Governo da Bahia

NOTÍCIAS

UNICEF, Ministério e Defensoria Pública querem presença do Legislativo estadual em Comitê de defesa de crianças e jovens.

Quarta-feira, 04 de Setembro de 2019 / Bahia

PRESIDENTE DA ALBA, NELSON LEAL, GARANTIU UMA PARCERIA COM MUITAS AÇÕES

Representantes do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Ministério Público (MPE) e Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE) estiveram, nesta terça-feira (03.09), na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). Em reunião com o presidente da Casa, deputado Nelson Leal (PP), a coordenadora do UNICEF, Helena Oliveira, o promotor Alexandre Cruz (MPE) e a defensora Mônica Aragão (DPE) convidaram o Poder Legislativo baiano a integrar o Comitê Pela Prevenção de Homicídios de Crianças, Adolescentes e Jovens.

O presidente Nelson Leal não só garantiu a participação da ALBA no Comitê, como também assumiu o compromisso de que a primeira ação da parceria será a realização de uma audiência pública no Plenário da Assembleia. “Tenho certeza absoluta que, juntos, faremos muitas ações que irão, de fato, impactar no dia a dia, na vida das pessoas”, afirmou Leal. Inicialmente, as ações estão previstas para Salvador. Mas Nelson Leal já solicitou que sejam ampliadas não apenas para a Região Metropolitana de Salvador (RMS), e sim para toda a Bahia.

Tomando como exemplo a Assembleia Legislativa do Ceará, cuja parceria no Comitê tem como resultado o patrocínio de várias publicações sobre a situação das crianças, adolescentes e jovens naque estado nordestino, Nelson Leal declarou que pretende trazer as experiências exitosas para a Bahia. “A ALBA vai contribuir, de forma efetiva, para que a violência contra a criança e o adolescente no nosso estado fique em um passado distante”, assegurou o chefe do Poder Legislativo baiano.

FÓRUM PERMANENTE

Articulado pelo UNICEF, o grupo gestor do comitê é composto por 13 instituições, entre elas a Secretaria Estadual de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Tribunal de Justiça do Estado (TJBA) e Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan (Cedeca/Bahia). Salvador foi a terceira cidade brasileira a receber a iniciativa, que já existe em Fortaleza e no Rio de Janeiro.

Segundo Helena Oliveira, o comitê é um fórum permanente de articulação de todos os entes envolvidos nos temas que englobam crianças e adolescentes, com o objetivo de pensar e pactuar como podem atuar mais e melhor, para prevenir o número de homicídios de crianças, adolescentes e jovens. O fórum foi lançado em novembro de 2018, na capital baiana.

O UNICEF foi criado por decisão unânime da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em 11 de dezembro de 1946, para promover os direitos e o bem-estar de crianças e adolescentes em 190 países e territórios no período pós-guerra na Europa, no Oriente Médio e na China. Está presente no Brasil desde 1950.

 Em 1953, tornou-se órgão permanente do sistema das Nações Unidas e teve seu mandato ampliado para chegar a crianças e adolescentes em todo o mundo. Em 1965, o UNICEF recebeu o Prêmio Nobel da Paz. 


Blogbraga/Assessoria de Comunicação da Presidência

Compartilhar no Whatsapp
TOP Qualidade 2019
Rádio Cidade FM 95,9
Facebook
Tempo
Moeda
Conversor de Moeda
Cotação

Cotações de Commodities fornecidas por Investing.com Brasil.
PARCEIROS
Mineiros Mimoaço Unopar Fashion Work Rabelo Dr. Márcio Rogério Guarda Municipal CMO Imperial MaxCar Bem Brasil Pastel Jaú Grupo Marabá Evolucao Coyote Neli Delicia Global Contabilidade Rondon Silvano Santos DM Reparos Vida Farma DPVAT Barreiras Dique Denuncia Sutrans G7 Epis BA Fontana Polícia Civil Forte Grãos CISO Capital Imóveis PM Paraíba Casa da Ferramenta Extreme Click Tec Elo Aço Kenni Henke Luz motos Sportime DBT Dupará Açaí Oeste Manutenção P&F