pelos quais o Tribunal fundamentadamente deliberou pela proibição, em clara burla a usurpação de competência constitucional do TJBA, a quem compete apreciar tal matéria.

Para a Procuradoria Geral do Estado, a liberação de tais eventos pelo juiz plantonista da Comarca de Porto Seguro configura usurpação de competência do TJBA, “considerando que qualquer medida impositiva do cumprimento de um dever ao município de Porto Seguro só pode ser outorgada pelo TJBA, juiz natural nos termos da Constituição do Estado da Bahia para processar demandas entre o Estado da Bahia e seus Municípios”.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

PIONEIRA NA TRANSIÇÃO ENERGÉTICA NO BRASIL, NEOENERGIA TEM ENERGIA LIMPA COMO FOCO ESTRATÉGICO DO NEGÓCIO

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2020 / Bahia

Catorze anos após a inauguração do seu primeiro parque, companhia mantém prioridade em energia renovável e vai triplicar capacidade de geração eólica nos estados da Bahia, Rio Grande do Norte e Paraíba

A economia brasileira passou por diversas transformações nos últimos anos. Uma mudança positiva foi o crescimento da energia eólica no país, passando de uma capacidade instalada de 230 MW em 2006 para 15,5 MW em 2019. A Neoenergia, controladora da Coelba, foi pioneira na transição energética nacional, iniciando a operação do seu primeiro complexo eólico há 14 anos. Agora, com 17 parques em funcionamento, 27 em construção e novos projetos no radar, a companhia vai triplicar a capacidade instalada dessa fonte limpa até 2022, atingindo 1,6 GW. O fornecimento de energias renováveis é o core business da companhia, alinhada à estratégia global da Iberdrola, seu acionista controlador, que é líder no modelo energético sustentável. 

“A expansão da carteira de renováveis, principalmente de geração eólica, é prioridade para nós. Acreditamos na retomada verde após a crise econômica e, por isso, mantivemos os nossos investimentos em 2020, com destaque para o avanço das obras no Complexo Eólico Chafariz, na Paraíba, além do início da construção do Complexo Oitis e da aquisição de novos projetos na Bahia. Sabemos da relevância da energia eólica para a economia e as comunidades onde os projetos em desenvolvimento e operação estão inseridos”, afirma a diretora de Renováveis da Neoenergia, Laura Porto. 

Hoje, a companhia possui capacidade instalada de 516 MW, em 17 parques nos estados da Bahia, do Rio Grande do Norte e da Paraíba. Essa energia é suficiente para abastecer mais de 1,1 milhão de casas e evitar a emissão de mais de 830 mil toneladas de CO2. 

O primeiro parque eólico da Neoenergia, Rio do Fogo (RN), que teve a operação iniciada em 2006, foi também um dos pioneiros no país. Além disso, foi o primeiro projeto de energia eólica a receber incentivo por meio do Proinfa (Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia), iniciativa criada pelo governo federal em 2002 para estimular a utilização de fontes renováveis, como eólica, hídrica (através de pequenas centrais hidrelétricas) e biomassa. O parque tem 62 aerogeradores, que somam capacidade instalada de 49,3 MW.  

Desde a inauguração de Rio do Fogo, os equipamentos para geração eólica evoluíram e ganharam mais eficiência. Os aerogeradores que serão utilizados pela Neoenergia no Complexo Eólico Oitis – que teve a sua construção iniciada em novembro, três meses antes do previsto, e entrará em operação em 2022 – são de um dos mais modernos modelos do mundo, com capacidade unitária de 5,5 MW, quase 7 vezes mais do que o modelo instalado em Rio do Fogo, e 126 metros de altura, o equivalente a um prédio de 25 andares.  

Oitis será o maior complexo eólico terrestre da Iberdrola na América Latina e o segundo maior do mundo, com potência de 566,5 MW em 12 parques, sendo dois na Bahia e dez no Piauí. “Nossos novos complexos eólicos marcam uma mudança no modelo de negócios, mais voltado para o mercado livre de energia, para atender a uma demanda crescente das empresas por energia limpa. Em Oitis, 96% da energia será destinada ao Ambiente de Contratação Livre. A utilização de fontes renováveis, com foco em eólica e solar, é uma importante prática sustentável, reconhecida pelo mercado e pelos índices de bolsas de valores”, afirma a superintendente de Desenvolvimento de Negócios Renováveis da Neoenergia, Thaisa Almeida.  

Está em construção também o Complexo Eólico Chafariz, na Paraíba, com 87,5% das obras civis concluídas em pouco mais de um ano. Em janeiro de 2021, será iniciada a montagem dos aerogeradores. “Além da geração de energia limpa a partir de 2022, o empreendimento é fonte de geração de emprego e de renda para a região de Santa Luzia, município do Sertão paraibano. Em novembro, havia 1.423 pessoas trabalhando nas obras”, diz o superintendente de Projetos Renováveis da Neoenergia, Leandro Montanher.  

Além dos parques já em desenvolvimento, a Neoenergia adquiriu projetos pipeline de geração eólica na Bahia, com potencial a ser instalado de 400 MW. A companhia também anunciou a sua entrada na geração fotovoltaica centralizada, com a construção da Usina Solar Luzia, também na Paraíba, que tem potência de 149,3 MWdc e deve entrar em operação no segundo semestre de 2022.  

Crescimento no Brasil  

A companhia está alinhada às projeções nacionais, que são de ainda mais destaque para energia eólica. De acordo com o Plano Decenal da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), eólica e solar deverão representar 12% da capacidade instalada em 2021, um total de 20.487 MW, e saltar para 20% em 2030, com 40.666 MW.  

