São Camilo SDR Bahia

SICREDI
Corbã
Ação
NOTÍCIAS

No mês de conscientização sobre o suicídio, Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães promove campanha educativa

Quarta-feira, 01 de Setembro de 2021 / Cidade

O Amarelo do Setembro é de alerta! O suicídio por muito tempo tratado como tabu, é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como uma epidemia silenciosa. 

No mundo, as notificações apontam para um suicídio a cada 40 segundos. No Brasil, a cada 46 minutos uma pessoa tira a própria vida. Uma triste realidade, quando se identifica o perfil das vítimas brasileiras: a maioria é homem, com idade entre 10 e 29 anos, segundo dados do Ministério da Saúde avaliados nos últimos quatro anos e divulgados numa pesquisa, no ano de 2019. 

Com o objetivo de desmitificar o tema, a Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, através da Secretaria de Saúde irá realizar uma série de ações alusivas ao mês. Desde palestras nas unidades de saúde, a vídeos institucionais nas redes sociais do município, passando por uma aula online na plataforma ‘Escola em Casa’, voltada para a Educação de Jovens e Adultos, a EJA. 

O suicídio é uma questão de saúde pública e segundo a OMS, é possível preveni-lo, desde que entre outras medidas, os profissionais de saúde, de todos os níveis, estejam aptos a reconhecerem os fatores de risco. 

De acordo com o coordenador de Saúde Mental do município, Sávio Santana, pessoas que já tentaram o suicídio, o abuso de álcool e outras drogas e doenças mentais, são fatores que podem levar a ideações suicidas. 

“O nosso objetivo é que todos os atores da saúde pública municipal consigam identificar um possível paciente e que possa encaminhá-lo aos serviços que o município oferece”, pontuou. 

O psicólogo elencou outros fatores de risco: "Perda de emprego, crises políticas e econômicas, discriminação homofóbica ou transfóbica, ataques racistas, agressões psicológicas e/ou físicas, sofrimento no trabalho, diminuição ou ausência de autocuidado, conflitos familiares, perda de um ente querido, doenças crônicas, dolorosas e/ou incapacitantes, entre outros podem ser fatores que vulnerabilizam, ainda que não possam ser considerados como determinantes para o suicídio", disse. 

Os postos de saúde são responsáveis por realizar a marcação das consultas com os psicólogos da Policlínica Municipal e em casos mais graves, encaminhar o paciente para o CAPS I e o CAPS AD 3. Lembrando que os CAPs são serviços de portas abertas, que recebem pacientes sem necessidade de encaminhamento. 

Na Bahia, entre 2010 e 2019, foram contabilizados 8.833 casos de lesões autoprovocadas e, destes, 5.160 foram casos de suicídio. 

Sintomas
Pessoas com ideaçoes suicidas dão alertas, é importante que as pessoas que estão ao redor estejam atentas às seguintes frases e nunca negligenciá-las.
- "Quero me matar, vou cometer suicídio"
- "Estou muito cansado,quero desistir"
- "Ninguém gosta de mim, se eu for embora ninguém vai notar"
- "Vou deixar vocês em paz"
- "Quero dormir e não acordar mais" 

Busque ajuda, procure uma unidade de saúde mais perto de você. 

Serviço
CAPS I - Rua José Cardoso de Lima, centro, número 675, ao lado do foto sul.
Horário de funcionamento: segunda-feira a sexta-feira das 07h30h às 12h e das 13h30h às 17h. 

CAPS AD III - Praça Arnaldo Horácio Ferreira, n° 418, Mimoso l.
Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira das 07h30 às 12h e das 13h30 às 17h.
Telefone: (77) 3628-3712


Blogbraga/ASCOM Prefeitura LEM

Compartilhar no Whatsapp
TOP Qualidade 2020
Rádio Cidade FM 95,9
Facebook
Tempo
Moeda
Conversor de Moeda
Cotação

Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
Contabilidade Rio Grande - Parceira dessa Causa
PARCEIROS
Neli CISO Açaí do Chiquinho Guarda Municipal Dupará Açaí Paraiba DPVAT Sutrans Paraíba Ofertas - Hiper Santo Antonio Jaú Imperial LH Madeiras Extreme Luz motos Casa do Marceneiro Casa da Ferramenta Oeste Beton UMOB Delicia Minas Aço G7 NET Xikito ASMAT Sportime SBS Global Online Dique Denuncia Contabilidade Rondon Vida Farma DBT Grupo Marabá PM P&F JBJ