Governo da Bahia

NOTÍCIAS

Governo libera R$33,9 milhões para policias por redução de crimes

Sexta-feira, 10 de Maio de 2019 / Bahia

O governo baiano libera nesta sexta-feira (10), por meio de pagamento em folha especial, R$ 33,9 milhões em gratificação a policiais militares, civis e técnicos que contribuíram diretamente para a redução em todo o Estado no número de casos de homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte - os chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs).  A gratificação é a maior já paga no semestre pelo Prêmio de Desempenho Policial (PDP), que visa estimular, reconhecer e valorizar o desempenho de servidores no combate ao crime.

No total, estão sendo contemplados com a premiação 23.212 servidores, incluindo 18.180 policiais militares e 3.668 policiais civis, além de 1.299 peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e servidores diretamente ligados à Secretaria de Segurança Pública (SSP).  O valor mínimo pago é de R$ 371, enquanto que o máximo é de R$ 2.476.

“Muito além de uma ferramenta de estímulo, o pagamento do PDP é uma forma de agradecer aos policiais todo o empenho, todo suor derramado por eles para fazer da Bahia um lugar cada vez melhor para se viver”, afirma o secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Teles Barbosa.

O recorde no montante da premiação decorre diretamente de resultados obtidos pelo Estado em seus índices de redução da criminalidade. Na comparação entre o segundo semestre de 2018 e o mesmo período do ano anterior, a queda no número de Crimes Violentos Letais Intencionais chegou a 16% - para uma meta de 6% estabelecida pelo Estado como referência para o cálculo das gratificações concedidas pelo PDP.

Em números absolutos, foram 3.025 vítimas de Crimes Violentos Letais Intencionais, no segundo semestre de 2017, e 2.548, no segundo semestre de 2018, o que significa que foram preservadas 477 vidas no período. Além disso, outro fator que contribuiu para o recorde no valor pago pela premiação foi o fato de que 65,4% das Áreas Integradas de Segurança Pública (AISPs) e 80% das Regiões Integradas de Segurança Pública (RISPs) do Estado conseguiram cumprir integralmente as metas do Estado. O cálculo do montante pago a cada servidor se baseia diretamente no desempenho das Áreas e Regiões Integradas, que são as unidades territoriais adotadas pela SSP para o planejamento integrado de suas ações.


Blogbraga/SSP-BA

Compartilhar no Whatsapp
TOP Qualidade 2019
Rádio Cidade FM 95,9
Facebook
Tempo
Moeda
Conversor de Moeda
Cotação

Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
PARCEIROS
Unopar G7 Vida Farma Dupará Açaí Contabilidade Rondon Casa da Ferramenta Jaú Bem Brasil Pastel Grupo Marabá Evolucao Global DBT Neli Sportime DPVAT Barreiras Rabelo Delicia Luz motos Paraíba Silvano Santos Imperial Mineiros MaxCar Extreme Polícia Civil Dique Denuncia Forte Grãos Click Tec PM Guarda Municipal CISO Kenni Henke Mimoaço Oeste Manutenção Coyote DM Reparos Fontana Sutrans Elo Aço Dr. Márcio Rogério P&F