A instalação de parques eólicos contribui para melhorar a qualidade de vida das comunidades no entorno dos empreendimentos – no Brasil, 80% deles estão no Nordeste. Entre 2000 e 2010, o Índice de Desenvolvimento Humano do Município (IDHM) em localidades que haviam recebido investimentos em energia eólica aumentou 20%, segundo um estudo da consultoria GO Associados publicada pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica).   

Estratégia global  

A Iberdrola também tem como prioridade a expansão das energias renováveis, que receberão mais da metade dos investimentos previstos até 2025. Essa estratégia está em consonância com os compromissos do grupo em atender as políticas de meio ambiente, como a meta de neutralizar as emissões de carbono em 2030. A Neoenergia e o seu acionista controlador estão pactuados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pelas Nações Unidas na Agenda 2030, prioritariamente ao acesso à energia limpa e o combate às mudanças climáticas.  

SOBRE A NEOENERGIA: companhia de capital aberto com ações (NEOE3) negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. Parte do grupo espanhol Iberdrola, a empresa atua no Brasil desde 1997, sendo atualmente uma das líderes do setor elétrico do país. Presente em 18 estados, seus negócios estão divididos nas áreas de geração, transmissão, distribuição e comercialização. As suas distribuidoras, Coelba (BA), Celpe (PE), Cosern (RN) e Elektro (SP/MS), atendem a mais de 14 milhões de clientes, o equivalente a uma população superior a 34 milhões de pessoas.  

A Neoenergia possui 4 GW em geração, sendo 88% de energia renovável, e está implementando mais 1 GW com a construção de novos parques eólicos. Em transmissão, são 679 km de linhas e cerca de 5.000 km em construção. Por meio do Instituto Neoenergia, fomenta o desenvolvimento sustentável a partir de ações socioambientais e, assim, contribui para a melhoria da qualidade de vida das comunidades onde a empresa atua, sobretudo, pessoas mais vulneráveis, visando sempre pelo desenvolvimento sustentável. A partir de janeiro de 2021, a Neoenergia passa a integrar a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 – Brasil, Bolsa, Balcão – que reúne companhias que possuem as melhores práticas de governança e sustentabilidade corporativa. 


Blogbraga/Coelba

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Governo entrega mais 10 mil máscaras para comunidades atendidas pela Sepromi

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2020 / Bahia

O Governo do Estado enviou, nesta terça-feira (29), 10 mil máscaras reutilizáveis de tecido para distribuição em comunidades atendidas pelos programas da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). Com estas, mais de 160 mil unidades já foram entregues para a Sepromi, desde o início da pandemia do Coronavírus. As máscaras são destinadas para famílias de comunidades das periferias, dos segmentos quilombolas, indígenas, fundos e fechos de pasto, geraizeiros, extrativistas, dentre outros.

As máscaras foram adquiridas junto a 603 associações, cooperativas e empresas habilitadas para a produção de mais de 12,5 milhões de unidades, gerando oportunidade de trabalho em toda a Bahia, numa ação realizada em parceria entre as secretarias do Planejamento (Seplan), Desenvolvimento Econômico (SDE) e Desenvolvimento Rural (SDR). Além destas, o Governo do Estado adquiriu outras 2,6 milhões de máscaras através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). 

“O uso das máscaras amplia a proteção da população contra o Coronavírus, por isso estamos distribuindo este item de proteção em todo o território baiano. A pandemia não acabou e estamos vivendo um momento de crescimento da taxa de contágio em todo o país, por isso vale ressaltar que as pessoas precisam exercitar o distanciamento social, usar máscara, álcool e lavar as mãos constantemente”, destaca o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro. 

“Esta iniciativa soma de maneira expressiva ao conjunto de ações do Governo do Estado para a população negra e segmentos tradicionais, público majoritariamente atingindo pela Covid-19, em virtude do racismo e desigualdades sociais históricas. Também temos desenvolvendo campanhas de orientação, parcerias com diversas organizações, além do Edital da Década Afrodescendente, com projetos focados no fortalecimento econômico”, completou a titular da Sepromi, Fabya Reis.


Blogbraga/Assessoria de Comunicação Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

POLÍCIA MILITAR FAZ AÇÃO EDUCATIVA BUSCANDO CONSCIENTIZAR A POPULAÇÃO TOMAR MEDIDAS DE PREVENÇÃO CONTRA O CORONAVÍRUS

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2020 / Bahia

A Polícia Militar na Bahia começou nesta segunda-feira (28), a divulgação de mensagens educativas de alerta à população sobre medidas de prevenção referente a pandemia.

As mensagens continuarão sendo divulgadas até o dia 03 de janeiro de 2021. Usar máscara e respeitar o distanciamento social, impedindo aglomerações, são as principais recomendações.

Segue na íntegra o teor da mensagem divulgada pela Polícia Militar:

“ATENÇÃO POPULAÇÃO, A PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU. EVITE AGLOMERAÇÃO E USE MÁSCARA SEMPRE QUE PRECISAR SAIR. PREVINA-SE NÃO DEIXE O CORONAVÍRUS VIRAR O ANO COM VOCÊ! A POLÍCIA MILITAR ESTÁ NAS RUAS PARA LEVAR TRANQUILIDADE E SEGURANÇA A TODOS OS BAIANOS. PM E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM.”


BlogBraga: Repórter Paiva/ POLÍCIA MILITAR

Compartilhar no Whatsapp

Fábrica têxtil investe R$ 2,8 milhões em ampliação de unidade em Santo Antônio de Jesus

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2020 / Bahia

Com investimentos de R$ 2,8 milhões, a indústria têxtil Dubahia vai ampliar sua fábrica, instalada em Santo Antônio de Jesus. A empresa, que fornece matéria prima para indústria calçadista, assinou protocolo de intenções com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), na segunda-feira (28). A companhia passará a produzir palmilhas e beneficiará couraças, além de aumentar a produção atual de tecidos dublados (processo de colagem entre tecidos diversos ou espumas), espumas em PU, tecidos sem dublar e dublagem a termoponto. A empresa vai manter os 46 empregos diretos e criar 17 novos.

“O setor de calçados e componentes é um dos maiores empregadores da indústria, fora da Região Metropolitana. Estamos assinando protocolo com uma empresa fornecedora de matéria prima e é importante dizer que temos aqui todas as etapas de produção do segmento. As empresas têm inovado, investido em novos produtos e tecnologias para atender às demandas do mercado”, declara o vice-governador João Leão, secretário da pasta.

“As crescentes demandas do setor e a necessidade de otimização da logística de materiais que compõem a cadeia de fornecimento foram essenciais para o start deste projeto. Poderemos atender com mais precisão os pedidos, além de contribuir definitivamente para o crescimento de uma cadeia produtiva tão importante, como a calçadista”, afirma o gerente operacional da Dubahia, André Dutra de Mattos.


Blogbraga/Ascom/SDE

Compartilhar no Whatsapp

Conselhos ambientais avançam em pautas importantes para a Bahia

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2020 / Bahia

Apesar do ano atípico, devido à pandemia do Covid-19, os conselhos de instâncias ambientais da Bahia foram peças fundamentais para o avanço de pautas ambientais. Por meio de plenárias virtuais, os conselheiros conseguiram discutir e deliberar mais de 28 pautas relevantes para a gestão de recursos hídricos no estado, preservação da Mata Atlântica, educação ambiental e mudanças climáticas globais e de biodiversidade.

À frente da Secretaria Executiva dos Colegiados da Sema, Miriã Caetano ressalta que os desafios de 2020 foram vencidos.  “Levando-se em conta as dificuldades decorrentes da pandemia, os resultados dos Colegiados foram positivos, uma vez que foi garantida a participação da sociedade por meio dos diversos segmentos e as contribuições dos conselheiros foram expressivas para a gestão ambiental”, disse.

Durante os anos de 2019/2020, o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Cepram) realizou 27 reuniões de Câmaras Técnicas (CTs), com 205 decisões, em grau de recurso, sobre penalidades impostas, pelo Inema. Dentre as pautas da plenária, destaca-se a atualização das diretrizes para a elaboração, execução e monitoramento da condicionante de educação ambiental constante dos processos de licenciamento ambiental; o acompanhamento das ações desenvolvidas em resposta aos eventos críticos, como a contaminação do Litoral Baiano com o derramamento de óleo e os focos de incêndios na região da Chapada Diamantina.

Neste mesmo período, no Conselho Estadual de Recursos Hídricos da Bahia (Conerh) foram realizadas 11 reuniões plenárias e 16 reuniões das Câmaras Técnicas. Dentre os temas discutidos pelo Conerh, vale ressaltar a aprovação dos procedimentos e critérios para o uso de água na região do baixo curso da Bacia Hidrográfica do Rio Salitre, conforme proposto pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Salitre; e do Relatório Anual de Certificação do Alcance das Metas do PROCOMITÊS e do Programa de Consolidação do pacto Nacional para Gestão das Águas – PROGESTÃO, referentes ao contrato com a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), Sema e o Inema.

Outro momento importante de 2020 foi a reunião conjunta entre o Cepram e o Conerh, para análise da proposta de enquadramento dos Corpos de Água das Bacias Hidrográficas do Rio das Contas (BHRC) e do Recôncavo Sul (BHRS), onde foram apresentados 81 trechos para enquadramento na BHRC e 58 trechos na BHRS.

O Governo da Bahia também deu um passo importante para a atualização da Política sobre Mudança do Clima do Estado, com a reativação do Fórum Baiano de Mudanças Climáticas Globais e de Biodiversidade, que reúne órgãos governamentais, entidades empresariais e representantes da sociedade civil organizada, para revisar a Política e, entre outras atribuições, traçar as diretrizes do Plano Estadual de Enfrentamento às Mudanças Climáticas.

Mais colegiados - Com reativação do Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (CERBMA-BA), no final de 2019, os membros da comissão realizaram cinco reuniões este ano. A mobilização para reativação dos Subcomitês da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (RBMA) e a proposta para desenvolvimento de observatório de áreas protegidas para o estado da Bahia foram algumas das deliberações.

Sobre as atividades da Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental (Ciea), destaca-se o mapeamento da educação ambiental nas Unidades de Conservação e Comitês de Bacia e o início da execução de um dos instrumentos da Política Estadual de Educação Ambiental, que é o Diagnóstico da Educação Ambiental previsto no PPA 2020-2023.


Blogbraga/SEMA - Secretaria do Meio Ambiente

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 748 novos casos da Covid-19 nas últimas 24 horas e o número total de óbitos desde o início da pandemia é de 9.041

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2020 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 748 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 1.330 recuperados (+0,3%). Dos 484.485 casos confirmados desde o início da pandemia, 469.734 já são considerados recuperados, 5.710 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,58) Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (10.259,93), Muniz Ferreira (8.299,65), Conceição do Coité (8.193,72), Pintadas (7.962,06), Jucuruçu (7.900,50).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 877.040 casos descartados e 122.461 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (28).

Na Bahia, 36.185 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 30 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 9.041, representando uma letalidade de 1,87%. Dentre os óbitos, 56,58% ocorreram no sexo masculino e 43,42% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,82% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,85%, preta com 14,63%, amarela com 0,66%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,91% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,90%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,48%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Revisões propostas pelo governo da Bahia no Plano Plurianual (PPA) 2020-2023 foram aprovadas por unanimidade na ALBA

Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2020 / Bahia

Presidente Nelson Leal destaca mais uma contribuição da Casa Legislativa para o desenvolvimento da Bahia

A Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA aprovou, na manhã desta segunda-feira (28.12), o Projeto de Lei nº 23.994/2020, encaminhado pelo governador Rui Costa, que modifica itens do Plano Plurianual Participativo (PPA), aprovado em 22 de Outubro de 2019. Em seguida, em nova sessão extraordinária, o plenário votou pela urgência do PL. 24.042/2020.

“Grande parte das mudanças foi para alinhar os Projetos Estratégicos à programação constante no Plano Plurianual, em busca de maior transparência e maior eficiência da ação pública. Outras alterações, de menor impacto, devem-se aos ajustes necessários ao desempenho das atividades de competência dos órgãos. Mais uma vez, a Casa Legislativa dá a sua contribuição para o desenvolvimento da Bahia”, explica o presidente da ALBA, deputado estadual Nelson Leal. 

O Plano Plurianual Participativo (PPA) da Bahia para os anos 2020 a 2023 destina 74%  dos recursos aos programas de Saúde, Educação e Segurança Pública. Na Saúde, o destaque é a implantação de novas policlínicas e construção e ampliação de outras unidades; na Educação, a ampliação do atendimento educacional da rede estadual e ensino, incluindo a oferta do programa de Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (Emitec), ampliação do projeto escolas culturais e a oferta de, pelo menos, um curso da educação profissional em todas as escolas do estado. Outra área prioritária, destacada no PPA, é a Segurança Pública, com ampliação do número de bases comunitárias móveis e da rede de videomonitoramento. 

O PPA 2020-2023 também contempla a ampliação da malha viária, a construção e recuperação de aeroportos, a expansão do acesso à energia elétrica na zona rural e da rede de distribuição de gás natural, assim como a atração de investimentos na área de energias renováveis, dentre outros diversos projetos, programas e ações previstas.

OBRIGATÓRIO

Previsto no artigo 165 da Constituição Federal, o PPA é um plano de médio prazo cuja elaboração é obrigatória para os governos federal, estadual e municipal, com o propósito de estabelecer as diretrizes, objetivos e metas a serem seguidos ao longo de um período de quatro anos. Na Bahia, o PPA é realizado de forma participativa, desde 2007, com ampla participação popular através de escutas sociais em todos os 27 Territórios de Identidades do estado, em mesas programáticas com a participação de técnicos de todas as secretarias e órgãos do poder Executivo, Judiciário e Ministério Público.


Blogbraga/Assessoria de Comunicação da Presidência

Compartilhar no Whatsapp

Rui Costa empossa novos secretário e subsecretário da SSP e nova delegada-geral da Polícia Civil

Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2020 / Bahia

O governador Rui Costa deu posse aos novos secretário da Segurança Pública, Ricardo César Mandarino Barretto, subsecretário, Hélio Jorge da Paixão, e à nova delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Campos Brito. A cerimônia foi realizada virtualmente, nesta segunda-feira (28), devido ao fato de o novo secretário ter testado positivo para a Covid-19.  

“Quero, neste momento, desejar boa sorte para você [secretário Ricardo Mandarino], assim como desejar bom trabalho ao nosso subsecretário, que hoje também tomará posse, e à delegada geral. Com certeza nos sentaremos já no primeiro dia útil de janeiro para planejar a retomada e discutir o planejamento e as primeiras iniciativas a serem feitas eventualmente, ajustes no planejamento que havia sido feito das ações na área de segurança”, afirmou o governador.

Mandarino destacou a importância do respeito à diversidade e da eficiência da polícia. “Quem conhece o Brasil, quem conhece a diversidade cultural, quem é baiano como eu, quem viveu aqui nessa terra a vida inteira, sabe o que é diversidade cultural, sabe como é que se deve respeitar a cidadania, sabe que dá para trabalhar com uma polícia humana e eficiente ao mesmo tempo”.

O novo secretário falou do combate ao feminicídio, ao racismo e outras práticas. “Eu estou aqui com muita vontade para trabalhar com um governo assim, com um governo que tem abertura. Não toleramos práticas criminosas, de feminicídio, de racismo, de desrespeito às diversidades sexual e religiosa. A sociedade brasileira é uma sociedade ampla, é uma sociedade multicultural e precisa ser tratada com respeito. E que a polícia seja um apoio nosso”.  

Sistema Estadual de Segurança Pública
 

O subsecretário, Hélio Jorge, afirmou que um dos principais objetivos da SSP é a criação do Sistema Estadual de Segurança Pública, “a fim de reunir todas as capacidades existentes na área visando a antecipação frente às ameaças e a coordenação de esforços, quando necessário. Da mesma forma, promover os direitos humanos, por meio dos recursos necessários, respeitando os limites da lei, com diversidade e inclusão. Essa é uma preocupação que nós temos que alinhar juntamente com todas as secretarias de Estado”.

Hélio Jorge afirmou que não vai medir esforços para combater o crime organizado. “Temos que atuar com inteligência contra o crime organizado, principalmente combatendo grupos envolvidos com tráfico de drogas, homicídios e roubos a bancos, fortalecendo a parceria com outros órgãos de segurança, visando sempre a redução dos índices de violência e criminalidade, e o enfrentamento a grupos armados no âmbito do estado da Bahia”.  

Primeira mulher no comando da Polícia Civil 

Rui Costa destacou que a nova delegada, Heloísa Brito, é a primeira mulher a chefiar a Polícia Civil da Bahia e passou a palavra para ela. “Eu assumo a tarefa, talvez a mais difícil de toda a minha vida profissional, de exercer o cargo de delegada-geral, como a primeira mulher a comandar a Polícia Civil do Estado da Bahia em seus 212 anos de existência. Tenho consciência da responsabilidade que tal indicação representa. Trata-se de uma quebra de paradigma tanto para a instituição quanto para a sociedade baiana, comprovando assim que o lugar de mulher é onde ela quiser, seja na universidade, em casa ou mesmo comandando uma corporação”.

Segundo Heloísa Brito, a missão à frente da Polícia Civil “perpassa pela qualificação dos nossos servidores, contratação de pessoal, investimento em recursos tecnológicos e aprimoramento da inteligência policial, sem nos descuidarmos do que é mais importante, a proteção e a promoção dos direitos e da dignidade humana. Trabalharemos em um processo de melhoria contínua, valorização dos nossos profissionais, reforma das estruturas físicas, bem como na qualidade do atendimento ao cidadão, respeitando o vínculo com a comunidade e primando pela qualidade e pela eficiência”.  


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Secretaria da Educação do Estado da Bahia solicita ao MEC adiamento das provas do ENEM

Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2020 / Bahia

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) encaminhou ofício ao Ministério da Educação (MEC) solicitando o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para o mês de maio de 2021. As provas, na versão impressa, estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e, na versão digital, para 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Esta é a segunda vez que a SEC envia ofício ao MEC e também ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão responsável pela execução do ENEM, requerendo a prorrogação da aplicação do exame.

No ofício atual, o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, aponta o aumento expressivo das taxas de contaminação pelo novo Coronavírus, que teve crescimento recente acentuado em todo território brasileiro. “Entendemos que não é razoável expor milhões de estudantes ao risco de aglomeração e contaminação quando o adiamento das provas – não falamos em cancelamento – terá impactos financeiros e logísticos administráveis e plenamente justificáveis face ao valor incalculável de tantas vidas”, afirmou o secretário.

Jerônimo lembrou também que o quadro de desigualdade econômica, ainda mais evidenciado pelo contexto de suspensão das aulas, coloca em situação de desvantagem os estudantes com menor acesso aos bens de consumo e de cultura e que precisam de mais tempo para a preparação. “Reiteramos todos os argumentos que apresentamos anteriormente ao INEP e ao MEC, notadamente, o incentivo que o ENEM representa para os estudantes concluintes da escola pública que sonham ingressar no Ensino Superior. Esta geração já vem sofrendo as consequências, no curto prazo, dessa tragédia mundial e não podemos, como gestores de políticas educacionais, comprometer também suas perspectivas de médio e longo prazos”, acrescentou.

Só na rede estadual de ensino,  neste ano, 67 mil estudantes se inscreveram para fazer o ENEM.


Blogbraga/Assessoria de Comunicação Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Governo do Estado consegue liminar que proíbe festas em Porto Seguro

Sábado, 26 de Dezembro de 2020 / Bahia

Porto Seguro - Foto: Blogbraga

O Município de Porto Seguro e o prefeito eleito estão proibidos de autorizar, permitir ou viabilizar, a realização de shows e festas, públicas ou privadas, independentemente da quantidade de pessoas ali presentes.  A liminar concedida no último dia 25, no Plantão Judiciário do TJBA, pela Juíza Substituta de 2º Grau, Zandra Anunciação Alvarez Parada, atende  a um pedido  do Governo da Bahia, via Procuradoria Geral do Estado.

A medida  assegura e autoriza também  ao Estado da Bahia  a utilização de reforço policial, caso necessário, para o cumprimento da decisão, e fixa uma multa pessoal para cada réu no valor de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) para cada ato de descumprimento da liminar.

O prefeito eleito de Porto Seguro  vem afirmando publicamente  que, instantes depois de tomar posse, na madrugada do dia 1º de janeiro de 2021, em festa aberta que também já anunciou, vai liberar o funcionamento irrestrito de todas as casas de eventos no Município, mesmo num contexto de emergência internacional de saúde pública, durante uma pandemia de dimensões sem precedentes.

Visando inibir aglomerações de pessoas  e aumento do contágio pelo coronavírus no período mais sensível da pandemia da Covid-19, o Estado da Bahia, representado por sua procuradoria, ingressou com uma  Ação Inibitória  com o objetivo de preservar a vida e a saúde da população. “Estaremos atentos ao cumprimento dessa decisão judicial que contraria o decreto estadual 19.586/2020, de 27.03.2020, que determina em seu art.9 a suspensão de festas em todo o território do Estado da Bahia, até o dia 04 de janeiro de 2021”, informou o procurador geral do Estado, Paulo Moreno Carvalho.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Região Metropolitana de Salvador (RMS) completa 48h sem registro de morte violenta

Sábado, 26 de Dezembro de 2020 / Bahia

A Região Metropolitana de Salvador (RMS) completou 48 horas sem registro de morte violenta (homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte). Nos dias 24 e 25 de dezembro, nas 13 cidades distribuídas nos arredores da capital baiana, também não houve tentativa de homicídio.

Ações ostensivas da PM, nos dois dias, resultaram nas localizações de dois traficantes. Um deles acabou preso na ilha de Vera Cruz, com 429 porções de maconha e cocaína, e o outro apreendido, em Simões Filho, com 150 pinos e papelotes com entorpcentes.

Ainda na RMS, em Camaçari, maior cidade da região, um homem acabou capturado, na Travessa do Alecrim. Com ele, guarnições do 12° BPM encontraram um revólver calibre 32 e munições.


Blogbraga/SSP-BA/Fonte: Ascom: Alberto Maraux

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Polícia Militar inicia Operação Natal nas rodovias estaduais

Sábado, 26 de Dezembro de 2020 / Bahia

Foto: Carla Ornelas/Arquivo GOVBA

Nesta quinta-feira (24), a Polícia Militar da Bahia (PMBA), por meio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), deu início à Operação Natal 2020 nas rodovias estaduais, que será realizada até as 8h de segunda-feira (28). A operação tem a finalidade de orientar os cidadãos, controlar, fiscalizar, ordenar e manter a segurança no trânsito.

Serão fiscalizados os equipamentos e documentos de porte obrigatórios e o consumo de bebidas alcoólicas com o auxílio do etilômetro e dos radares. A operação visa também à repressão ao tráfico de armas de fogo, drogas e pessoas.

O policiamento seguirá reforçado nas rodovias, em plantões ordinários e extraordinários, com o apoio dos postos móveis da Operação Verão, que auxiliam na fiscalização em rodovias que ligam às áreas praianas. Para conter a contaminação pela Covid-19, a PM orienta que as pessoas viajem apenas em casos de grande necessidade.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

BAHIA: Novo secretário da SSP testa positivo para COVID e posse será virtual

Sábado, 26 de Dezembro de 2020 / Bahia

Ricardo Mandarino

A cerimônia de posse dos três novos membros da Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP), cuja cerimônia presencial estava marcada para a próxima segunda-feira (28), foi suspensa. Acontecerá de forma virtual.

A decisão foi tomada após o novo secretário de Segurança, Ricardo Mandarino, testar positivo para Covid-19. O secretário está bem, sem sintomas e em isolamento domiciliar.

Na cerimônia virtual de segunda-feira (28), às 10 horas,tomarão posse também o novo subsecretário da SSP, Hélio Jorge, e a nova delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 2.598 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2020 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.598 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 3.081 recuperados (+0,7%). Dos 479.553 casos confirmados desde o início da pandemia, 461.700 já são considerados recuperados, 8.929 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,68). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (10.201,15), Muniz Ferreira (8.232,28), Conceição do Coité (8.111,15), Pintadas (7.914,15), Jucuruçu (7.867,63).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 874.035 casos descartados e 124.940 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (24).

Na Bahia, 35.853 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 31 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.924, representando uma letalidade de 1,86%. Dentre os óbitos, 56,53% ocorreram no sexo masculino e 43,47% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,84% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,67%, preta com 14,70%, amarela com 0,67%, indígena com 0,13% e não há informação em 10,98% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,12%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,58%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Pacientes do Martagão recebem presentes de parceiros solidários do hospital

Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2020 / Bahia

A solidariedade em forma de brinquedos e cestas de alimentos. Assim foram os dias que antecederam o Natal no Martagão Gesteira, que por ano atende a mais de 80 mil crianças e adolescentes. Por meio das doações feitas por parceiros, empresas e instituições, os pacientes do Hospital receberam muito carinho em forma de presentes.  

Na ação mais recente, realizada nesta quarta-feira, 23, o ator Gabriel Tavares, vestido de papai Noel, distribuiu presentes para os meninos e meninas que aguardavam atendimento no ambulatório. Por causa das restrições impostas pela pandemia, todos os itens foram previamente higienizados.

Os pacientes internados também receberam as doações, mas a distribuição para eles foi feita pelo Grupo de Humanização do Martagão, para reduzir a circulação de pessoas nas dependências do hospital.

“Para nós, essas doações são muito importantes, nos deixam felizes e orgulhosos. Elas ajudam a trazer para as crianças um momento diferente daquele vivenciado na internação, num ambiente hospital. Isto pode ajudar no processo de cura de cada paciente, além de possibilitar que eles tenham um momento que se assemelhe a estar em casa, no Natal com a família. Somos muito gratos a todos que sempre ajudam o Martagão”, destaca a diretora do Hospital, Erica Oliveira.

Além do ator, outros parceiros também fizeram suas doações: a organização Marchadores pela Vida, a Marinha, a Rede Boa Farma, a Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAAB), a joalheria Carlos Rodeiro, entre outros.
Mais de 50% dos pacientes do Martagão são oriundos de famílias com renda familiar abaixo de um salário mínimo. 

“Para a gente, é motivo de orgulho constatar que temos o apoio da sociedade e ver que a cultura da doação e solidariedade está se intensificando cada vez mais. Em nome de todas as crianças atendidas no Martagão, agradecemos e seguimos estimulados a fazer ainda mais pela Saúde da Criança na Bahia”, destaca o presidente do Conselho da Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (mantenedora do Martagão), Maurício Martins.


Blogbraga/ASCOM

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 3.090 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas e o número total de óbitos desde o início da pandemia é de 8.893

Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2020 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.090 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,7%) e 3.303 recuperados (+0,7%). Dos 476.955 casos confirmados desde o início da pandemia, 458.619 já são considerados recuperados, 9.443 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,72 Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (10.194,62), Muniz Ferreira (8.218,81), Conceição do Coité (8.051,10), Pintadas (7.904,57), Jucuruçu (7.867,63).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 871.073 casos descartados e 124.658 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (23/12).

Na Bahia, 35.714 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completoclique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 28 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.893, representando uma letalidade de 1,86%. Dentre os óbitos, 56,54% ocorreram no sexo masculino e 43,46% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,86% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,61%, preta com 14,72%, amarela com 0,67%, indígena com 0,13% e não há informação em 11,00% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,21%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,54%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp

Adab organiza força-tarefa para ampliação do número de propriedades georreferenciadas

Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2020 / Bahia

Foto: Adab

Gerentes da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) que atuam nos escritórios do interior estiveram reunidos com a diretoria da autarquia nesta quarta-feira (23), por meio de videoconferência, para alinhamento de estratégias com o objetivo de ampliar o número de propriedades rurais georreferenciadas no estado.

Abrindo a reunião, o diretor-geral da Ada, Maurício Bacelar, destacou a dedicação e competência do quadro de técnicos e profissionais da autarquia no monitoramento e manejo das pragas, campanhas de vacinação e trabalho para mitigação de riscos. “Somos uma equipe unida em busca de resultados ainda melhores. A alimentação correta do sistema da agência vai nos direcionar para programar e implementar medidas precisas na defesa agropecuária”, afirmou.

As orientações dos diretores de Defesa de Sanidade Animal e de Defesa Vegetal direcionaram os responsáveis pela execução das ações nos escritórios para que, a partir de janeiro, todas as informações captadas em campo passem a constar do sistema de informática da agência, que passou por uma total e recente modificação.

Prazo ampliado

O recadastramento de produtores e propriedades que terminaria em 31 de dezembro foi estendido até 30 de junho de 2021. “Por conta da pandemia, das dificuldades de deslocamento e para evitar aglomerações, já que o ato é realizado somente nos escritórios físicos, decidimos publicar uma portaria regulamentando a extensão do período para que possamos trabalhar com um fiel retrato do que temos do quantitativo em culturas vegetais e animais em nosso estado”, disse Maurício.

O diretor-geral da Adab reafirmou aos servidores a relevância da coleta e abastecimento do programa. “Geolocalizar todas as propriedades rurais é essencial para fechar o ciclo da defesa agropecuária, para seguirmos atuando na prevenção de pragas e doenças que não circulam em território baiano e que, com muito trabalho, estratégia e vigilância continuarão longe da Bahia”, concluiu.


Blogbraga/Fonte: Ascom/Adab

Compartilhar no Whatsapp

Governador anuncia novos secretário e subsecretário da SSP e delegada-geral da Polícia Civil

Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2020 / Bahia

A nova estrutura da Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP) foi anunciada nesta quarta-feira (23), pelo governador Rui Costa, que revelou o nome de Ricardo Cesar Mandarino Barretto, ex-juiz federal em Pernambuco, como o novo secretário da SSP. O novo subsecretário da SSP é o delegado de Polícia Hélio Jorge da Paixão, que já foi delegado-chefe da Polícia Civil da Bahia e estava como responsável pela segurança do procurador-geral da República. A nova delegada-geral da Polícia Civil é Heloísa Campos Brito, que já foi delegada-geral adjunta e estava no comando da Academia da Polícia Civil da Bahia.

Rui afirmou que Ricardo Mandarino, no cargo de secretário da SSP, “vai nos ajudar muito, para, junto com toda a equipe, a área operacional da Secretaria de Segurança, continuar buscando as metas que temos, por sinal, conseguido alcançar ao longo dos anos”. Sobre o subsecretário, Rui lembrou que ele é bastante conhecido dos baianos. “Já foi delegado-geral da Polícia Civil aqui na Bahia, também de uma longa experiência, muitos cursos de capacitação”.

O governador destacou que é a primeira vez que uma mulher chefia a Polícia Civil da Bahia. “Já que nós viemos para inovar em muitas coisas, também estamos inovando aqui, no dia de hoje (…). Confesso que, ao escolher, nem tinha essa informação, mas soube que é a primeira mulher que chefiará a Polícia Civil da Bahia. Heloísa Brito é uma delegada especial de longa experiência e formação”.

Ricardo Mandarino disse estar honrado e agradecido pela oportunidade. “Eu gostaria de falar da minha satisfação e da minha honra de ter sido convidado pelo governador Rui Costa para auxiliar na equipe e para chefiar a Secretaria da Segurança. (…) Para mim é especialmente gratificante porque eu comecei minha carreira pública aqui, como delegado de Polícia, no primeiro concurso que houve, nos anos 70. Vou fazer o possível para trazer toda a minha experiência para cá para que a nossa polícia continue sendo uma polícia boa e cada vez melhor, eficiente, humanista. Esse é o nosso propósito”.

Planejamento

O governador ressaltou que a nomeação de Mandarino vai ser assinada nesta quarta-feira (23), mas a posse será na segunda-feira (28), devido ao Natal. “Nos próximos dias, com essa nova equipe, sentaremos para detalhar o planejamento, eventuais substituições que serão feitas nas equipes (…). Eu quero deixar claro que todo o planejamento feito para os próximos dias de festas, Natal e Ano Novo, permanece, ou seja, nada será alterado no planejamento da Segurança Pública. O planejamento foi feito com muita técnica por profissionais da SSP, da Polícia Civil, e seguirá sem nenhuma alteração para esse período de festas”.

Tecnologia

Rui destacou ainda que 2021, além de ser o ano da vacina, será o ano da ampliação dos investimentos em tecnologia na área da Segurança Pública. “Nós estamos em processo de licitação de um novo sistema de comunicação para a SSP e também um novo sistema de monitoramento. Esse projeto piloto que nós fizemos aqui em Salvador, de monitoramento por câmeras, será implantado em mais de 60 cidades da Bahia”.

Segundo o governador, está sendo licitada também uma nova tecnologia que permitirá a ampliação do trabalho com imagens. “Nós teremos, em cada viatura, imagens online do que está acontecendo nas ruas. Os nossos policiais poderão carregar câmeras nas fardas, poderão receber filmagens de bandidos que precisam ser presos, podem relatar e transferir para o Centro de Comando e Controle as imagens de operações que estão em curso. Toda essa tecnologia está sendo licitada e será implantada em 2021”.


Blogbraga/Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Compartilhar no Whatsapp

Comunidades indígenas e quilombolas de Ibititá, Itaguaçu e Souto Soares serão beneficiadas com a construção de unidades habitacionais

Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2020 / Bahia

Um evento virtual, realizado nesta terça-feira (22), com transmissão ao vivo pelo canal SDRBahia no Youtube, marcou simbolicamente a assinatura de Termo de Parceria e Cooperação (TCP) entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e a Caixa Econômica Federal, para a construção de 462 unidades habitacionais em comunidades indígenas, quilombolas e de assentamento rural.

A ação integra o Projeto Viver no Campo, executado pela CAR, em parceria com a Caixa Econômica Federal, Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e Secretaria de Planejamento (Seplan). Com essas 462 habitações, serão 2.772 unidades habitacionais rurais construídas e entregues na Bahia, no período de cinco anos.

As unidades habitacionais terão dois quartos, sala-cozinha, banheiro e varanda, com total de 44,78m2, e de área útil 39,54 m2. Além disso, deverão possuir solução de água por meio de água encanada, cisterna de consumo ou outra modalidade, e energia elétrica.  

De acordo com o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias,  essa ação representa um processo de integração entre secretarias do Estado, que organiza as demandas dos diversos públicos, mas nesse caso em especial dos quilombolas, indígenas e assentados de reforma agrária, para que as pessoas possam ter direito à habitação, com uma moradia digna: “Esse é o princípio de tudo, para que as famílias, uma vez com a sua moradia, possam ter tranquilidade para planejar seus sistemas produtivos, para gerar renda e alimentos de qualidade para suas famílias”.

Representando a Aldeia São Lucas I e II, município de Pau Brasil, Elkson (Som), destacou que a assinatura do termo é o ínicio de sonho: “Esse sonho vai se tornar realidade e acreditamos, a partir de hoje, nas possibilidades reais para índios, quilombolas, marisqueiros, pescadores e todos aqueles que estão envolvidos nesse processo, vão ter dias melhores”.

Ismael Neto, superintendente Regional Norte e Sul da Bahia, da Caixa Econômica Federal, salientou a importância da parceria e união de esforços: “A construção das parcerias e a sinergia para as políticas públicas, entre as diversas entidades, seja da esfera federal, estadual ou municipal, ao convergirem seus esforços vão levar para a sociedade, principalmente para quem mais precisa, as políticas públicas/sociais e de fomento ao desenvolvimento”.

A parceria é firmada entre a Caixa Econômica e a CAR/SDR, por meio do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) operada com recursos oriundos do Ministério de Desenvolvimento Regional. O investimento é da ordem de R$ 15,6 milhões, do Governo Federal e R$ 3,2 milhões, do Governo da Bahia. 

Comunidades beneficiadas

Serão atendidas por esta ação o Projeto Assentamento Cachá, no município de Marcionílio Souza; a comunidade de Batatas, em Ibititá; o Quilombo Abaré, em Abaré; o Quilombo Souto Soares, em Souto Soares; a comunidade Beira Rio, em Santa Rita de Cássia; as comunidades Memorial Enendina Ferreira, Novo Horizonte e Nova Esperança, município de Itaguaçu; e a comunidade indígena São Lucas I e II, em Pau Brasil.

Paralelo a estas construções habinacionais a iniciativa inclui ainda o Projeto de Trabalho Técnico Social, que tem o objetivo de melhorar a organização da população beneficiada pelo empreendimento e contribuir para o processo de geração de renda. A proposta é realizar ações educativas referentes à saúde, reutilização de dejetos, organização comunitária, associativismo, cooperativismo, dentre outros temas, levando em consideração a realidade e necessidade de cada comunidade.


Blogbraga/Fonte: Ascom - CAR

Compartilhar no Whatsapp

Bahia registra 2.688 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas e o número total de óbitos desde o início da pandemia é de 8.865

Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2020 / Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.688 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 3.681 recuperados (+0,8%). Dos 473.865 casos confirmados desde o início da pandemia, 455.316 já são considerados recuperados e 9.684 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,77%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (10.168,50), Muniz Ferreira (8.218,81), Conceição do Coité (8.019,58), Pintadas (7.885,41), Jucuruçu (7.834,76).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 867.760 casos descartados e 124.966 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (22/12).

Na Bahia, 35.518 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 30 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.865, representando uma letalidade de 1,87%. Dentre os óbitos, 56,51% ocorreram no sexo masculino e 43,49% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,88% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,58%, preta com 14,71%, amarela com 0,67%, indígena com 0,14% e não há informação em 11,03% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,26%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,47%).


Blogbraga/Sesab

Compartilhar no Whatsapp
TOP Qualidade 2020
Rádio Cidade FM 95,9
Facebook
Tempo
Moeda
Conversor de Moeda
Cotação

Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
Contabilidade Rio Grande - Parceira dessa Causa
PARCEIROS
Grupo Marabá Sportime Casa do Marceneiro Sutrans AFS Ofertas - Hiper Santo Antonio Oeste Beton P&F Guarda Municipal Extreme Delicia ASMAT Neli DPVAT Midori Paisagismo Online G7 NET Rivaldo Vida Farma Minas Aço Imperial Dique Denuncia LH Madeiras Paraíba Casa da Ferramenta PM Jaú ORIX CISO Global SBS Dupará Açaí DBT Contabilidade Rondon Luz motos